Todos os post de Fábio Bettega

hobbitposter1small

Peter Jackson Apresenta Logística das Gravações Externas de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada

A divulgação do O Hobbit no Brasil começa a deslanchar de vez, e feito  de forma bastante profissional. Reproduzo abaixo o primeiro mailing oficial de O Hobbit, enviado pela Warner para a Valinor (este vídeo blog já havia sido anunciado anteriormente na Valinor):

 

PETER JACKSON APRESENTA LOGÍSTICA DAS GRAVAÇÕES EXTERNAS DE O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA

 

Quinto vídeo blog do diretor mostra a logística para filmar as cenas externas

 

A Warner Bros. Pictures apresenta o quinto vídeo blog do diretor vencedor do Oscar® Peter Jackson nas filmagens de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, primeiro filme adaptado da popular obra-prima de J.R.R. Tolkien, com estreia prevista para 14 de dezembro.

No vídeo, diretor e equipe falam da complicada logística para gravar as cenas externas depois de 110 dias em estúdio: 700 pessoas (sendo 500 em Hamilton e outras 200 espalhadas pela Nova Zelândia), 140 veículos, fornecimento de eletricidade e água, locação de refeitórios e banheiros, além do transporte de animais, como ovelhas, galinhas, bois, faisões e patos. Ao todo, a equipe ocupa a área de quase dois campos de futebol para montar toda estrutura necessária.

Outros números impressionantes são o da “Vila dos Hobbits”. O departamento de arte e paisagismo levou quase dois anos para montar a Vila. Diferente de O Senhor dos Anéis, em que foram utilizados isopor e materiais frágeis, para O Hobbit: Uma Jornada Inesperada as 44 casas de Hobbits, todas diferentes umas das outras, foram feitas de concreto, pedras e materiais resistentes, que ficaram montados de maneira permanente, mesmo após o termino das filmagens.

O vídeo ainda apresenta cenas de 1999, durante a gravação de O Senhor dos Anéis, e depoimentos de Peter Jackson e Elijah Wood sobre a sensação de voltar àquele local.

O filme terá uma segunda parte, O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez, com estreia prevista para 13 de dezembro de 2013. Os dois longas são ambientados na Terra-Média 60 anos antes de “O Senhor dos Anéis”, que Jackson e sua equipe de filmagem transformaram na bem-sucedida trilogia que rendeu o Oscar® de melhor filme para “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei”.

A aventura conta a trajetória do personagem-título Bilbo Bolseiro, que enfrenta uma jornada épica para retomar o Reino de Erebor, terra dos anões que foi conquistada há muito tempo pelo dragão Smaug. Levado à empreitada pelo mago Gandalf, o Cinzento, Bilbo encontra-se junto a um grupo de treze anões liderados pelo lendário guerreiro Thorin Escudo-de-Carvalho. Essa aventura irá leva-los a lugares selvagens, passando por terras traiçoeiras repletas de Goblins e Orcs, Wargs mortais e Aranhas Gigantes, Transmorfos e Magos.

Embora o objetivo aponte para o Leste e ao árido da Montanha Solitária, eles devem escapar primeiro dos túneis dos Goblins, onde Bilbo encontra a criatura que vai mudar sua vida para sempre, Gollum.

A sós com Gollum nas margens de um lago subterrâneo, o despretensioso Bilbo Bolseiro não só descobre sua profunda astúcia e coragem, que surpreende até mesmo a ele, mas também ganha a posse do “precioso” anel de Gollum, que possui qualidades inesperadas e úteis. Um simples anel de ouro está ligado ao destino de toda a Terra-Média de uma maneira que Bilbo nem pode imaginar.

Ian McKellen retorna como Gandalf, o Cinzento, mesmo personagem que interpretou na trilogia “O Senhor dos Anéis” e Martin Freeman fará o protagonista Bilbo Bolseiro. Também repetindo seus papéis nos filmes “O Senhor dos Anéis” estão: Cate Blanchett como Galadriel; Ian Holm como o ancião Bilbo; Christopher Lee como Saruman; Hugo Weaving como Elrond; Elijah Wood como Frodo; Orlando Bloom como Legolas e Andy Serkis como Gollum. Completando o elenco estão (em ordem alfabética pelo sobrenome) Richard Armitage, John Bell, Jed Brophy, Adam Brown, John Callen, Luke Evans, Stephen Fry, Ryan Gage, Mark Hadlow, Peter Hambleton, Barry Humphries, Stephen Hunter, William Kircher, Evangeline Lilly, Sylvester McCoy, Bret McKenzie, Graham McTavish, Mike Mizrahi, James Nesbitt, Dean O’Gorman, Lee Pace, Mikael Persbrandt, Conan Stevens, Ken Stott, Jeffrey Thomas e Aidan Turner.

Os roteiros de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada e O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez são assinados por Fran Walsh, Philippa Boyens, Guillermo del Toro e Peter Jackson. Jackson também trabalha como produtor, junto com Fran Walsh e Carolynne Cunningham. Os produtores executivos são Ken Kamins e Zane Weiner, com Boyens como coprodutora.

         Sob a direção de Jackson, os filmes estão sendo filmados consecutivamente em 3D digital, utilizando a mais recente tecnologia de câmera e som. As filmagens estão acontecendo no Stone Street Studios, Wellington, e em locações da Nova Zelândia.

Nos bastidores, retornando à equipe criativa de Jackson, estão o diretor de fotografia Andrew Lesnie, o desenhista de produção Dan Hennah, os designers conceituais Alan Lee e John Howe, o compositor Howard Shore e o maquiador e cabeleireiro Peter King. Os figurinos são desenhados por Ann Maskrey e Richard Taylor.

Taylor também está supervisionando o projeto e a produção de armamentos, armaduras e próteses, que estão, mais uma vez, sob a responsabilidade da premiada Weta Workshop. A Weta Digital assume os efeitos visuais dos dois filmes, conduzidos pelo supervisor de efeitos visuais Joe Letteri. A pós-produção será na Park Road Post Production, em Wellington.

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada e O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez são produções da New Line Cinema e MGM, com a gestão de produção da New Line. A Warner Bros. Pictures será responsável pela distribuição mundial nos cinemas. Em alguns locais selecionados, a distribuição ficará a cargo da MGM, assim como a responsabilidade por todas as licenças internacionais de televisão.

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada tem previsão de estreia em 14 de dezembro de 2012. O segundo filme, O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez, está previsto para ser lançado no ano seguinte, a partir de 13 de dezembro de 2013.

 

Para download do vídeo, acesse:

http://www.4shared.com/folder/RGkikS5b/_online.html

 

logo

Eleições 2012/2012 do Conselho Branco

Caros amigos Tolkienianos. Iniciou-se o processo eleitoral para o biênio 2012/2013. A inscrição das chapas se dará até o dia 31/jan, mesmo período das discussões eleitorais. A votação ocorrerá por e-mail no período de   01/02/2012 até as 23:59 de 12/02/2012 e o resultado será divulgado no dia 16/fev. Neste ano temos registrada a chapa Coirë, da qual faço parte, composta por:

  • Presidente: Fabio “Deriel” Bettega, PR
  • Secretária Geral: Shirley “Edhelcalen” Santos, SP
  • Diretor Financeiro: Fabiano”Skywalker” Neme, RS
  • Diretora Cultural: Débora “Valië” Souza, SP
  • Diretor Técnico: Rodrigo “Slicer” Jaroszewsky, RS

Veja a Proposta da Chapa “Corië” (PDF 627kb), com a biografia de seus componentes e Perguntas e Respostas. Acesse também o Cronograma (PDF 17kb) sugerido para a implementação das propostas. Se você é membro do Conselho Branco, não deixe de participar deste processo. E se nossa proposta lhe agradar, não deixe de votar na chapa Coirë. Mais informações em http://www.conselhobranco.com.br/

Nossa proposta se baseia em:

Visibilidade

Por razões diversas a visibilidade do Conselho Branco foi minguando com o passar do tempo sendo hoje praticamente impossível descobrir o que ela faz, como entrar em contato e como fazer parte. Esta situação precisa ser remediada o mais rapidamente possível, de forma que seja possível a qualquer um, em qualquer mídia social, entrar em contato com a Sociedade. Isso pode ser obtido com as seguintes ações

 

  • Site Institucional: criação de um novo site institucional, utilizando softwares que  padrão na Internet (WordPress 3.3 e alguns poucos plugins específicos), sempre sob domínio próprio. A Valinor tem e fornecerá de forma gratuita a hospedagem necessária, sem limitações de espaço ou consumo de banda. Para o visual do site a Valinor comprou uma série de templates wordpress profissionais (Studiopress –www.studiopress.com/themes ), que podem e devem ser utilizados pelo Conselho Branco.

 

Com essas ações (wordpress, hospedagem e visual gratuitos) podemos utilizar muito menos tempo com programação do site, visual do mesmo e nos dedicarmos ao conteúdo – que é o que mais interessa

 

Importante ressaltar sobre o Site Institucional do CB que a prioridade máxima deverá ser informação sobre o próprio Conselho Branco, o que ele faz, como entrar em contato, como se tornar sócio, quem é quem dentro da estrutura nacional e regional. No máximo eventos onde o Conselho Branco participa. Em uma etapa subseqüente, depois de termos um site informativo e redondo, a avaliação de materiais extras a serem inseridos no mesmo poderá ser feita

 

  • E-mails: não há necessidade de utilizarmos e-mails gratuitos e genéricos para assuntos oficiais do Conselho Branco. Podemos ter, de forma gratuita e sem propagandas através do Google Apps e-mails @conselhobranco.com.br os quais dão muito mais confiabilidades, visibilidade para a marca e tira aquele ar de “amadorismo” (no mau sentido).

 

 

  • Tocas no site do Conselho Branco: o software proposto para utilização no Conselho Branco (WordPress 3.3) possui uma funcionalidade muito interessante que é o da “rede”. Podemos ter virtualmente infinitos sub-sites, cada qual com administração, visual e funcionalidades particulares, mas todos interligados, em última análise. Neste caso teríamos um site institucional principal e vários sub-sites, como:

 

Mesmo projetos particulares dentro do CB poderiam ter sites particulares sem comprometer a unidade de estrutura existente.

 

  • Redes Sociais: a própria estrutura atual da Internet praticamente nos obriga a termos presença oficial em redes como Orkut, Facebook, Twitter (dentro outros) e ferramentas diversas (como fórum) isso sem desqualificar, modificar ou desmobilizar ferramentas atuais funcionais como as listas de discussão.

 

A presença nessas redes sociais deve, no mínimo, informar o básico sobre o Conselho Branco, fornecendo um ponto de acesso aos associados e interessados, nem que inicialmente seja apenas direcionando ao Site Institucional.

 

Reestruturação Societária

Hoje não sabemos quem e quantos somos nem onde exatamente estamos. Uma reestruturação com recadastramento faz-se urgente e necessária, utilizando-se para isso ferramental que estará disponível no site institucional (plugin “Membership” do WordPress, gratuito) de forma a termos um controle on-line e detalhado sobre nossos associados.

Também precisamos de dados mais consistentes sobre nossos associados, não apenas nick e e-mail. Precisamos de, no mínimo:

  • Nome completo
  • E-mail
  • E-mail secundário
  • Data de Nascimento
  • CPF
  • RG
  • Endereço Completo
  • Telefone de Contato

 

São dados mínimos para manutenção de um cadastro de uma Sociedade séria e atuante.

 

Independência Financeira

O Conselho Branco tem que ter uma autossuficiência financeira para uma manutenção das necessidades básicas da mesma. Todas as Sociedades Tolkien relevantes possuem anuidade, e por uma boa razão: manutenção da estrutura e custos básicos (o que não envolve remuneração dos dirigentes). Propostas básicas para a viabilidade financeira do Conselho Branco:

 

  • Merchandising próprio: camisetas, canecas e outros produtos do próprio Conselho Branco, os quais podem ser vendidos diretamente pelo CB ou, como é comum, em outras lojas sob o pagamento de comissão.

 

  • Anuidade: uma taxa anual de R$30,00 a quem desejar contribuir para a manutenção financeira do Conselho Branco (sem a exclusão dos associados gratuitos). O que podemos oferecer em troca dessa contribuição? Muita coisa! A mais importante e principal é a própria subsistência do Conselho Branco. Dentre outras coisas:
    • Carteirinha em PVC com nome e número do associado
    • Inscrição automática em quaisquer sorteios ou promoções que o CB venha a participar
    • 15% de desconto no merchandising do próprio Conselho Branco
    • 10% de desconto na Loja Valinor (serve de exemplo, sei que outros parceiros aceitariam algo semelhante, como a Redbox Editora e a Arte & Letra)
    • Demais vantagens que porventura possam surgir com o tempo

 

Sauron na Batalha dos Cinco Exércitos?

Segundo as últimas notícias o Benedict Cumberbatch, ator de O Hobbit que estará interpretendo Smaug e Sauron o Necromante deixou escapar algumas informações que, aparentemente, ele não considera interessante mas faz muita diferença par todos nós, fãs de Tolkien. Ele afirma que:

“Estou interpretando Smaug através da captura de movimentos e dando voz ao Necromante, que é uma personagem na Batalha dos Cinco Exércitos, o que me foi dado a entender. Ele não está de fato no Hobbit original. É algo que o Peter Jackson pegou de O Senhor dos Anéis e colocou ali.”

Parece que teremos Sauron o Necromante comandando os exércitos inimigos na Batalha dos Cinco Exércitos. Para quem está um pouco perdido a história do Necromante da Floresta da Trevas aparece nos Apêndices de O Senhor dos Anéis. Em O Hobbit ele é unicamente a razão pela qual Gandalf não acompanha os Anões e Bilbo até Smaug.

 

Sarah Nikitin

‘O Senhor dos Anéis’ inspira brasileira do tiro com arco

Uma das principais esperanças da seleção brasileira nas provas de tiro com arco no Pan de Guadalajara, Sarah Nikitin começou a praticar o esporte graças a uma trilogia.

“Com 14 anos, era muito fã de ‘O Senhor dos Anéis’ e fiquei encantada com o arqueiro Legolas”, contou a atleta, hoje com 22, apaixonada pelos livros de J.R.R.Tolkien que foram para as telas com o diretor Peter Jackson.

Nikitin acrescentou que não sabia da existência de um esporte com aquelas características. “Foi então que decidi procurar um lugar para aprender e começar a praticar”, explicou a brasileira com melhor marca na modalidade: 1.300 pontos.

Ela e mais cinco atletas (Daniel Xavier, Luiz Gustavo Trainini, Fabio Emilio, Michelle Acquesta e Fátima Rocha) tentam recolocar o país no pódio após 28 anos. As últimas medelhas foram em Caracas-1983 (três bronzes).

nenya_sterling925_2_1_2

Nenya em Prata na Loja Valinor

Feito de Mithril com um brilhante diamante, o Anel da Água tinha o poder de manter belos os jardins de Lothlórien, o reino da Senhora Galadriel, e de retardar o envelhecimento do mundo.

Nenya, usado por Galadriel em O Senhor dos Anéis, em prata Sterling 925. Acompanha polidor de prata e embalage.

É um produto bastante raro e as quantidades são bastante limitadas.

Nenya – Anel da Galadriel – em Prata Sterling 925

o_um_anel_prateado

O Um Anel Prateado na Loja Valinor

Encontra-se disponível na Loja Valinor o Um Anel em carbeto de tungstênio prateado (virtualmente impossível de riscar), com tengwar prateados gravados a laser em ambas as faces. Imperdível para qualquer fã de Tolkien! (não acompanha corrente). É uma versão um pouco mais discreta do Um Anel que pode ser usada no dia-a-dia e mesmo como aliança de compromisso. O preço também é uma barbada: apenas R$59,90

Também disponível a corrente de aço inoxidável, com 51 cm de comprimento e aros de 3 mm, pesando 6 gramas. Combina perfeitamente com seu Um Anel. É exatamente a mesma corrente que acompanha O Um Anel. Altamente recomendada!

 

Um Anel Prateado na Loja Valinor