Blind Guardian: "O Diário de Maglor", Parte 8

Mais uma tradução de "O Diário de Maglor", série de textos presentes no
encarte do álbum "Nightfall In Middle-Earth" (1998), do Blind Guardian.

Esta é a parte 8, entitulada "Grande Glória e Mágoa Profunda".
 

 

Grande Glória e Mágoa Profunda

Pela primeira vez permanecemos encarando o inimigo. Ainda estávamos
cheios da glória dos misericordiosos, então não foi difícil para nós
derrotar as suas escassas tropas. Nossa maior vitória foi a batalha sob
as estrelas – e assim deveria ser. Mas mesmo em nossos momentos de
triunfo havia desastre. Novamente as palavras do mensageiro tornaram-se
verdade. Nas estéreis montanhas descansa o corpo quebrado de meu pai.
Uma última vez ele observou as poderosas torres que eram o símbolo do
inimigo e da ameaça que se aproximava no horizonte. O que meu pai
sentiu e reconheceu durante essa hora? Gélido horror e profunda
compreensão estiveram em seu último olhar. Por que ele nos fez renovar
nosso juramento? Após tudo ele reconheceu a futilidade de nossas
intenções. Ele nos sacrificou mais uma vez. Seu espírito ardente deixou
seu corpo destruído, logo após proferirmos o juramento. Nada além de
cinzas restou do maior entre o nosso povo. Cinzas carregadas pelos
ventos uivantes. Meu pai retornou à Casa das Almas, antes mesmo que o
pesadelo começasse.

___________

 
Blind Guardian é uma banda de heavy metal originária da Alemanha, sendo
atualmente um dos grandes nomes mundiais neste estilo. Muitas de suas
músicas são influenciadas pelas obras de Tolkien, sendo o álbum
"Nightfall In Middle-Earth" (1998) totalmente baseado em "O
Silmarillion". Nas páginas finais do encarte do disco, há vários
pequenos textos, que seriam escritos por Maglor, filho de Fëanor, como
uma espécie de "diário".
 
Leia também: