Blind Guardian: "O Diário de Maglor", Parte 7

A imagem “http://www.valinor.com.br/images/stories/categorias_noticias/musica.jpg” contém erros e não pode ser exibida.
Mais uma tradução de "O Diário de Maglor", série de textos presentes no
encarte do álbum "Nightfall In Middle-Earth" (1998), do Blind Guardian.

Esta é a parte 7, entitulada "Cisnes Flamejantes".
 

 

Cisnes Flamejantes

Talvez meu irmão reconhecesse a desonra, mas ele, também, permaneceu
silencioso. Nossos barcos atracaram e nós agilmente pulamos nas águas
rasas. Pela primeira vez colocávamos os pés no solo de nossa nova
nação. Os cisnes, o orgulho de uma nação inteira, já estavam queimando.
O céu parecia estar banhado em sangue, apenas as estrelas iluminavam
brilhando prateadas e parecendo olhar para os feitos de seu povo sem
emoção. Agora eu posso ver o sofrimento nos olhos de meu irmão. Minha
risada junta-se à dos outros, mas meu coração está chorando
amargamente. Eu começo a compreender. No outro lado do oceano, não
muito longínquo, mas ainda distante, nossa traição já foi descoberta.
Aqueles que foram deixados para trás começaram uma longa e árdua
jornada, e eles estão encorajados apenas por um desejo: vingança. A
maldição toma seu caminho.

___________

 
Blind Guardian é uma banda de heavy metal originária da Alemanha, sendo
atualmente um dos grandes nomes mundiais neste estilo. Muitas de suas
músicas são influenciadas pelas obras de Tolkien, sendo o álbum
"Nightfall In Middle-Earth" (1998) totalmente baseado em "O
Silmarillion". Nas páginas finais do encarte do disco, há vários
pequenos textos, que seriam escritos por Maglor, filho de Fëanor, como
uma espécie de "diário".
 
Leia também:
 
 

 

 
 
 
 

 

Comentários