Novidades sobre os livros dos Cursos de Sindarin e Quenya

Como alguns já devem estar pensando "Não vão lançar nunca o livro do Curso de Sindarin? E o de Quenya, não voltará a ficar em catálogo?", creio que é uma boa hora para dar as últimas informações sobre os projetos.
 

Curso de Quenya
O livro do Curso de Sindarin já havia sido anunciado há algum tempo e tudo indicava que sairia muito em breve. Mas quando o texto já estava sendo preparado para ir para a gráfica, eis que o autor do curso, Thorsten Renk, resolveu atualizá-lo. A nova versão (2.7) foi colocada online no site do autor, Parma Tyelpelassiva, no último dia 30. Depois de conversarmos, o editor da Arte & Letra, Thiago Tizzot e eu, o tradutor do curso, resolvemos que seria melhor e mais lógico prorrogar um pouco mais o lançamento do livro justamente para que as devidas mudanças pudessem ser feitas de maneira satisfatória e, com isso, evitar que o livro já saísse defasado para os leitores. Se tudo der certo, o livro deverá ser lançado mesmo no início do ano que vem, com a versão mais recente possível do texto.

Quanto ao livro do Curso de Quenya, ele voltará ao catálogo, mas já como a segunda edição, revista e ampliada! O autor do curso, Helge Fauskangr, retomou as atualizações do mesmo e, segundo o que nos informou recentemente, pretende terminar esse processo até o fim do ano. Até o momento, 2/3 do curso já foram atualizados. Estamos apenas na espera pelo último terço para retomar também o processo de revisão do texto atual do livro. Com a errata já compilada, todos os erros que acabaram entrando na primeira edição serão devidamente sanados e, com a atualização, mudanças significativas de conteúdo serão feitas em partes da gramática do Quenya, resultando em um livro muito melhor e mais completo que o primeiro.

E uma última notícia: para aqueles que não aguentavam mais esperar por um dicionário de Quenya, saibam que um também está nos planos da Arte & Letra, justamente as listas compiladas por Helge Fauskanger e disponíveis atualmente (em sua versão mais recente) no Ardalambion em inglês. Os trabalhos no dicionário – sim, pois os planos são de fazer um material mais completo do que as listas atuais, um verdadeiro dicionário, com transcrições fonéticas e em Tengwar e tudo o mais! – deverão começar assim que os livros dos dois cursos estiverem prontos. 

Tenham então só mais um pouquinho de paciência que 2008 será um belo ano para os aficcionados pelas línguas élficas por aqui!