A Vida Pós-SdA: Ian McKellen

A Valinor começa hoje uma série de artigos "A Vida Pós-SdA" onde
acompanharemos um pouco da vida pós-Senhor dos Anéis dos atores que
interpretaram no cinema os personagens principais na trilogia de Peter
Jackson. O primeiro ator retratado é Sir Ian "Gandalf" McKellen, cuja
biografia completa pode ser conferida aqui mesmo na Valinor.
 
 

ianmckellen_aknightout.jpgNascido em 25 de Maio de 1939 Sir Ian McKellen completou 69 anos em 2007 e continua levando uma vida bastante ativa em três áreas principais: Teatro, Cinema e Defesa do Direito dos Homossexuais.


Teatro
Desde 1994 McKellen trabalha em uma peça de um homem só chamada, A Knight Out. A peça obteve grande sucesso e continua a ser encenada ainda hoje e Sir Ian a considera como permanentemente "em construção". Ele é uma das pessoas que auxilia o Rose Theatre em Londres e em janeiro de 2006 inaugurou uma "blue plaque" no prédio deste. Em 2007 ele retorna para a Royal Shakespeare Company, nas produções de Trevor Nunn , atuando em The Seagull  e no papel de Rei Lear, grandemente aclamado.

Cinema e TV
ianmckellen_magneto.jpgEm 2003, McKellen apareceu nOs Simpsons, em um episódio com temática britânica chamado "The Regina Monologues", junto com Tony Blair e J. K. Rowling. Em abril e maio de 2005 ele realizou um sonho antigo: participou da mais longa novela da história – ainda em andamento – chamada Coronation Street ("Rua da Coroação"). Essa novela estreou em 9 de dezembro de 1960 e está, portanto, há quase 47 anos no ar! Ian McKellen atuou no papel de Mel Hutchwright. Em 2006 ele faz uma ponta na série de comédia "Extras", do ator Rick Gervais, onde faz o papel de si mesmo dirigindo Andy Millman (Ricky Gervais) em uma peça sobre amantes gays. McKellen recebeu uma indicação ao Emmy de 2007 por esta atuação.

McKellen também apareceu em alguns filmes de lançamento limitado, como Emile (filmado em pouco dias, durante a filmagem de X-Men 2), Neverwas e Asylum. Sir Ian atuou também como Sir Leigh Teabing no The Da Vinci Code, um dos poucos atores elogiados do filme.

Ativismo
ianmckellen_simpsons.pngSir Ian continua sendo um ativista em prol dos direitos dos homossexuais, nunca escondendo sua opção sexual quando perguntado e tornando-a amplamente pública em 1988. No premiação do Oscar de 2002 ele compareceu com seu então namorado, o neo-zelandês Nick Cuthell. Em 2006, McKellen discurson no pré-lançamento do "2007 LGBT History Month" no Reino Unido, levando seu apoio à organização e à sua fundadora, Sue Sanders, uma amiga pessoal (vídeo do discurso). Em 5 de janeiro de 2007 McKellen se tornou patrono do "The Albert Kennedy Trust", uma organização que dá apoio a jovens gays, lésbicas e transexuais sem lar.

Prêmios
2004: Manila, Philippines Pride International Film Festival – Prêmio de Distinção e Carreira
2006: Eleito pelo Independent como a personalidade homossexual mais influente na Grã-Bretanha (em 2007 ficou na quinta posição)
2007: Annie Award por Melhor Atuação de Voz em uma Produção de Desenho Animado, por Flushed Away

Projetos
ianmckellen_lear.jpgSegue uma lista dos projetos dos quais Ian McKellen participou após O Senhor dos Anéis:
2003        – Cinema – Emile, como Emile
2003        – Cinema – X2: X-Men United, como Eric Lensherr/Magneto
2004        – Cinema – Eighteen, como Jason Anders
2004 e 2005 – Teatro – Aladdin, como Old Vic
2005        – Cinema – Neverwas, como Gabriel Finch
2005        – Cinema – Asylum, como Dr. Peter Cleave     
2005        – Cinema – The Magic Roundabout, como a voz de Zebedee
2006        – Teatro – The Cut, como Donmar Warehouse
2006        – Cinema – Displaced (voz)     
2006        – Cinema – Flushed Away, como a voz do Sapo
2006        – Cinema – X-Men: The Last Stand, como Eric Lensherr/Magneto     
2006        – Cinema – The Da Vinci Code, como Sir Leigh Teabing     
2007        – Teatro – King Lear de William Shakespeare, como Lear
2007        – Teatro – The Seagull de Anton Chekov, como Sorin
2007        – Cinema – Magneto, como Eric Lensherr/Magneto (anunciado)
2007        – Cinema – The Colossus, como Cecil Rhodes (pré-produção)

Comentários

  1. Minha satisfação é a sua felicidade em momentos de prazer em compartilhar comigo através do autoconhecimento de ideologias.Chefe Oficial Visionário através de fotos dentro da escrita demótica nanofotônica, a origem da vida em minhas mãos.

    Ampliar e apreciar as fotos e saber distinguir a verdade através do Acheiropoieton.