O Hobbit: com vocês, as palavras dos diretores

Saíram duas entrevistas que podem interessar muito aos fãs que aguardam informações sobre O Hobbit: tanto Peter Jackson quanto Sam Raimi comentaram sobre as chances de serem diretores do que seria um 'prequel' de O Senhor dos Anéis.
 
 
Raimi continua com o mesmo discurso de antes. Em entrevista para a SCI FI Wire, o diretor mais uma vez lembra que tudo ainda é extremamente informal: "Eu tive uma conversa sobre a possibilidade (de dirigi-lo) e é realmente nessa situação que as coisas estão". Perguntado se tivera alguma idéia de como dirigiria O Hobbit, Raimi respondeu: "Eu ainda não tive qualquer idéia, porque eu acho que este continua sendo o projeto de Peter Jackson."
 
Mas parece que Peter Jackson tem outra opinião sobre isso. Entrevistado pelo Cinematical, entre os vários projetos em andamento, PJ também comentou sobre sua relação atual com a New Line. A notícia ruim é que, ao responder sobre as chances de dirigir O Hobbit, ele disse que "são remotas no momento".

Ao que parece, a situação com a companhia ainda não está em ordem. Peter Jackson deixou claro que é amigo de várias pessoas dentro da New Line e que sente-se magoada pelo "veneno" com o qual foi atingido por alguns individuos da companhia. O diretor acrescenta: "As coisas por trás das câmeras são muito piores do que o que vem à público".
 
Pelo visto, agora quem não quer mais brincar de O Hobbit é o próprio Peter Jackson.