ATUALIZADO: Mikael “Beorn” Persbrandt fala sobre O Hobbit

 

O ator sueco Mikael Persbrandt (47), que interpreta o transmorfo Beorn em O Hobbit, esteve recentemente no Festival de Cinema de Veneza promovendo seu novo filme “Stockholm Östra”. Durante a conferência, o italiano Badtaste e o sueco Aftonblated fizeram perguntas referentes ao O Hobbit. O italiano perguntou a Persbrandt como é trabalhar numa produção tão colossal como O Hobbit de Peter Jackson e, ao mesmo tempo, trabalhar num filme pequeno, mas intenso, como este novo filme sueco. E como a experiência no teatro e em pequenos filmes contribuiu para sua performance em O Hobbit. Ele respondeu:

 “Há uma enorme diferença entre as duas produções. A máquina em funcionamento, no caso de um blockbuster como O Hobbit, é simplesmente enorme. Mas no final, o importante é ir em frente e fazer o seu trabalho. Do ponto de vista da atuação em si, o trabalho é o mesmo: diante de uma só pessoa ou diante de cem pessoas da produção, o verdadeiro profissional trabalha da mesma maneira. A saga de O Hobbit é imensa, e este filme em que eu atuei é uma pequena saga que fala sobre seres humanos reais. O que me interessa é a relação entre os seres humanos, do que, digamos, a relação entre homem e máquina. Mas, é claro, eu estou me divertindo muito trabalhando em O Hobbit, mas para mim é muito importante voltar a trabalhar em produções de teatro e de pequeno porte, ou suecas, é a única maneira de manter as engrenagens lubrificadas, para continuar a ser dono de sua própria maneira de atuar”.

 

Já ao sueco Aftonblated, Persbrandt também falou sobre a diferença de se atuar em uma produção pequena e numa superprodução como O Hobbit. Também revelou que muitas vezes, por se tratar de uma grande produção, foi um pouco complicado:

 ”Quando eu, no primeiro dia, fui içado até o teto do estúdio de King Kong, em Wellington, eu sabia o que fazer [como ator], mesmo que fosse um pouco estranho e complicado começar  já com uma difícil cena de tortura. Eu sabia e poderia até mesmo sugerir coisas.”

 

Bilbo e Beorn - John Howe

[Segundo o TheOneRing.net, esta cena que o sueco filmou poderia ser um indício de que Peter Jackson pretende incluir a parte onde Beorn “interroga” um lobo warg e um orc, a fim de verificar se a história contada a ele por Gandalf era verdadeira.]

 Persbrandt disse que ele se preparou para o papel de Beorn sem pensar em como poderia ser complicado.”Como eu atuo como um transmorfo, que vive com cavalos e animais na floresta? Você tem que olhar para dentro de si e tentar. Atuo no O Hobbit como eu atuaria em um filme de romance”. 

 O ator também disse que durante sua estadia na Nova Zelândia, comprou uma bicicleta, e muitas vezes foi pedalar nas montanhas. Também disse que atuar em “Hamilton” (outro de seus trabalhos) o ajudou a se preparar fisicamente para O Hobbit, mas que fez isso também na Nova Zelândia. Revelou que ele não se sentiu inseguro ao filmar com Peter Jackson, porque, com a experiência, a sua confiança como ator melhorou. Quando perguntado se está aprimorando seu inglês, ele respondeu: 

 

“Sim, eu faço isso no filme de Peter Jackson. Em Hamilton eu falo tanto russo como inglês. Eu tento ser um bom aluno. Mas eu tive alguma dificuldade. Era inútil ir para as aulas de Inglês quando você não tem ofertas concretas no exterior”.

 ATUALIZANDO: o ator de “Em Um Mundo Melhor” (vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro deste ano) continua dando declarações no Festival de Veneza. O italiano Loudvision perguntou: “Você está no elenco de ‘O Hobbit’: você pode nos dizer alguma coisa?”

“Eu sou um grande fã de Tolkien. Em ‘O Hobbit’ interpreto Beorn ,o Troca-peles. Eu não posso dizer muito, mas há, obviamente, uma contribuição significativa de efeitos especiais para criar a aparência de meu personagem: Eu estarei espetacular na tela”.

Mikael Persbrandt também foi dirigido por Andy Serkis em uma cena, e ele volta à Nova Zelândia de novo para filmar mais como Beorn, o Troca-pele.

Comentários

  1. Aproveitando, há uma entrevista com Howard Shore em áudio.
    http://www.classicfm.co.uk/music/interviews/howard-shore-returns-middle-earth/
    Alguns trechos:
    Questionado sobre a renovação da sua parceria com Peter Jackson para O Hobbit, ele diz que: “Estar de volta a Terra-média é uma coisa maravilhosa. Ele é um diretor incrível. Ele vê onde você está indo e como irá interpretar o papel, e então o guia – é um processo delicado.”. Ele descreve o processo de composição para O Senhor dos Anéis, que imagino deve ser bastante similar para O Hobbit: “Eu ainda estou compreendendo-o em algum grau. Meu envolvimento é o meu lápis, a página, as barras de música na minha frente, e a orquestração. É um processo contínuo que é feito todos os dias. O livro sempre está aberto na minha mesa, e estou sempre lendo as palavras de Tolkien. Estou olhando para as imagens maravilhosas de Peter Jackson, e criando a música a partir da minha intuição sobre a história e como me sinto sobre esses momentos. De certa forma é um processo um tanto íntimo. O papel está apenas na sua frente, o livro está aberto, o filme está sendo executado em uma pequena tela ao lado. E você está apenas ligando a história ao drama e ao livro. É trazido à vida por atores maravilhosos como Viggo Mortensen e Christopher Lee. É uma forma de se conectar aos personagens de uma maneira muito íntima. Quando eu assisto Ian McKellen na tela eu me ligo a ele de uma maneira e quando eu assisto todas as performances. E assim, você sente como se estivesse dentro do filme, você está trabalhando dentro da história. “Sobre os livros de Tolkien ele diz: “Sua narrativa tem um valor tão fantástico e características humanas”. Tolkien escreve tão bem sobre coragem, amizade, honra e sacrifício e amor ao país. Ele faz isso tão bem. Particularmente o que eu amo é que ele escreve sobre a natureza muito bem.

  2. “,,,e eu estou me divertindo muito trabalhando no Hobbit…” haha => $$$$ melhor em dólar que em coroa sueca :D…Mas valeu, integrado na atuação!!! Show a matéria sobre Howard Shore!!!

  3. “[Segundo o TheOneRing.net, esta cena que o sueco filmou poderia ser um indício de que Peter Jackson pretende incluir a parte onde Beorn “interroga” um lobo warg e um orc, a fim de verificar se a história contada a ele por Gandalf era verdadeira.]”

    AEEEEEEEEEEEE! Boas notícias! eu quero muito ver o Beorn em ação,imagine quando ele virar urso? UAU!
    E adorei a do Howard Shore também,imagina como não vai sair a trilha sonora… ai ai…
    (Ana no main team +1 XD)