1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Autor da Semana Ivan Búnin

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Spartaco, 4 Jun 2016.

  1. Spartaco

    Spartaco James West

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    (Voronezh, 22 de outubro de 1870 — Paris, 8 de novembro de 1953)
    Ivan Alekséievitch Búnin nasceu numa família nobre. Começou a escrever muito cedo, e aos 19 anos de idade empregou-se na redação do jornal O Mensageiro de Oriol, publicando em 1891 sua primeira coletânea de poemas.

    Na virada do século, Búnin começou a adquirir fama literária na Rússia como poeta e tradutor, sendo um grande expoente do verso clássico, passando ao largo das correntes modernistas da época. Em 1920, discordando dos rumos da Revolução de 1917, ele fixou residência em Paris, tornando-se uma das principais vozes da comunidade de russos emigrados.

    Em 1933 foi laureado com o Prêmio Nobel de Literatura, o primeiro a ser entregue a um escritor russo.

    Redescoberta pelo público ocidental nos últimos anos do século XX, a obra de Ivan Búnin é, por um lado, herdeira da grande prosa realista russa do século XIX, sobretudo a de Tolstói. Por outro, como autor dividido entre dois mundos (por discordar dos rumos da revolução bolchevique, Búnin exilou-se na França a partir de 1920), sua ficção conhecia de perto as fraturas abertas pela modernidade.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Sua extensa obra é composta principalmente por poemas e textos ficcionais como as novelas A aldeia (1910), O amor de Mítia (1925) e O processo do tenente Ieláguin (1926), o romance de tintas autobiográficas A vida de Arsêniev (1930), e os contos "Um senhor de São Francisco" (1915) e "Respiração suave" (1916).

    Ivan Búnin faleceu em 8 de novembro de 1953, em Paris.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. -Jorge-

    -Jorge- mississippi queen

    Lembrando que o autor e essa tradução de O amor de Mítia tinham sido publicados na coleção Biblioteca dos prêmios Nobel de literatura, vol. 34.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Será que a 34 vai publicar "O processo do tenente Ieláguin" separadamente também?
     
  3. Spartaco

    Spartaco James West

    @-Jorge-, espero que sim.

    Só lembrando que a Editora Amarilys lançou o livro Contos Escolhidos de Ivan Búnin, com tradução de Márcia Pileggi Vinha, que também fez a seleção dos contos.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Ótimo Ótimo x 1

Compartilhar