Casa usada por Tolkien entre 1953 e 1968 está à venda

Uma excelente notícia para leitores com £1,25 milhões (cerca de R$ 4,75 milhões pela cotação de hoje) disponíveis na conta bancária: a casa da Rua Sandfield n°76, em Oxford, usada por J.R.R. Tolkien e sua esposa, Edith, entre Março de 1953 e Julho de 1968 foi posta à venda há poucos dias.

Residência usada por J.R.R. Tolkien de 1953 a 1968. Foto: Scott Fraser (reprodução)

A mudança do Professor para esta casa é citada brevemente no prefácio de O Senhor dos Anéis, mas uma das referências mais interessantes sobre a residência vem da Carta 136 escrita para seu editor, Rayner Unwin, em 24 de março de 1953 quando ele ainda morava na R. Holywell n° 99. Nela Tolkien relata que as dificuldades encontradas nos meses anteriores e a saúde debilitada de Edith o motivaram a comprar uma residência em “solo alto e seco e no sossego”. Sossego este que, entretanto, não durou por muito tempo pois ele relata na Carta 257 (de 16 de Julho de 1964) que a rua, que antes era um beco, tornara-se um desvio extraoficial para caminhões, era usada em parte como estacionamento para o campo do Oxford United e que a vizinhança logo foi tomada por ruídos diversos (de rádios e TVs em volumes elevados em plena madrugada aos ensaios musicais de vizinhos querendo se tornar os novos Beatles).

Residência usada por J.R.R. Tolkien de 1953 a 1968. Foto: Scott Fraser (reprodução)

A residência de dois andares recebeu várias reformas desde que deixou a família Tolkien e possui um jardim bem mantido na face oeste, cinco quartos, dois banheiros e um lavabo, aquecimento a gás e solar, janelas de folha dupla e um sótão iluminado e espaçoso atualmente usado como academia de ginástica que, vale lembrar, não é o cômodo citado na Carta 241 como o local onde Tolkien revisou e redatilografou O Senhor dos Anéis várias vezes — isto ocorreu em uma casa na Manor Road, antes de ele se mudar para a casa da Rua Holywell.

O anúncio publicado pela imobiliária Scott Fraser também traz uma série de fotografias dos ambientes internos e externos, a planta baixa e um folheto (datado de 10 de Fevereiro) com o resumo das informações.

Like
Like x 2
Like
Agree x 1
Like
Friendly x 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *