Diretor de O Hobbit responde a novas perguntas de fãs

guilhermo_del_toro.jpgMais novidades sobre "O Hobbit" chegam do próprio diretor dos vindouros filmes baseados na obra de J.R.R. Tolkien. Respondendo a algumas perguntas enviadas por fãs, o cineasta Guillermo Del Toro soltou algumas informações a respeito dos longas.
 
 

Questinado se eventos que ocorrem em paralelo à trama principal de "O Hobbit" seriam mostrados no segundo filme – tal como o Conselho Branco -, Del Toro se limitou a sorrir de maneira enigmática e dizer que fora "uma ótima pergunta".

Sobre a possível escalação de Ron Pearlman (protagonista de "Hellboy") para viver um personagem já escolhido, o mexicano disse que seria um crime pré-escalar qualquer ator antes de ter roteiros prontos, mas que espera que o ator esteja envolvido no filme e que este tenha lugar para ele.

Quanto aos 13 anões que aparecem no filme, o diretor assegurou que estes não serão meros personagens de suporte, já que a jornada deles – e de seu líder, Thorin Escudo de Carvalho – é um dos pontos mais importantes da obra, e que estes apareceram em toda a sua glória no filme, dos pés à cabeça. Mas que o longa, pelo menos o primeiro, terá três papéis principais: Bilbo Bolseiro, Gandalf e Thorin, com a sombra do dragão Smaug sempre cobrindo toda a busca do grupo.

Ainda sobre os anões, foi perguntado a Del Toro se ele tem um favorito no grupo. Sem pestanejar, ele respondeu que é fã de Thorin, com a relação entre ele e Bilbo, principalmente em nos últimos momentos do livro. Tal relação será a coisa mais importante do filme, afirma o diretor.

Se passando 60 anos antes dos eventos de "O Senhor dos Anéis", o primeiro filme de "O Hobbit" mostrará a inesperada aventura vivida por Bilbo Bolseiro, um pacato hobbit que tem seu mundo virado de ponta-cabeça pela aparição do mago Gandalf.

Acompanhado pelo nobre anão Thorin Escudo de Carvalho e seus 13 companheiros, Gandalf quer a ajuda de Bilbo para realizar uma empreitada aparentemente impossível: invadir a toca do terrível dragão Smaug, na Montanha Solitária, e recuperar o fabuloso tesouro da família de Thorin. Mal sabem eles que esta jornada irá mudar para sempre a história da Terra média.

Fonte: Cinema com Rapadura