Pedofilia na Terra-Média

 
Autor: Alexandre "Knolex" Esposito 
 
Antes de mais nada, queria manisfestar aqui que esse texto foi escrito antes da morte de John Tolkien, filho do Professor que é citado abaixo. Em nenhum momento as piadas abaixo devem ser levadas a sério ou interpretadas de maneira ofensiva.

Não duvido que muitos de vocês tenham estranhado o título desse texto, já que aparentemente ele não tem nada a ver com uma coluna dedicada às obras de Tolkien e à Comunidade Tolkieniana. Pois bem. Frisemos na minha primeira frase a palavra "aparentemente". Não há dúvidas, pelo menos para os que, como eu, possuem a mente suja (ou seja, 90% da população mundial), que a obra de Tolkien é infestada de insinuações pedofílicas. A prova cabal disso é que o próprio filho dele, John, que é padre (!!!), sofre um processo onde foi acusado de pedofilia. Safadinho ele, não? Mas ele só foi uma pobre vítima dessa literatura tendenciosa que tem como objetivo formar uma horda de amantes de criancinhas.

 
Vamos aos fatos: Gandalf. O maior exemplo de sabedoria e poder nos livros de Tolkien. Mas na verdade, um velho safado, que adorava fumar unzinho (ninguém me engana dizendo que a erva do Condado era tabaco… se Tolkien fosse vivo, ao invés de Blind Guardian a banda que homenagearia ele seria o Planet Hemp) e depois viver cercado de baixinhos. Afinal, por qual outro motivo ele ia ser tão "amigo" dos hobbits? Viram? Gandalf não passava de um tarado.. o cajado numa mão e um hobbit na outra… sempre dizendo ao Frodo o que fazer com o anel dele.
Num foco mais centrado temos Bilbo, que apesar de se encaixar no papel de vítima perante Gandalf, também aprontou das suas. Bilbo é o típico "tiozão". Aquele sujeito da família que é o que bebe mais… mais brincalhão.. e obviamente, o que possui mais podres… tanto que, quando o sobrinhozinho (ou primo, tanto faz) novinho, delicadinho e fresquinho ficou órfão, quem foi o parente que prontamente se ofereceu, todo bonzinho e simpático, pra ficar com a guarda do jovem e desprotegido Frodo? Bilbo, é claro! Agora imaginem os anos… Frodo crescendo… aprendendo… se tornando experiente… tudo ao lado de Bilbo, famoso por gostar de colocar o dedo no Anel. Não preciso discursar sobre as preferências de Frodo (que PJ ressaltou nos filmes) pra provar que ali havia mais do que os hobbits sabiam.
Isso pra não falar na Arwen. Elfa de quase 3000 anos, taradona, se oferecendo pra Aragorn, um ninfetinho de oitenta e poucos anos… querendo abrir mão da "imortalidade" dela. Imortalidade… sei… esse tipo de imortalidade é conhecido em alguns lugares como "flor", "rosa", ou até mesmo "pureza"… tudo desculpa esfarrapada. Arwen poderia ter dado a "imortalidade" dela muito antes. Pelo menos é dito que ela tinha a beleza de Lúthien. Não creio que com tamanha beleza ela fosse ficar encalhada tanto tempo. A não ser que o conceito de beleza de Tolkien fosse muito deturpado, o que por sinal eu não duvido, já que ele chamava sua esposa carinhosamente de Lúthien… se pra ele aquilo era Lúthien, tenho pena do Beren. E isso me faz lembrar de algo. Provavelmente Lúthien era outra pedófila… essas elfas safadas… tudo herança genética daquela anciã chamada Melian… uma Maia que começou essa baderna toda quando atacou aquele rapaz… ainda um moleque, que era Thingol… mas ela pelo menos foi mais esperta que a Arwen. Ela se tornou rainha, teve filha e o escambau, mas não precisou dar a "imortalidade". Primeira pedófila, e primeira mulher exploradora. Infelizmente, a primeira de milhões.
Depois de tantas provas, como culpar John por ser pedófilo? Ele apenas assimilou as lições subliminares que seu pai deu nas suas obras. Obras que também amamos.
Portanto, não duvide se em alguns anos você que está lendo isso começar a ter fixação por criancinhas. Você é apenas mais uma pessoa que quer ter a sabedoria e experiências do bom velhinho barbudo e maconheiro (essa definição serve tanto pra Tolkien quanto pra Gandalf). Ou simplesmente é algum doente pedófilo e que levou esse texto a sério, e que quando exercer suas perversões vai usar o coitado do Tolkien como desculpa. No fim, seja qual for a opção, você é nerd.

PS: Como não sei que tipo de gente está lendo isso, todo cuidado é pouco, e é sempre bom lembrar: Pedofilia é doença e é crime! Esse é um texto satírico e não deve ser levado a sério.