Diário de Faramir – 2ª Parte (RdR)

Dia Um:
Papaizinho querido muito p. da vida.
Só porque Osgiliath está agora infestada de Orcs.
E porque deixei que os Hobbits fofinhos fossem embora.
E porque tive a chance de matar o chefe Nazgul e estraguei-a.
E porque deixei a Cidade do Rio nas mãos do inimigo.
E porque casualmente mencionei que Boromir foi morto.
Não há NADA que agrade aquele homem.
 

Dia Dois:
Carta frenética de Aragorn. Quer que eu mantenha Frodo em segurança até que ele chegue aqui. Diz que quando ele for o Rei, "serei regiamente recompensado".
Opa.

Dia Três:
Bisbilhotando no armário de Boromir. Achei um número recente da PlayEorlingas.
Estou completamente cativado pela Miss Edição Primavera-Verão, Éowyn. Imagino se ela se interessa por camaradas que não sejam totalmente Governantes?

Dia Cinco:
Papai diz que tenho que lutar com o Nazgul até a morte E cortou minha mesada semanal!!
Odeio papai.
Gandalf apareceu com um Hobbit insaciável que ofereceu serviços para Papai. Pippin agora canta e dança na mesa para a diversão de papai enquanto cavalgo para a morte certa.
Se eu sobreviver a esse fiasco terei que fazer terapia assim.

Dia Oito:
Gandalf me deu um pé de coelho da sorte antes de meu retorno para Osgiliath.
Assegurou-me que Dragões têm pavor de ratos pequenininhos e fofinhos.
Se o Mago Branco é a maior esperança de Gondor, então Gondor está bem e verdadeiramente ferrada.

Dia Nove:
Fui para cima do exército Orc na formação padrão-para-matar.
Estranhamente, não morri e fui arrastado de volta para a Cidade Branca, com o pé no estribo.
Agora tenho uma rachadura incômoda de proporções épicas.
Rachadura estúpida.

Dia Dez:
Estou semi-consciente.
Papai lamentando-se que eu amassei minha melhor armadura.
Papai lamentando-se que eu não estava usando roupa de baixo limpa para a batalha.
Papai lamentando-se que eu não escovei meus dentes.
Papai lamentando-se que eu não estava usando um colete anti-orc forte bastante.
Blá blá blá!
Situação da rachadura: AI AI AI AI AI AI!!!

Dia Onze:
Simulando morte. Tentando parecer patético numa última tentativa para ter um pouco de compaixão do papai.
Ele vai cair em si, estou certo disso.

Dia Doze:
Esse cheiro é de fumaça?

Dia Quatorze:
Na Casa de Cura. Rachadura FINALMENTE removida de minha "fenda".
Papai morto. Incendiou-se com uma tocha à prova de criança e fez-se em cinzas completamente. Muito doente para participar de uma certa batalha mortal no Portão Negro. VIVA EU!!

Dia Quinze:
Dividindo o quarto do hospital com a deliciosa donzela guerreira e o hobbit manuseador de legumes chamado Merry. Aragorn cavalgou para destruição certa. Percebi que de repente as minhas chances de ser Rei de Gondor tornaram-se MUITO prováveis.
Éowyn e hobbit estão muito muito amigáveis. QUE BELEZA!!!

Dia Dezessete:
Guerra acabou. Anel destruído. Infelizmente, Aragorn ainda vivo. População local insiste para que ele tome banho antes de entrar na cidade novamente. Tivemos que primeiro dar um banho de mangueira no pátio externo da cidade. Bastante grosseiro realmente. Não posso acreditar que eu costumava sair com este sujeito. O que eu tinha na cabeça?

Dia Dezoito:
Meu antigo caso Aragorn muito convencido ao saber que é visto como um rei VARONIL. Até parece! Todo mundo sabe que o filho de Arathorn é um pervertido total depois daquela orgia no quarto do Frodo.
Não fui convidado para a orgia. Por quê não?
Panelinha estúpida.

Dia Dezenove:
Coroação durou uma ETERNIDADE. Saí de fininho durando o beijo escandaloso de Aragorn em Arwen. Quase tive um acidente com Legolas que estava fazendo algo estranho atrás da árvore branca.
MAIS TARDE: Tive um muito secreto e adorável encontro de meia-noite com querido Frodo. Me deu um globo de agitar com a inscrição "Eu explodi a Montanha da Perdição". Quis saber se eu tinha uma "Corneta de Gondor" sobressalente. Todos os hobbits são insaciáveis desse jeito??

Dia Vinte:
Ainda estou louco pela donzela guerreira.
Éowyn é atraente, é rica, é chegada em hobbits. É a garota certa menina para mim.
Pedi em casamento! Pedi de novo! Éowyn quer pensar sobre o assunto.
Estranhamente isto envolve um mergulho tarde da noite na piscina com os hobbits manuseadores de vegetais, um anão excêntrico e um pônei liberal.
Deve ser uma tradição de Rohan.