Diário de Frodo – Carta para Bilbo

Querido Bilbo,

Hoje foi um dia muito difícil. Descobrimos que o chá que Pippin serviu no café da manhã era na verdade uma poção de Gandalf que trouxe tremendo desconforto intestinal para toda a sociedade exceto Gandalf, que aparentemente precisa desta poção para melhorar sua disposição fisiológica.

 

Aragorn estava nos pressionando para que fossemos ao shopping. Boromir continuou insistindo que deveríamos ir pelo Desfiladeiro de Rohan. Gandalf sugeriu que caminhássemos contra a ventania danada e escalássemos o Caradhras. Estou começando a achar que o querido velho mago está gagá. Finalmente, ele disse "deixe o portador do anel decidir". Levou menos que um nanosegundo para decidir qual caminho seguir. E agora, para bem ou mal, chegamos ao Shopping Terra-média Sul.

A primeira coisa eu fiz (depois de visitar o banheiro público) foi comprar uma máquina fotográfica. Um vendedor me disse que seria o modo ideal para registrar nossa jornada pela Terra-média, e estava em promoção por $299. Por sorte, estava com meu Visa.

A primeira loja que visitamos foi uma confeitaria. Havia pães doces fantásticos naquela lojinha. Não consegui arrastar Sam para fora. Acho que ele encheu todo espaço disponível na mochila dele e na minha com coisas gostosas.

Boromir invadiu uma loja de cd’s com a espada na mão gritando “O chamado de Gondor!”, foi quando percebemos que ele havia confundido o som de um disco do Kenny G. com a corneta de Gondor. A metade de nós caiu na gargalhada, e a outra foi esconder-se de vergonha… Mas ele teve a vingança dele. Ele "pegou emprestado" meu cartão de crédito e gastou $349 em roupas de couros. Grosseirão.

Legolas e Aragorn gastaram bastante de tempo numa loja de artigos para banho. Eu prazeirosamente lhes dei meu cartão de crédito, uma vez que Aragorn estava começando a parecer um mendigo sujo novamente. Ele entrou e limpou o lugar, literalmente – as pessoas saíam correndo a procura de ar puro. Foi muito constrangedor, mas pelo menos ele pegou algumas das muito necessárias espumas de banho de morango. Entretanto, Legolas foi um pouco mais além. Vários perfumes de espumas de banho, loções para corpo, e tratamentos para cabelos. Eu não sei quem ele espera que vá carregar tudo aquilo. O total da despesa chegou a $132.

Gandalf estava indignado porque o proprietário de uma tabacaria nunca tinha ouvido falar do Velho Toby, mas ele conseguiu torrar $219 em algumas "misturas raras" para cachimbo. Como se ele realmente precisasse de mais. Na verdade, parece que se ele precisa mesmo é de um estoque maior de Metamucil.

Merry causou um baita tumulto numa loja de roupas íntimas. Ele insistiu para que as modelos vestissem as peças antes dele comprá-las. Disse que seriam presentes para algumas donzelas élficas de Valfenda com quem ele havia passado um tempo, mas eu continuo pensando que ele queria era para uso próprio.

O que seria uma amigável e divertida visita a uma loja de brinquedos tornou-se uma quase tragédia. Pippin decidiu se esconder de Boromir atrás de uma pilha de bichos de pelúcia. A brincadeira ia bem até que Pippin espirrou, e a pilha inteira caiu sobre ele e quase o sufoca. Para piorar a situação, veio um homem enfurecido vestindo numa fantasia de rato que sacudia os braços de modo selvagem. Saí correndo de lá, atropelando um monte de displays. Fui obrigado a pagar $799 pelo prejuízo e limpeza da bagunça. Dá para acreditar nisso Bilbo?

Senti o Anel pressionar-me com bastante força quando passei por uma joalheria. Para falar a verdade Bilbo, fiquei meio que tentado a deixar o Anel lá, escondido entre todos os outros badulaques. Mas Gandalf me acertou com o cajado, e me trouxe de volta a razão. Tinha um sujeitinho vestido todo de preto na parte de trás da loja, olhando (ou quem sabe cheirando) os anéis de ouro. Pela aparência dele parecia que não tinha condições financeiras de comprar qualquer coisa que estava em exibição, e fiquei com pena dele. Assim… Dei-lhe meu cartão Visa.

Bem, infelizmente temos que seguir com nossa missão e levar o Anel para Mordor, então o passeio está terminando. Acabo de escrever esta carta em uma mesinha de uma lanchonete, pronto para continuar a jornada. Gandalf ainda insiste em ir por Caradhras, mas Gimli já sugeriu um caminho alternativo pelas Minas de Moria, de propriedade de um primo dele. Deve ser um lugar muito agradável e a passagem por lá vai ser muito mais fácil. Meu bom e velho mago já não tem idade para caminhadas difíceis e perigosas. Se Gandalf mandar eu escolher novamente, é por lá que iremos. Tenho que pensar na saúde e no bem estar do meu querido amigo.

Um abraço, Frodo

 

Comentários

  1. HAHAHA muito engraçado! legal que não tem viadagem quenem nos outros diários secretos bem ao estilo desciclopédia (humor zero).
    Muito engraçado a parte do Boromir “o chamado de Gondor!” hahahahhahha