TORn especula sobre o Elenco de O Hobbit

Depois da MTV agora é a vez do TORn especular sobre o Elenco de O Hobbit. Algumas escolhas estranhas – não vou citar aqui para não estragar a surpresa (mas o RS? WTF!?) – e muitas desescolhas (boas opções que eles descartam). Enfim, com vocês, os pitacos do pessoal do TORn.

 

 

 
Mas alguém se sente em 1999? Um estranha sensação de excitamento tem voltado ao fandom Tolkien com o anúncio de que a New Line irá seguir adiante com seu pacote de dois filmes baseado em O Hobbit, de J. R. R. Tolkien.

Para alguns o sentimento é de temor, e eu lembro que nos "bons dias antigos" o quão cético eu estava sobre qualquer pessoa poder capturar em filme a beleza e a feiúra, a grandeza épica e a tranquilidade doméstica, o fantástico e a sentimento de familiaridade da Terra-média sobre a qual eu estive lendo praticamente desde que peguei um livro pela primeira vez.

Após um período de descontentamento e frustração, nós sabemos que, de fato, toda a história de Bilbo Bolseiro aparecerá adaptada na grande tela prateada. E mesmo que seja muito cedo para começar a escolher o elenco, isto é algo que os fãs simplesmente não podem evitar de fazer nos fóruns e salas de bate-papo. Apesar de não ter um roteiro, um diretor ou ninguém cuidando do elenco, nunca é cedo demais para especular sobre quem faria os papéis mais suculentos no filme.

Durante o final de semana do Dia do Trabalho (que nos Estados Unidos é comemorado no primeiro domingo de setembro), dois dos fundadores do TORn (Corvar e Calisuri) e eu apresentamos em uma palestra na DragonCon, para uma audiência lotada, a história da saga New Line x Jackson e nossa crença de que ante tudo que foi dito e feito, Jakson iria estar no mesmo barco da New Line em um papel de produtor (e eu disse que Sam Raimi seria um diretor provável).

Nós também especulamos sobre algumas das escolhas de elenco, alguns dos palpites informados por pessoas de dentro que ouviram um nome ou dois sendo ao menos considerados para o que tem potencial para serem filmes de U$ 2 bilhões de renda. Outros nomes são meros palpites e alguns são completamente óbvios, como o primeiro:

 
 
Gandalf, como Ian McKellen

Ian McKellen

Gandalf o Cinzento

Interpretado pelo real Gandalf, atualmente disfarçado como um ator de teatro e cinema que atende pelo nome de Ian McKellen.
Andy Serkis

Andy Serkis

Gollum

Eu preciso mencionar que Andy Serkis tem esse papel? Acho que não. Também de volta está Hugo Weaving como Elrond e no "filme ponte" pode ser útil trazer de volta Arwen, Galadriel e outros do elenco no que eu assumo serem trechos curtos, feitos pelos atores originais. E sim, de minha parte, Legolas pelo menos andaria em frente à câmera, talvez no fundo durante alguma cena com Thranduil.

Thorin Escudo-de-Carvalho

Foi preciso pensar mas, depois de especular um pouco, a resposta finalmente veio. Thorin demanda um ator de qualidade que, assim como John-Rhys Davies como Gimli, precisará atuar embaixo de uma maquiagem pesada, ser de certa estatura e tanto turrão quanto amável. A resposta? Ron Perlman é O Homem e deveria ser O Anão também.

Ron Perlman

Ron "Hellboy" Perlman
À parte sua prilhante interpretação em "Hellboy" (mesmo que você não tenha gostado do filme você não pode culpar Perlman) ele atuou como personagem principal versão para a TV de "A Bela e a Fera". Além de ter o tipo certo de experiência e a aparência adequada, ele tem alguma idade sem ter um ar de idoso, é um profissional consumado e em todos os relatos é um cara legal de se ter atuando. Se ele não fosse tão perfeito para Thorin ele poderia ser um forte candidato para a voz do dragão. Aqui nós o vemos com a maquiagem de Hellboy, que fará a maquiagem de Thorin parecer um bico.

Bard

Belo e másculo, mas sensível e sábio; um papel para uma estrela ou estrela em ascenção de Hollywood. Esta parte será ardorosamente disputada pois pode tornar um astro em ascenção em um astro de verdade e podem fazer um "Orli" do nada ou um "Rei" entre príncipes. Eu gostaria de uma audição com Clive Owen, Gerard Butler, Hugh Jackman e Jim Caviezel. Mas eu realmente quero Daniel Day-Lewis, um dos melhores atores do cinema, mas o homem simplesmente não parece interessado em atuar regularmente e até mesmo já recusou o papel de Aragorn nO Senhor dos Anéis de Peter Jackson. Parece que eu estou implorando? A escolha recaindo sobre qualquer um deste grupo dará ao filme um sério peso de estrela do cinema e eu sinto que qualquer um deles faria um bom trabalho.
bard_candidatos.png

Smaug
Uma das decisões mais importantes do filme será sobre como manipular o dragão falante (que já foi bastante imitado em Hollywood) sem o torná-lo banal e derivativo. Não interessa que muitas das bestas de Hollywod devem bastante à história infantil de Tolkien e à geração D&D que se seguiu a ela, pois a WETA terá o desafio de não torná-lo apenas outro dragão falante que as audiências já viram antes.

Imagens e mesmo imagens de quadrinho de Smaug são abundantes, incluindo uma bela ilustração do próprio autor. Jackson, o diretor e a WETA irão precisar encontrar um equilíbrio entre fazê-lo terrível e horrível e fazê-lo dialogável. Eu suspeito que isto é o tipo de coisa que Richard Taylor, Joe Letteri e sua equipe não podem esperar por trabalhar e têm pensado sobre em momentos de folga, talvez por anos.

MTV.com indicou Jeremy Irons para a voz. Eu gostaria de ver aprovada uma lei de que ninguém que tenha dado voz a um leão, dragão ou Cavaleiro Jedi seja até mesmo considerado para o papel. Isto elimina Irons por seu brilhante Scar em "O Rei Leão". Também elimina outras vozes que com certeza estariam entre as primeiras a serem lembradas como Sean Connery, Liam Neeson e James Earl Jones. Lamento, Smaug não deve soar como Darth Vader.

Na realidade há uma grande lista de atores interessantes que poderiam dar voz a uma dragão antigo e mal. O instinto inicial é escolher alguma voz profunda ou famosa e eu não acho que seja o caminho certo aqui. Andy Serkis foi escolhido para Gollum por seu talento, não porque ele tinha uma voz óbvia. O maior requisito é a capacidade de atuar transmitida para a voz. O som de "idade" ajuda também.

Há também uma grande quantidade de atores que ganham a vida dando voz a personagens de animação. Embora frequentemente ignorados e nunca vistos, são pessoas extremamente talentosas e eu faria audições com qualquer um que tenha a coragem de tentar.

Uma lista de sugestões interessantes em ordem alfabética: James Caan, George Clooney (esqueça o cara cool de "Oceans 11" e ouça os anúncios com o urso e seu trabalho no documentário “Sand and Sorrow”, este cara tem uma voz de primeira classe), Ossie Davis, Robert De Niro, Vin Diesel (lembre-se de “Saving Private Ryan” e ouça a narração de “Pitch Black”), Edward James Elmos, Morgan Freeman (talvez tenha a voz já famosa demais), Sir Anthony Hopkins (eu ainda posso ouvi-lo dizendo, “Hello Clarice”, uma ator transcendente), Dijmon Hounsou, Ben Kingsley, Paul Newman e Patrick Stewart. Se eu pusse eu faria um teste com Diesel, Freeman, Hopkins e Kingsley e estaria satisfeito com qualquer um dele. Qualquer voz teria efeitos especiais, mas antes que o pessoal do som começassem a trabalhar eu gostaria da melhor atuação possível para fazer de Smaug muito mais do que um monstro. Eu espero que o estúdio e ator escolhidos não estejam interessados nas pessoas vendo o filme e dizendo "Oh, não é tal ator?". A audiência deve estar apenas pensando um magnifício lagarto escamado. Eu acho que alguém da minha lista de audições seria capaz de transcender o reconhecimento da voz e transformá-la em uma atuação digna de um personagem que gerou milhares de imitações.

Mas se eu tivesse que escolher alguém agora, neste momento, seria ninguém menos do que Rodrigo Santoro. No caso do nome não te lembrar nada, e para a maioria não lembrará, ele é o ator brasileiro que interpretou Xerxes em "300". Sua voz no filme foi obviamente ampliada e modificada para seu papepl como semi-Deus mas ele soou impressionante. Seu sotaque até mesmo funcionaria em Smaug. Dê uma chance e ouça Xerxes com seus olhos fechados.
 

 

Anões

Eu poderia citar dúzias de possibilidades para interpretar os anões que atuam como prisioneiros ou reclaões durante O Hobbit. Mas a verdade é que, para mim, nenhum dos papéis demanda qualquer ator em específico. Muito de como estes papéis serão preenchidos dependerá de como forem escritos e Tolkien deixou pouca informação sobre este grupo, que poderia ajudar em um roteiro. Há trechos de diálogo, alguns maneirismos e comentários sobre idade, mas isto não será suficiente. Ter um grande número de personagens com nomes similares que não pareça uma mistura confusa na tela é o grande problem. Contudo, quando eu vejo Stephen Fry (blog), eu vejo um ator nascido para interpretar um Anão.

Tharanduil

Este é um papel bastante pequeno no livro mas com uma chance de ser ampliado no filme para dar ao conflito antes e durante a "batalha dos cinco exércitos" um pouco de peso emocional. O ator precisa projetar arrogância e ser crível como realeza Élfica. Maçãs do rosto altas ajudam também. Banidos aqui estão os astros do rock o que elimina qualquer Beatle sobrevivente, David Bowie, Bono ou qualquer outro do banco de músicos. Nós escolheremos atores, não músicos.

Jason Isaac seria uma boa escolha e tem sido comentado por toda a Web, mas ele pareceria muito com seu papel em Harry Potter, interpretando alguém orgulhoso e loiro (o pai Elfo de Legolas). O segundo melhor pacote de nome, rosto e talento que eu ouvi até agora: Joaquin Phoenix o qual eu sei que vai contar a convenção e, imagino, contra a opinião de uma porção de fãs. Este cara simplesmente pode atuar. Se alguém pudesse convencer Johnny Depp a participar em um papel menor, ele também se encaixaria muito bem. Donos de cinema correm risco de crises de desmaio se Depp e Orlando Bloom dividirem uma cena como pai e filho. Qualquer um selecionando um elenco para a Disney sabe o que acontece quando eles fazem esse par. Ralph Fiennes seria minha escolha hoje. Eu desejo fervorosamente que eu pudesse fazer isso acontecer.

Beorn
Se este papel for mantido no filme (e eu seguramente desejo isso) há vários nomes interessantes. Uma ator deverá ser capaz de ser tanto jovial quando amaeçador, feroz e leal. Brian Blessed é uma possibilidade interessante, um gigante (com apenas 1,80 m) ele é explosivo e tem porte de realeza.


Bilbo Bolseiro

Eu estou defendendo Martin Freeeman desde que ele me foi mencionado pela primeira vez por Deej e é um nome que vejo bastante por aí. Outra escolha interessante é Collin Firth, e Shia Lebeouf atualmente tem bastante poder de tração em Hollywood e pode passar por um Ian Holme mais jovem e de cabelo encaracolado. Ele é popular o suficiente de forma que será impopular em uma série de fóruns, mas levou nas costas um blockbuster movido a efeitos especiais ("Transformers", onde freqüentemente era o único em cena não gerado por computação gráfica) e definitivamente sabe atuar, é altamente profissional e motivado e não é difícil de se lidar. Eu concordo com uma porção de fãs, Martin Freeman simplesmente parece certo.

Será um jogo divertido de se jogar até que o elenco real seja lentamente anunciado e vaze pelo estúdio e plos espiões do TORn. Esta pré-produção é um tempo divertido para os fãs. Sinta-se livre para celebrar ou criticar minhas escolhas no fórum mas, acima de tudo, lembre-se de aproveitar a jornada! Depois da dupla de filme do Hobbit, pode levar um tempo até Hollywood brincar novamente na caixa de areia de Tolkien.