Cram

Cidade do Lago – J.R.R. Tolkien

Pão-de-viagem feito pelos Homens de Valle e Cidade do Lago. Cram era usada em longas viagens e era feita em forma de bolo compacto que tinha validade indefinida.

 
Para fazer cram usava-se farinha ou carne, leite e mel eram freqüentemente adicionados. Cram provia sustância, mas não era particularmente saboroso e era duro de mastigar.
 

Bilbo Bolseiro e os Anões receberam cram dos Homens da Cidade do Lago quando foram para a Montanha Solitária. Gimli inicialmente confundiu cram com a superior Lemba Élfica.

 

Nomes e Etimologia:

Cram é uma palavra élfica quem vem da raiz krab que significa “puxar”.

 

Fontes:

O Hobbit: “Fora de Casa”, “Tempestade à Vista”
 

A Sociedade do Anel: “Adeus a Lórien”

The History of Middle-earth, vol. V, The Lost Road and Other Writings: “The Etymologies,” The Annotated Hobbit by Douglas Anderson: “Not at Home,” p. 300 nota 4

Traduzido de: The Thain’s Book