Inferno na Terra-média

Dezessete
Oscar ganhos. Três bilhões de dólares em bilheterias no mundo todo.
Aclamação quase unânime da crítica. Sim, nós estamos falando da
trilogia O Senhor dos Anéis e do homem que a dirigiu, produziu
e foi co-autor do roteiro de todos os três filmes: Peter Jackson. Você
imaginaria que Hollywood estaria implorando para Jackson fazer O Hobbit.
Mas você estaria enganado. Em uma carta para os fãs enviada para o
TheOneRing.net em 19 de novembro, Jackson anunciou que a New Line
estava buscando outros diretores para o prequel de O SdA — e
desde então, a situação só tem ficado mais complicada. Aqui está nosso
esquema de como o filme mais esperado desde A Ameaça Fantasma encontrou obstáculos piores do que o malvado Saruman.

 
 
QUAL É O PROBLEMA?

Dinheiro. A Wingnut Films de Jackson instaurou um processo contra a New
Line em 2005, pedindo ao estúdio que torne pública toda a renda de A Sociedade do Anel,
incluindo as bilheterias internacionais, vendas de DVD e TV, e
merchandise como videogames e figuras articuladas. (É possível que a
quantia poderia girar em torno de dezenas de milhões.) E uma vez que
ele não está processando por uma soma específica, o estúdio poderia
dever para ele milhões. Ou nada. ''Nós gostaríamos de um corpo
independente – pode ser um juiz, um juri ou um mediador, para olhar os
processos," Jackson explicou em sua carta. ''Nós ficamos felizes em
aceitar qualquer que seja a opinião do juri.'' Uma fonte próxima ao de
Jackson alega que a New Line tem continuamente dificultado a auditoria.
Os executivos da New Line se recusaram a discutir o assunto, apenas
dizendo ''Nós estamos em um processo judicial com a Wingnut Films, que
não tem sido bem sucedido apesar da mediação formal, assim como através
de discussões diretas com a Wingnut, para resolver a questão." De
acordo com Jackson, o estúdio estaria inclinado a decidir, desde que o
diretor se comprometesse em filmar O Hobbit, que tem sido
imaginado como dois filmes. Mas para Jackson, os termos são "a pior
razão do mundo para concordar em fazer um filme." Enquanto isso, Saul
Zaentz, o produtor que comprou os direitos de O Hobbit e O Senhor dos Anéis
em 1976, sem dúvida está seguindo a disputa judicial com uma sensação
de déjà vu. Ele também processou o estúdio em 2004 por causa dos royalties,
o que foi resolvido em 2005. E em 2003, Viggo Mortensen encabeçou uma
tentativa de convencer a New Line oferecer compensação maior para parte
do elenco. O estúdio teria cedido relutantemente um bônus de quantia
não revelada.

POR QUE ISTO ESTÁ ACONTECENDO AGORA?

Tudo converge para quem tem os direitos de O Hobbit. Enquanto isso soa ridículo hoje em dia, por muitos anos os livros de SdA (e seus prequel)
estavam envoltos em dificuldades que se arrastavam por anos. Zaentz
tinha originalmente comprado em 1976 os direitos para transformar os
trabalhos de Tolkien em filmes da United Artists, agora uma subsidiária da MGM.now a subsidiary of MGM. (A MGM ainda possui o direito de distribuição de O Hobbit.)
Em 1997, Zaentz vendeu estes direitos para a Miramax, que passou a
propriedade para o diretor da New Line na época, um ano depois. (Ufa!)
Mas o estúdio parece estar correndo contra o tempo agora, porque
informantes especulam que o período para a New Line fazer O Hobbit
pode acabar em algum momento depois de 2008. O que pode explicar porque
o estúdio de repente está tão entusiasmado em se reunir com Gollum,
Gandalf e companhia.

POR QUE A NEW LINE DISPENSOU JACKSON?

Como Jackson contou aos fãs, ele não está interessado em discutir sobre O Hobbit
até que o processo judicial esteja resolvido. E com uma possível
aproximação do final do prazo, a New Line compreensivelmente não está
interessada em perder centenas de milhões de dólares em bilheteria e
lucros adicionais em potencial. Então, de acordo com as fontes, o
estúdio recentemente começou a "cortejar" outros diretores, incluindo o
diretor de Homem-Aranha, Sam Raimi. (Raimi não retornou ligações para
comentar sobre o assunto.)

HÁ AINDA ALGUMA CHANCE DE JACKSON DIRIGIR O HOBBIT?

Finalmente, algumas boas notícias. Sim, Jackson disse que ele agora está concentrado em The Lovely Bones,
que está para começar a ser filmado no próximo ano. Mas todo mundo,
desde as pessoas do TheOneRing até a estrela da trilogia, Ian McKellen,
estão publicamente fazendo lobby para que Jackson faça o filme. ''Eu
visitaria com entusiasmo a Terra-média com Peter novamente como líder
do grupo", McKellen escreveu em seu website. ''Eu espero que a New
Line, a MGM, e a Wingnut consigam resolver os problemas finaceiros.''
Há ainda a MGM, que pode ser a parte mais otimista de todas. ''Nós
apoiamos Peter Jackson como diretor, e quando a poeira baixar, nós
acreditamos que ele estará fazendo o filme'', disse um porta-voz do
estúdios. ''Nós não conseguimos imaginar qualquer outro resultado.'' É
seguro dizer que eles falam por milhões — um fato que sem dúvida
Jackson espera que seja difícil para a New Line ignorar.

 
(Texto original: Hell on Middle-earth, artigo de Vanessa Juarez e Missy Schwartz, publicado na Entertainment Weekly em 15/12/2006)