Sarumanismo e Sarumânico – Saruman vira adjetivo

midia.jpgSarumanismo e Sarumânico são expressões criadas por Reinaldo José Lopes, articulista do jornal Folha de São Paulo, para expressar o comportamento dos membros do COP-8 (8ª Reunião das Partes) da CBD (Convenção da Biodiversidade) da ONU que ocorreu em Curitiba neste final de mês de março.
 
Saruman, vira-casaca, em seu sonho mesquinho de dominação da Terra-Média, utiliza-se de todo o seu conhecimento de artifícios e transforma Isengar numa enorme forja de armas, de orcs e mais só Eru vai saber. Transforma-se em um tiranozinho de republiqueta sul-americana vindo, ao final, ser destronado por aqueles a quem nunca deu muita importância: os Ents.
Somente como informativo, independentemente da nossa opinião ser a favor ou contra as deliberações do COP-8 ou as do Sr. Lopes, transcrevemos o trecho do artigo onde as expressões aparecem.
 
A COP-8 marca o triunfo do sarumanismo dentro da CBD (Convenção sobre Diversidade Biológica). "Sarumanismo", claro, exige explicação, mas a metáfora vale a pena. Saruman é o nome do mago renegado do romance "O Senhor dos Anéis", que começou como proponente de uma utopia tecnológica e acabou como tirano fracassado. Não que os delegados da COP-8 tenham pessoalmente o desagradável hábito sarumânico de alimentar fornalhas com árvores inteiras, mas numa coisa muitos deles são iguais: o divórcio entre palavra e ação (neste caso, mais inação do que qualquer outra coisa) que dominou o evento.
 
Nota da Moderação: Pra quem não sabe, o Reinaldo José Lopes é nosso caro amigo Imrahil, membro da Equipe Valinor e um dos maiores entendidos de Tolkien no Brasil. =]
 
Fonte: Jornal Folha de São Paulo – Folha Ciência – 1 de abril de 2006rnTitulo: Convenção é um morto-vivo sem poder nem rumo.
{mos_vbridge_discuss}