1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sobre um livro de Haruki Murakami

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por imported_Lord_Ueifoul, 4 Ago 2009.

  1. A começar pelo título, este livro já exibe sua força: Kafka à beira-mar. Imaginar alguém sentado numa cadeira de praia, abrindo O Processo ou A Metamorfose para ler – a brisa do mar, o sol radiante, o ceú azul…(um quadro de Edward Hopper?) Tudo isso soa a um impropério a primeira vista. Certa vez, o escritor mexicano Carlos Fuentes disse que é impossível ler qualquer livro do escritor praguense à beira de uma piscina. O escritor japonês Haruki Murakami foi além e imaginou a cena frente ao oceano. Não podemos ver nisso uma espécie de provocação, de uma afirmação da literatura, como se toda a proibição sobre ela devesse imediatamente ser revertida em possibilidade (uma “segunda vista” sobre a questão)? Mas, talvez Murakami escreva a favor de Fuentes. Ou, pelo menos, em respeito a Kafka.

    Continue a ler aqui =) : http://blog.meiapalavra.com.br/2009/08/03/sobre-um-livro-de-haruki-murakami/
     

Compartilhar