1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Outros livros do Professor

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Lessandri, 13 Jan 2007.

  1. Lessandri

    Lessandri A última rainha de Luni

    Olá caros companheiros !
    Nao sei se já existe outro tópico sobre outros livros do professor que nao se relacionam à terra média, e por isso estou criando este!
    Em uam viageem à casa de uma prima minha encontrei, por acaso, um livro do Professor chamado Egidio el Granjero de Ham ( a traduçao é: Egidio o fazendeiro de Ham)
    É um livro infantil , mas chama a atebnçao pois percebe-se certas caracteristicas tb presentes nos livro sobre a TM
    Gostaria de saber se mais alguem o conhece!
    Serë
     
  2. Olórin

    Olórin ai que uó

    Aqui no Brasil o livro se chama Mestre Gil de Ham.
    Foi publicado pela Martins Fontes, assim como o Roverandom.
     
  3. Ulmo- o grande

    Ulmo- o grande Não quero + passear com esse

    Alias, ambos sao bem infantis mesmo...Nao sei onde, mas eu li em algum lugar que J.R.R. fez esse pro filho quando ele era pequeno...Inclusive, o Roverandom tem como personagem o proprio filho do Professor...
     
  4. Kryshnack

    Kryshnack I am more I


    O filho do Professor perdeu seu cachorro de algum modo e ficou muito triste. Tolkien, então, decidiu criar uma história sobre um cachorro e, cujo personagem principal era seu filho (fez isso para animá-lo).
     
  5. Sano

    Sano Porque né

    Mas o professor deu a entender que era um cachorrinho de brinquedo, não um cachorro real.

    P.S.: Lessandri, tá de volta no fórum também é?:abraco::joy:
     
  6. Ulmo- o grande

    Ulmo- o grande Não quero + passear com esse

    O cachorro que o filho dele perdeu era de brinquedo, e foi perdido na praia...
    Curioso não??
     
  7. Olórin

    Olórin ai que uó

    Tolkien escreveu uma série de livros infantis, além dos livros sobre a TM e algumas traduções e etc.
    Aliás, O Hobbit é a junção dessas duas lnhas de escrita do Tolkien, a infantil e sobre a TM.
     
  8. Kryshnack

    Kryshnack I am more I



    Não sabia que O Hobbit tinha uma temática infantil. Mesmo após lê-lo, não achei infantil, achei parecido com Senhor dos Anéis:roll:
     
  9. Deriel

    Deriel Administrador

    Mas ele é infantil. Só que o infantil de hoje é bobo e o que era infantil antes agora é infanto-juvenil (ou mais). É a decadência, a decadência.
     
  10. Kryshnack

    Kryshnack I am more I


    Mas Senhor dos Anéis também é considerado infanto-juvenil. Mas foi dito anteriormente que O Hobbit era mais infantil do que SdA. Na época em que foi escrito, SdA também foi considerado infantil, que nem O Hobbit?:uhum:
     
    Última edição: 2 Fev 2007
  11. LatinoAmericano

    LatinoAmericano Aqui jaz Alcarecco

    Não sei sobre esta classificação do SdA quanto a infantil, mas falando sobre os outros livros de Tolkien eu já ouvi sobre "As Aventuras de Tom Bombadil", foi um livro que ele escreveu antes do SdA, parece ser bem interessante, alguém aí já leu?
     
  12. Thor_theOld

    Thor_theOld Banned

    Ué, mas então se ele éra considerado "infantil", e "o que era infantil antes é agora infanto-juvenil", então ele não é infantil, mas sim infanto-juvenil. (E eu não vejo porque "decadência", se a expressão "infanto-juvenil" é muito mais adequada do que a expressão "infantil"... (Penso que na época, pelo contrário, este "infantil" éra uma forma dos críticos literários de então tentarem depreciar a(s) obra(s) de Tolkien, pois todos sabem que havía por parte da crítica um desgosto em relação ao sucesso de Tolkien com seus livros, em especial o SdA...).

    Obs: e apesar destes impecilhos, os livros fizeram sucesso, demonstrando assim inegavelmente sua grande qualidade... :cool:

    Bom, na época infelizmente sim, a critica literária retrógrada daquela época ficava indignada por os livros de um professor universitário se tornarem best-sellers, eles preferíam que apenas os escritores mais "tradicionais", e famosos, "continuassem na lista dos mais vendidos", etc... me atrevo a imaginar se não havía algo mais por detrás disto... :think: Bem... Quem sabe... (subornos aos críticos para uma "campanha anti-tolkeniana", ou algo assim... mas que instinto paranóico de "teoría da conspiração" de minha parte, não acham?)... :mrgreen:

    Obs: ótima questão que voce trouxe ao debate, Krishnack.

    Interessante... eu ja ouvi algo a respeito, mas não lembro bem o que...
    se me permitir vou acrescentar mais uma pergunta a sua:
    ele faría parte dos Contos Inacabados, ou sería um livro
    "separado"?...
     
    Última edição: 9 Fev 2007
  13. Shantideva

    Shantideva Adoro elfos ruivos!

    Lobo Nobre, quando quiser complementar um comentário feito anteriormente, use o botão EDITAR. Ok? ;) Posts de um mesmo usuário repetidas vezes torna a leitura confusa.
     
  14. Thor_theOld

    Thor_theOld Banned

    Certamente, Shantideva, e eu agradeço muito pela explicação... na verdade não sou muito experiente ainda em fóruns, mas estou aprendendo... Entretanto, agradeço por organizar de uma forma comprensível as citações de meus posts, e peço desculpas pelo transtorno, obrigado... :D
     
  15. Loreley

    Loreley Desecration Smile

    Eu também acredito que que o termo "infantil" foi utilizado, na época, como modo de depreciação da crítica literária (estou me referindo ao SdA)
    Mas quanto à temática infantil, aí cabe analisar, porque muitas vezes a intenção de Tolkien pode ter sido de escrever algo infantil, mas quando um tema se torna bem desenvolvido com 'sub-temáticas' mais complexas ou estimulantes, acabe interessando um número mais abrangente de leitores. Acontece com livros ditos 'infantis'.
     
  16. Thor_theOld

    Thor_theOld Banned

    Concordo plenamente com sua afirmação,pois o Hobbit surgiu de fato da idéia do Tolkien de escrever uma história para seus filhos, (crianças), porém talvez ao perceber que estava ficando bom, ele pode ter aumentado a dose de realidade...
     
  17. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    Obrigado pelo elogio Lobo Nobre:abraco: Também concordo sobre o que você falou sobre SdA e do Tolkien:cool: Vou dizer mais uma vez: você está indo muito bem!:yep: Continue assim!:roll:
     
  18. LatinoAmericano

    LatinoAmericano Aqui jaz Alcarecco

    Bem eu não tenho certeza, mas acho que As Aventuras de Tom Bombadil é uma obra separada das demais de Tolkien, parece que foi um dos primeiros livros dele, ele escreveu antes do Silmarillion, do Hobbit e do Senhro dos Anéis.
    Vou pesquisar pra ver se encontro algo mais sobre este livro.
     
  19. Kryshnack

    Kryshnack I am more I

    Acabei de lembrar de algo importante. Tanto Senhor dos Anéis, Crônicas de Nárnia, O Hobbit, Alice no país das maravilhas, Roverandon foram considerados infantis quando foram escritos. Só que tanto SdA quanto O Hobbit "mudaram de classificação". A pergunta é: porque os outros não mudaram também??? A única resposta que consigo encontrar para essa indagação é que os livros que mudaram não eram infantis, mas o que não mudaram eram infantis e são considerados como tal até hoje.
     
  20. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    O Senhor dos Anéis nunca foi considerado um livro infantil, muito pelo contrário - a constante referencia a mortes sangrentas e outros temas relacionados com o oculto levaram a que o livro fosse considerado por algumas entidades extremistas como satânico e pouco adequado para crianças. Mesmo os que tinham pensamentos mais racionais inseriam o livro numa faixa etária, no mínimo, para jovens, embora fosse visível para muitos que a obra continha temas mais adequados a compreensão por parte de adultos.

    O Hobbit é diferente de O Senhor dos Anéis, sendo mesmo infantil (ou, se preferir, infanto-juvenil), pois foi com essa intenção que Tolkien o escreveu, reflectindo-se o mesmo no tipo de escrita do livro, claramente mais infantilizado, que o de O Senhor dos Anéis. (Não são poucos os que lêem O Hobbit e depois protestam que O Senhor dos Anéis é muito difícil de se ler.)

    Crónicas de Narnia é claramente infantil, ninguém tem dúvidas quanto a isso; já Alice no País das Maravilhas, que você referiu, é um caso muito diferente - o livro pode parecer escrito para crianças, mas é uma obra profunda e que lida com temas complexos, uma metáfora a situações que só gente mais crescida pode compreender.
     
    Última edição: 18 Fev 2007

Compartilhar