• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Lançamentos 2019

Giuseppe

Eternamente Humano
Quem é o autor dessa saga? Do que se trata?
A autora é Lian Hearn, pseudônimo de Gillian Rubinstein. A história se passa numa terra fictícia equivalente ao Japão feudal (os nomes e a cultura são japoneses). Trata-se de um adolescente de dezesseis anos que acidentalmente se encontra envolvido numa intriga entre clãs rivais. Ele descobre que tem habilidades extraordinárias: uma audição extremamente aguçada, a capacidade de estar em dois lugares ao mesmo tempo e a habilidade de se tornar invisível. Os capítulos se alternam entre primeira pessoa e terceira pessoa. Os livros não são muito longos (o primeiro livro tem umas 320 páginas). Originalmente era uma trilogia, mas a autora depois escreveu um sequel e um prequel. Estou lendo o volume 1 da trilogia da Saga Otori que se chama O Piso-Rouxinol.
** Posts duplicados combinados **
Quem é o autor dessa saga? Do que se trata?
A autora é Lian Hearn, pseudônimo de Gillian Rubinstein. A história se passa numa terra fictícia equivalente ao Japão feudal (os nomes e a cultura são japoneses). Trata-se de um adolescente de dezesseis anos que acidentalmente se encontra envolvido numa intriga entre clãs rivais. Ele descobre que tem habilidades extraordinárias: uma audição extremamente aguçada, a capacidade de estar em dois lugares ao mesmo tempo e a habilidade de se tornar invisível. Os capítulos se alternam entre primeira pessoa e terceira pessoa. Os livros não são muito longos (o primeiro livro tem umas 320 páginas). Originalmente era uma trilogia, mas a autora depois escreveu um sequel e um prequel. Estou lendo o volume 1 da trilogia da Saga Otori que se chama O Piso-Rouxinol.
 

Béla van Tesma

Blood-sucker
Só avisando a todos que esta semana figurou entre os lançamentos da Companhia nada menos que mais uma tradução de As Flores do Mal, em edição bilíngue. :grinlove:

Do blog:

Grafado pelo autor originalmente com letra maiúscula, o "Mal" de Baudelaire é um conceito, uma percepção que perpassa a sua obra e expõe o caráter humano. Livro inovador, que nas palavras de Marcel Raymond e Paul Valéry funda uma espécie de "movimento poético contemporâneo", As flores do mal foi responsável por uma escandalosa transformação da literatura mundial ao misturar estilos elevados e populares, influenciando escritores como André Gide, Marcel Proust, James Joyce, Thomas Mann, entre outros.
A primeira edição, publicada em 1857, quando Baudelaire tinha 36 anos, logo se torna objeto de um processo judicial que culmina na proibição de seis poemas. A segunda edição, de 1861, suprime os poemas censurados e inclui outros 35. O poeta -- também tradutor de Edgar Allan Poe e crítico de arte -- foi alvo de discórdia também nos círculos literários. Conhecido por encarar a vida com uma paixão enfastiada, Baudelaire transformou o universo a sua volta em uma poesia forte, visceral e por vezes perniciosa.
Este volume bilíngue reúne toda a poesia de Baudelaire: As flores do mal tal como publicado em 1861 e os poemas acrescidos à edição póstuma de 1868, em uma edição especial que demonstra toda a potência de um autor ainda hoje "maldito".


Não mencionam nenhum estudo introdutório, mas espero que tenha esse "plus a mais" rs.
 

Spartaco

250 anos do nascimento
Nova edição de uma das obras mais fundamentais da literatura russa, A Mãe, novela que faz de Górki o romancista de uma nova era, vislumbrada a partir de sua própria experiência. Além da apresentação de Marques Rebelo, esta edição conta com prefácio inédito do escritor e professor com pós-doutorado em literatura russa Flávio Ricardo Vassoler.

 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo