1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Editora Brasiliense

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Ronzi, 13 Fev 2008.

  1. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Essa é uma das pulgas atrás da minha orelha.

    A Brasiliense foi fundada pelo famoso historiador Caio Prado Júnior em 1943, que tinha au seu lado na época ninguém mais, ninguém mesnos que Monteiro Lobato.

    As décadas de 60, 70 e 80 foram o seu auge como uma das editoras de vanguarda nacionais, publicando entre outros nomes William S. Burroughs, Caio F., Kafka, Leminski, Sergio Buarque de Holanda, etc., senq]do que várias edições dela são consideradas clássicos e vendidas a preço de ouro nos sebos aqui em SP.

    Então, de repente, ela quase faliu e hoje publica apenas coisas furrecas como seu novo lançamento que pode ser conferido aqui: http://www.editorabrasiliense.com.br/

    Alguém sabe o por quê essa editora foi para o buraco?
     
  2. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    O porque aconteceu não sei, mas não fala mal não Ronzi! A coleção primeiros passos foi muito útil nos primeiros anos de faculdade!!!!

    Até hoje tenho "O que é semiótica?" guardo do lado esquerdo do peito! :)
     
  3. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    [align=justify]A Coleção Primeiros Passos é uma mão na roda tanto para quem está na faculdade quanto para quem está no colégio. Os livros dessa coleção apresentam uma discussão interessante e sucinta sem ser por demais superficial, indicando ainda bibliografias mais específicas e profundas sobre os assuntos, além de dialogar constantemente com os estudiosos clássicos dos temas abordados.

    Além dessa, destaco ainda a Coleção Tudo é História, que também apresenta uma estrutura mais simplificada sem ser muito breve, e que ajuda a discutir História não somente do ponto de vista dos eventos e processos, mas também a partir da historiografia produzida sobre o tema. As indicações de leitura são muito boas também. Recomendo![/align]
     

Compartilhar