1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O que você mais aprecia num livro?

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por ruims, 7 Ago 2010.

  1. ruims

    ruims "Mais uma cerveja!" diz o

    Pois é, cada um tem sua maneira de ver as coisas.

    Eu, por exemplo, gosto que um livro tenha alguma dificuldade e que me obrigue a lê-lo com atenção (Homero, Tolkien, Shakespeare, etc.)
    Não gosto de livros fáceis que, no meu entender, apenas visam a parte comercial.
    Todavia, livros complexos e cheios de labirintos mentais, dispenso totalmente. Um livro tem de ser "entendível" e não um quebra-cabeças.

    Não leio romances, livros de terror e há muito tempo que deixei de ler livros de ficção cientifica. Espero também que passe depressa essa onda de livros sobre vampiros, lobos e anjos.

    Mas, acima de tudo, detesto livros de auto-ajuda.

    E vocês, que apreciam mais num livro?
     
  2. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    Eu gosto das histórias.

    Não ligo se o livro é fácil com Harry Potter ou Percy Jackson ou difícil como Ilíada. Se tiver uma história que me envolva. Tanto que mesmo não considero a JK Rowling uma grande escritora, mas eu adoro a história de Harry Potter então eu li e reli.

    Claro que tem dia que eu estou mais para espadas cortando a cabeça de orcs ou bruxos lutando contra Napoleão, e tem dias que eu prefiro os pedidos de casamento toscos do Mr Darcy outros eu prefiro as linguagem a a insanidade nadsat.

    Tem dia e e humor para tudo. Até para livros de vampiro, contanto que eles NÃO brilhem no sol e que sejam maus, bem maus.

    Amo fantasia e ficção científica e detesto auto-ajuda e Paulo Coelho.
     
  3. XxPainxX

    XxPainxX Usuário

    Um bom livro como dito acima tem que ter uma boa historia e uma boa descrição do cenario onde ocorrem os fatos narrados, mas, sem futilidades e redundancias.
    Gosto de aventura e terror, como os amigos acima nada de "vampirinhos purpurina".
    Gosto principalmente de classicos como os meus favoritos O conde de monte cristo, a serie do anel, 20000 leguas submarinas e a coleção do sherlock holmes esses fazem parte da minha coleção que não empresto de sob ameaças rsrsrs.
     
  4. Faramond

    Faramond Usuário

    como dito acima por XxPainxX uma boa historia,uma boa descrição(mas sucinta e nada de analise psicologica) dos personagens,dos cenarios,eventos q venham ocorrer.
    Gosto do estilo de narrar de Tolkien,Geoffrey Trease,Voltaire,Verne,Dino Buzzati.
    Não gosto de livros q tenham muita giria,e romances melosos
     
  5. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Bem, eu aprecio o conteúdo, se é bom e desperta interesse, se o livro é feito em material resistente, bem impresso, com uma boa revisão, etc... Dependendo do material apresentado, as imagens são importantes para complementar o trabalho. Elas devem ser bem escolhidas para não serem apenas um chamariz, mas que tragam também valor prático do texto.

    Agora, algo essencial que avalio é que o livro seja bem escrito.

    Por vezes acontece de o escritor ser uma autoridade no assunto e excelente profissional mas ao pegá-lo para ler descobrimos que é péssima leitura e apresenta tudo de forma confusa e vaga sem conseguir passar o conteúdo, enrolando, omitindo os macetes principais do trabalho impedindo que se faça uso prático do conhecimento que apresentam. São livros que pretendem ensinar sem que o autor tenha se preocupado antes em pesquisar a ciência de ensinar.

    Nesses casos o autor freqüentemente presume que o leitor conseguirá realizar os "saltos" de raciocíonio que ele realizou na hora de escrever e escreve de forma desconexa e obscura. Ficam mais parecidos com textos de alquimia da idade média que com literatura contemporânea.

    :lol: Alguns livros são má leitura por interagirem mal com o leitor. Acabam virando um artefato malicioso e pouco confiável se não houver a interpretação correta daquilo que possuem.
     
  6. O conteúdo, a história, deve ser muito intrigante e prender minha atenção para que eu o considere um bom livro. Não me interessa se a leitura é fácil ou difícil, sempre que pego um livro, dou uma lida na sinopse pra ver se gostei da história que vai ser contada.

    Isso aconteceu com O Nome da Rosa e o Menino do Pijama Listrado. O primeiro é uma leitura beeem pesada, cansa! O segundo, é uma leitura bem corrida e leve. Mas ambos possuem boas histórias que te prendem de maneira que o faça querer terminar logo a leitura, por mais difícil que seja.
     

Compartilhar