• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

O que você mais aprecia num livro?

ruims

"Mais uma cerveja!" diz o
Pois é, cada um tem sua maneira de ver as coisas.

Eu, por exemplo, gosto que um livro tenha alguma dificuldade e que me obrigue a lê-lo com atenção (Homero, Tolkien, Shakespeare, etc.)
Não gosto de livros fáceis que, no meu entender, apenas visam a parte comercial.
Todavia, livros complexos e cheios de labirintos mentais, dispenso totalmente. Um livro tem de ser "entendível" e não um quebra-cabeças.

Não leio romances, livros de terror e há muito tempo que deixei de ler livros de ficção cientifica. Espero também que passe depressa essa onda de livros sobre vampiros, lobos e anjos.

Mas, acima de tudo, detesto livros de auto-ajuda.

E vocês, que apreciam mais num livro?
 

Fernanda

Andarilho de Eriador e
Eu gosto das histórias.

Não ligo se o livro é fácil com Harry Potter ou Percy Jackson ou difícil como Ilíada. Se tiver uma história que me envolva. Tanto que mesmo não considero a JK Rowling uma grande escritora, mas eu adoro a história de Harry Potter então eu li e reli.

Claro que tem dia que eu estou mais para espadas cortando a cabeça de orcs ou bruxos lutando contra Napoleão, e tem dias que eu prefiro os pedidos de casamento toscos do Mr Darcy outros eu prefiro as linguagem a a insanidade nadsat.

Tem dia e e humor para tudo. Até para livros de vampiro, contanto que eles NÃO brilhem no sol e que sejam maus, bem maus.

Amo fantasia e ficção científica e detesto auto-ajuda e Paulo Coelho.
 

XxPainxX

Usuário
Um bom livro como dito acima tem que ter uma boa historia e uma boa descrição do cenario onde ocorrem os fatos narrados, mas, sem futilidades e redundancias.
Gosto de aventura e terror, como os amigos acima nada de "vampirinhos purpurina".
Gosto principalmente de classicos como os meus favoritos O conde de monte cristo, a serie do anel, 20000 leguas submarinas e a coleção do sherlock holmes esses fazem parte da minha coleção que não empresto de sob ameaças rsrsrs.
 

Faramond

Usuário
como dito acima por XxPainxX uma boa historia,uma boa descrição(mas sucinta e nada de analise psicologica) dos personagens,dos cenarios,eventos q venham ocorrer.
Gosto do estilo de narrar de Tolkien,Geoffrey Trease,Voltaire,Verne,Dino Buzzati.
Não gosto de livros q tenham muita giria,e romances melosos
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Bem, eu aprecio o conteúdo, se é bom e desperta interesse, se o livro é feito em material resistente, bem impresso, com uma boa revisão, etc... Dependendo do material apresentado, as imagens são importantes para complementar o trabalho. Elas devem ser bem escolhidas para não serem apenas um chamariz, mas que tragam também valor prático do texto.

Agora, algo essencial que avalio é que o livro seja bem escrito.

Por vezes acontece de o escritor ser uma autoridade no assunto e excelente profissional mas ao pegá-lo para ler descobrimos que é péssima leitura e apresenta tudo de forma confusa e vaga sem conseguir passar o conteúdo, enrolando, omitindo os macetes principais do trabalho impedindo que se faça uso prático do conhecimento que apresentam. São livros que pretendem ensinar sem que o autor tenha se preocupado antes em pesquisar a ciência de ensinar.

Nesses casos o autor freqüentemente presume que o leitor conseguirá realizar os "saltos" de raciocíonio que ele realizou na hora de escrever e escreve de forma desconexa e obscura. Ficam mais parecidos com textos de alquimia da idade média que com literatura contemporânea.

:lol: Alguns livros são má leitura por interagirem mal com o leitor. Acabam virando um artefato malicioso e pouco confiável se não houver a interpretação correta daquilo que possuem.
 
O conteúdo, a história, deve ser muito intrigante e prender minha atenção para que eu o considere um bom livro. Não me interessa se a leitura é fácil ou difícil, sempre que pego um livro, dou uma lida na sinopse pra ver se gostei da história que vai ser contada.

Isso aconteceu com O Nome da Rosa e o Menino do Pijama Listrado. O primeiro é uma leitura beeem pesada, cansa! O segundo, é uma leitura bem corrida e leve. Mas ambos possuem boas histórias que te prendem de maneira que o faça querer terminar logo a leitura, por mais difícil que seja.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Pra mim um conteúdo que desperte e prenda a minha atenção logo no início em até no máximo 20% do total de páginas dele, ou seja 1/5 do total. Se o livro não me conquistar nesse primeiro quinto inicial, na imensa maioria das vezes desisto de seguir em frente.
 

Giuseppe

Eternamente humano.
Personagens. Às vezes a história do livro nem é assim algo que chame a atenção mas os personagens são tudo, então gosto muito de histórias que são character driven, e se for um livro fácil de ler é melhor ainda (apesar de eu também eventualmente me aventurar em leituras densas).
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Dentro da questão do conteúdo, eu acho importante que a história siga uma sequência coerente, com começo, meio e fim, sem ficar dando muitas voltas no mesmo lugar, fora que conteúdo sem pé e sem cabeça é duro de aturar.
 

Molly Bloom

Usuário
curto, principalmente, quando o escritor explora a psicologia das personagens e questões filosóficas e existenciais (como em a morte de ivan ilitch), bem como a linguagem. quanto mais opaca a linguagem, mais me agrada - aí entram autores como Borges, Rosa e Mia Couto. personagens com obsessões também me prendem, como é o caso de voragem, do Junichiro Tanizaki.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.470,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo