• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Cinco Livros Favoritos com Darkness

Melian

Período composto por insubordinação.
Como a moça Darkness começou o texto falando sobre não incluir coisas "água com açúcar", nem vou perguntar se ela teria um minutinho para ouvir a palavra de Virgin River. Foco, Melian, foco! Ok, falemos sobre a lista. Não é querendo puxar sardinha, não, mas para botar O Mundo Perdido na lista, tinha de ser minha filha, mesmo, né? É bom demais da conta o fato de, a cada nova lista, a gente ainda se surpreender. Sempre que vocês abrem o baú de livros favoritos, é como se abrissem uma janela para que pudéssemos vislumbrar um cadinho mais da pessoa que são. Obrigada, Darkness, por permitir que conheçamos o seu gosto literário e, por conseguinte, que possamos te conhecer um pouco mais.

Darkness disse:
Oi, tudo bem?
Essa lista foi extremamente trabalhosa, foi difícil não incluir romances teen bem "água com açúcar", que, cá entre nós, estão no topo da lista de gêneros que gosto de ler... Hahaha

Como eu disse, eu tenho apenas um livro favorito. Os demais foram escolhidos pelo impacto que a leitura me causou, ou pelo quanto fui levada a questionar a obra e, também, aquilo me cerca. Eu sei que um livro é especial para mim quando ele se torna uma leitura recorrente e, ainda assim, me faz sair da zona de conforto, e me leva a analisar as coisas e buscar respostas fora do padrão, independentemente de qual seja a pergunta...


1. Tropas Estelares (Robert A. Heinlein)

1623715588382.png
Eu acho que surpreende zero pessoas que esse seja meu favorito. Afinal, panfletei, muito, esse livro por aí, mas o lance é que, com ele, tudo é extremo. Então, para apreciá-lo, eu precisei ignorar um pouco todo o lance militar e focar nos detalhes. Foi com essa leitura que aprendi que a vida não se trata de grandes feitos, mas, sim, de fazer a sua parte direito, com zelo, e sem reclamar. Aprendi que, de fato, um único segundo muda tudo, inclusive aquilo que planejamos e onde acreditamos ter previsto todas as possíveis variáveis!

2. O Mundo Perdido (Michael Crichton)

1623716092832.png
“A vida encontra um meio” ficou gravado na minha memória de uma forma tão intensa, que quase virou um mantra! Eu gosto muito mais do segundo livro, das possibilidades que ele traz. Embora seja algo mais voltado para o terror (afinal, temos pessoas em uma ilha, arriscando ser mortas por criaturas que deveriam estar extintas), eu prefiro ver algo de positivo nas páginas, e imaginar tudo o que a vida é capaz de fazer, apesar da frequente interferência humana...

3. Sangue e Chocolate (Annette Curtis Klause)

1623718705539.png
Pra mim, a beleza desse livro está na forma com que, ao longo dele, acompanhamos o desenvolvimento da Vivian. É interessante notar aquilo que foi necessário acontecer para que ela pudesse entender que pessoas que nos aceitam, nos acolhem, nos apreciam, quase sempre estão a nossa volta; e que nem toda oferta que vem acompanhada de um sorriso é, realmente, algo positivo.

4. Amy e Isabelle (Elizabeth Strout)

1623719258834.png
Sou vidrada neste livro desde sempre. Nem sei quantas vezes já o li. Honestamente, não sei o que enxerguei nele; talvez, o dilema seja a grande questão. Quando o li pela primeira vez, achei tudo muito aceitável e, ainda hoje, mesmo reconhecendo quão tóxicas são as relações retratadas nele, eu ainda gosto de interpretar as nuances e imaginar como as coisas poderiam ter sido diferentes, se é que realmente poderiam.

5. Anjo: a Face do Mal (Nelson Magrini)

1623719583159.png
Neste livro, sinto-me em casa. Tem algo de mistério que eu gosto, e uma outra abordagem do controverso Lúcifer. Livros com essa temática me agradam, muito; e foi difícil me limitar a apenas um nessa lista! Mas minha experiência com este título, especificamente, me mostrou que, em certos casos, o ponto de vista é o grande “x” da questão!

Darkness disse:
Para alguém com o nickname Darkness, minha lista não é nada dark! kkkkk

🤔

As menções honrosas estão aqui pelo impacto que provocaram, pela forma como me mudaram, e claro, pelas boas memórias associadas!

Sonhos D’ouro (José de Alencar): Uma leitura obrigatória, que, basicamente, me conquistou, além de estar associada as últimas memórias colegiais. Não é o melhor livro do autor, mas me agrada.

O Toque de Midas (Colleen Mccullough): Eu li esse livro na adolescência e, ainda hoje, me pego refletindo sobre os acontecimentos. A identificação com a personagem principal foi muito forte, e o enredo é simplesmente envolvente. Nem tenho palavras para descrever esse livro!

O Futuro da Humanidade: A saga de Marco Polo (Augusto Cury): Esse livro foi uma grata surpresa. Graças a um dia em que Harry Potter não estava disponível na biblioteca, acabei emprestando ele (lá na época em que cursar Medicina era a mais forte entre as minhas opções!), e, realmente, o livro não desapontou! Além de tudo o que eu amo em um livro, fiquei por anos inquieta com as realidades nele retratadas. À época, esse livro me propiciou uma quebra de padrões; ajudou-me a romper a bolha!

Aniquilação (Jeff VanderMeer): Esse livro, por pouco, não entrou na “lista oficial”. Ler essa obra foi uma das minhas melhores decisões; a ficção investigativa sempre me fascinou e, como esse livro tem essa vibe, foi sucesso! Confesso que desenvolvi um certo apego pela bióloga, e desejava ter visto um pouco mais dela! Esse é o melhor livro da série. Foi estranho me deparar com o final "em aberto", que, graças a Tropas Estelares, já não era uma novidade. Porém, quando paro para pensar, percebo que esse é exatamente o ponto de sustentação do livro: forçar-nos a pensar e aceitar que nem tudo precisa ter uma resposta definitiva. Foi meu primeiro livro do gênero; e foi bom o suficiente para me fazer gostar e querer ler mais coisas do tipo.

P.S.: Acho que não sou boa em textinhos, sinto que revelo o livro todo! kkkk
 

Zirak-tarâg

Moleculista
Sobre livros teens água com açúcar: eu adorei The Rise of Kyoshi/The Shadow of Kyoshi, do F. C. Yee.

Não li nenhum da lista. :/
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
É uma lista que não li nenhum dos livros, mas alguns deles vi os filmes adaptados.

Então espero um dia ler pra ter outra sensação e certamente começaria por O Mundo Perdido.
 

Erendis

Master Pretender
Usuário Premium
Eu também não li nenhum dos livros, tinha ouvido falar do Tropas Estelares, mas como ficção em si não é um dos meus gêneros favoritos, nunca li. O Aniquilação eu já ouvi falar e não sei se o filme é uma adaptação do livro, se for, o livro deve ser bacana, mas realmente nesse tópico aqui vou ter que fazer a Gloria Pires.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
mas realmente nesse tópico aqui vou ter que fazer a Gloria Pires.
Você teria um minutinho para ouvir a palavra da série Virgin River? Uma das coisas mais fofas do mundo, e tem na Netflix. 🤗

P.S.: Tô pensando em criar um tópico para a série, mas vou ficar lá falando sozinha, como faço no tópico de Lúcifer.
 

Erendis

Master Pretender
Usuário Premium
Você teria um minutinho para ouvir a palavra da série Virgin River? Uma das coisas mais fofas do mundo, e tem na Netflix. 🤗

P.S.: Tô pensando em criar um tópico para a série, mas vou ficar lá falando sozinha, como faço no tópico de Lúcifer.
Assisti a primeira temporada e mais da metade da segunda, depois me deu preguiça e não assisti mais, mas ainda tenho a intenção de continuar, em algum momento.
Mas, no momento, eu estou em Downton Abbey pós primeira guerra mundial, de novo.
 

Béla van Tesma

I’m hoping to do some good in the world!
Estou como todo mundo aqui, só fazendo a Gloria Pires. :dente:
Mas quero ler os dois primeiros. O "Tropas Estelares", do Heinlein, é um classicão de sci-fi, néam, e inspirou aquele filme que também já é clássico :rofl: Provável que eu adquira e leia essa edição mesma da Aleph.

Já "O Mundo Perdido" vai depender da minha experiência com o "Jurassic Park" antes, cujo interesse em ler eu comentei há pouco com a @Melian... :think: De novo, acho que vou de Aleph. Até porque saiu esta edição bonitona né? (Toscamente bela rs... :grinlove:)
91VmJjc0BGL (1).jpg

Legal que aí a frase mencionada pela Darkness foi adaptada pra soar como uma gíria quase. :think:

Quanto aos demais... Sei não. Só digo que "Amy & Isabelle" tem muita cara de algo que a @Ana Lovejoy leria... :dente:
É uma lista que parece focar nessa tríade: sci-fi, fantasia, terror.
Também não li nenhuma menção honrosa. Então minha compatibilidade com a menina Darkness é "muito baixa", como diria o Lastfm. ¯\_(ツ)_/¯
 

Giuseppe

Introvertido olhando a chuva
Escolhas interessantes! Não li nenhum da lista, o mais próximo que cheguei de algumas dessas obras foi vendo filmes.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Já "O Mundo Perdido" vai depender da minha experiência com o "Jurassic Park" antes, cujo interesse em ler eu comentei há pouco com a @Melian... :think: De novo, acho que vou de Aleph. Até porque saiu esta edição bonitona né? (Toscamente bela rs... :grinlove:)
Sim, dia desses, a gente tava comentando sobre você ler Jurassic Park. :yep:

Não tenho O Mundo Perdido, (acho que li uma edição da Rocco, há muito tempo) mas minha edição de Jurassic Park é esta lindona, aqui:

1623769110621.png

"O que eu quero propor é que os animais complexos são extintos não devido a uma mudança na sua capacidade física de adaptação ao meio ambiente, mas por causa do seu comportamento. Minha suposição é que a moderna teoria do caos, ou dinâmica não-linear, nos dá pistas muito interessantes de como isso acontece. Essa teoria afirma que o comportamento dos animais complexos pode mudar com grande rapidez e nem sempre para melhor. Afirma que o comportamento pode deixar de responder ao meio ambiente, levando ao declínio e à morte. Afirma que os animais podem parar de se adaptar. Foi isso o que aconteceu com os dinossauros? É essa a verdadeira causa do seu desaparecimento? Talvez jamais saibamos. Mas não é por acaso que os seres humanos estão tão interessados na extinção dos dinossauros. O declínio dos dinossauros permitiu o desenvolvimento e crescimento dos mamíferos — incluindo nós. E isso nos leva a indagar se o desaparecimento dos dinossauros vai se repetir, mais cedo ou mais tarde, com a espécie humana. Em nível mais profundo, a falha não estaria no destino — um meteoro caído do céu — mas no nosso comportamento. No momento não temos resposta."

Sim, quando li O Mundo Perdido, copiei, num bloquinho de notas, algumas citações. É o meu jeitinho.:timido:
 

Erendis

Master Pretender
Usuário Premium
Tá, calma lá: como que eu não sabia que existe um livro do Jurassic Park???
É um livro adaptado do filme ou o filme foi adaptado desse livro?
E esse Mundo Perdido aí, é uma continuação? Tipo o filme do Jurassic Park - Mundo Perdido?
[Extremamente off topic] Sabia que esse é um dos primeiros filmes que eu fui assistir no cinema e que depois que eu assisti, fiquei uma semana sem dormir, extremamente preocupada que os cientistas, de fato, pudessem trazer dinossauros de volta à vida? Eu tinha 9 anos e uma imaginação muito, MUITO, fértil.
 

Béla van Tesma

I’m hoping to do some good in the world!
O primeiro livro veio em 1990. Spielberg adaptou para o cinema em 1993.
Daí em 1995 veio o segundo livro, provavelmente no embalo do sucesso do filme.
Em 1997 virou filme também.

O livro "O Mundo Perdido" é o JP2 mesmo.
 

Loveless

J'ai une âme solitaire
Usuário Premium
Tropas Estelares é aquele tipo de livro que é super clássico etc. mas que eu nunca conheci ninguém que leu. Tenho bastante vontade de ler.

Nas menções honrosas, espero sinceramente que Aniquilação seja melhor que o filme da Natalie Portman. E jamais imaginaria alguém mencionando José de Alencar nas listas, hahaha.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$400,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo