• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Forgotten Realms 4th edition

Barlach

Verde. E arqueiro
Acho que as raças e classes devem ser só aquelas que saíram no preview: drow e genasi como raça e swordmage como classe.
 

Skywalker

Great Old One
Provavelmente sejam mesmo, Barlach. Eu tô me baseando numa lista que postaram no fórum da Wizards.
 

Barlach

Verde. E arqueiro
Pois é, eu entrei no fórum da Wizards pra ver isso (na verdade, fui na EnWorld e peguei o link).

Se alguém quiser mais informações: http://forums.gleemax.com/showthread.php?t=1085523

Tem um monte de detalhes que as pessoas estão perguntando... Mas eu acho que é melhor pegar o livro direto e ler do que ter essas informações pela metade.

Mas parece que o livro vai ser interessante. Eu estou atualmente jogando com um Swordmage, usando o preview. Então estou ansioso para poder ler mais sobre a classe.

E quero ver também os fluffs do livro. Pelos previews, parecem bem completos.
 

KADU

Estão vendo esta caneta?
Só essas? Eu esperava as tradicionais Barbaro, Druida e Monge pois são muito comuns em Forgotten...
 

Skywalker

Great Old One
O Bárbaro e o Druida estarão no PHBII, Kadu. O monge não sai tão cedo (acho que só quando sair o Oriental Adventures).
 

Elda King

Senhor do passado e do futuro
Eu não li o livro, exatamente, mas folheei com alguma atenção. E é Thay o reino de mortos vivos, eu particularmente não gostei mas não vou dar spoilers; o reino dos magos é obviamente Netheril (eu particularmente achei interessante o reino voltar). Agora, eu achei muito do que li forçado... tipo, o Asmodeus se tornou deus do modo mais ridículo e banal de todos. Os dragonborn não fazem sentido nenhum até agora. O surgimento do Feywild é estranho. As regiões podem de certa forma estar detalhadas, mas sei lá... não tem tanto clima quanto antes. E elementos muito característicos de FR, que o tornavam mais que um simples cenário tradicional de fantasia, foram retirados. Não é tão ruim quanto poderia ser, mas ainda assim é decepcionante.
 

Barlach

Verde. E arqueiro
Acho que o que tá pegando pra muita gente é que algumas coisas parecem sem explicação... Mas creio que isso é proposital, pra dar um sentimento de maior mistério para o mundo.

Eu gostei muito de algumas regiões novas (Vesp, Vesperin, High Imaskar) e achei que várias regiões antigas ficaram interessantes (Dalelands em especial).

Aliás, todo o cenário das Heartlands tá interessante, com a disputa confrontando Cormyr, Myth Drannor e as Dalelands contra Netheril e Sembia. Certamente o melhor plot até agora.
 

Elda King

Senhor do passado e do futuro
Não é que tá sem explicação... é que a história do mundo, spellplague e tudo, ficou tosca. Dava para ter desenvolvido muito melhor, mudado o mundo o bastante para ser um cenário novo (é o que eles queriam) mas sem abandonar todos os plots que estavam ocorrendo, tornar o mundo mais mágico sem ter que apelar para monolitos voadores, alterar a forma como a magia funciona sem ter que matar Mystra novamente (é a 3ª ou 4ª vez?), incluir o Feywild sem dizer que é um plano inteiro do Corellon, alterar o panteão sem ter que rebaixar tanto o Asmodeus, incluir raças novas sem ter que trazê-las de outro mundo, criar mais de uma catástrofe mágica para alterar a magia e a forma do mundo, mover o abismo para o caos elemental por uma razão mais lógica, manter alguns elementos interessantes do cenário (anauroch, blood war, etc).

O problema é que eles querem que o cenário seja completamente compatível com o cenário padrão da 4ª Edição, por causa do Living Forgotten. Então decidiram incluir os Dragonborn, manter o panteão o mais próximo possível, usar a mesma cosmologia, e por aí vai.
 

Barlach

Verde. E arqueiro
Meu Players Guide foi enviado hoje pela Amazon.

Eles dão uma data em outubro pra chegar, mas eu acredito que chegue ainda esse mês. O Campaign Guide também foi enviado no meio de agosto e chegou no dia 31.
 

Elminster

Usuário
O problema é que eles querem que o cenário seja completamente compatível com o cenário padrão da 4ª Edição, por causa do Living Forgotten. Então decidiram incluir os Dragonborn, manter o panteão o mais próximo possível, usar a mesma cosmologia, e por aí vai.

Infelizmente tantas mudanças nos livros básicos exigiram que o cenário de FR também fosse modificado drasticamente, e como eu concordo com você as coisas poderiam ter seguido um rumo histórico "normal" e não "D&Dístico" demais. Com isso o cenário continuaria a ser a fonte divina de muitos adoradores dele, mas me parece que alguns irão abandonar por causa destas mudanças, mas por mim digo, e o próprio livro descreve isso: O cenário é dado mas quem é o mestre é você. :roll:

PS(15/10/2008): Silverstar está no FR player's guide do 4ª edição, já posso ficar tranquilo. :cool:
 
Última edição:

MudVayNeX

Usuário
Nunca fui fa de Forgoten, não gosto de algumas coisas do cenario, mas principalmente não gosto dos NPC, detesto o Drizzit e não vejo nada de mais no Elmister, alem de detestar o raça Drow (para mim Drows são maus e são monstros, viloes e antagonistas).

PS: a raça Drow ficou meio forte, no 3.5 era uma merda agora... melhor Rogue que tem é Drow, tanto brutal como artfull, fora o Darkvision que nessa versão e muito forte os dois poderes raciais são muito bons fora os talentos apelativos de Drow (Mercfull Killer é paragon mas é muito over, se esse for mesmo o nome do talento é o q da +5 de dano contra bloodied)
 

Arcanjo[SK]

Spartan Supersoldier
detesto o Drizzit

Ok, questão de opinião, mas já leu os livros do Salvatore pelo menos? O Drizzt pode não parecer nada demais se apenas ver a descrição dele no Forgotten, mas lendo Salvatore você realmente passsa a gostar do personagem. Ou ao menos eu achei.

xD

quão vejo nada de mais no Elmister

+- Idem. Não gosto nem disgosto dele. Eu teria que ler um romance sobre para ter uma opinião melhor.

para mim Drows são maus e são monstros, viloes e antagonistas

Por mais maniqueísta que D&D seja, a maldade dos Drows é mostrada como cultural e não algo inato da raça. É bom lembrar que ele e os elfos são aparentados, logo se drow é monstro, elfo também é. Oficialmente, nos cenários da Wizards, o determinismo "racial" sobre tendência existe em algum seres como demônios, diabos, anjos e similares, mas no resto da maioria dos seres a tendência vem da cultura e não como algo inerente a raça, "principalmente" nas raças básicas e seus derivados (sub-raças, como Drow, Svirfneblin, Elfos Selvagens e Florestais, etc). E mesmo assim, nem sempre nem todo mundo numa cultura dita "cruel" será cruel.

Filho de padre bonzinho não é necessariamente bom, assim como filho de bandido também não é obrigatoriamente ruim. Existe influência da cultura sobre a pessoa, mas não é algo 100% imposto, depende de outros fatores também.
 

Skywalker

Great Old One
O lance dos drow é que muita gente tem só a visão dos adoradores de Lolth. Esses são uns bad ass modafockers. Tem outros, como o Drizzt, adoradores de Elistrae, que são bonzinhos.

Apesar de gostar do Drizzt, concordo com o MudVayNex: drow que é drow é um badassmodafocka.
 

Barlach

Verde. E arqueiro
Sinceramente, lendo Salvatore vc passa a gosta mais do Wulfgar que do Drizzt. O Drizzt é simplesmente fodão demais, não tem nem graça.

E concordo que ele banalizou o conceito de drow bonzinho. Apesar de que na minha campanha de FR os drows são os principais antagonistas (apesar que um elfos-demonios de 10 mil anos atrás começaram a causar bastante também).

Eu acho que esses NPCs muito famosos funcionam em novels, mas não numa campanha. Eles tiram demais a atenção dos jogadores. FR tem outros NPCs secundários também (como as 7 Irmãs) que funcionam melhor pro jogo.
 

Elda King

Senhor do passado e do futuro
Realmente, NPCs famosos não costumam funcionar muito bem. Dá para colocar um ou outro mais ou menos famoso, mas Drizzt não rola.
O Drizzt é um personagem muito interessante, mas os livros são realmente bem exagerados. Não só ele, mas o Wulfgar também, e os personagens que não são exageradamente fodônicos são toscos. O chefe de um clã anão ancestral que vivia em Mithril Hall tem o estandarte... de uma caneca de cerveja!

Eu adoro Drow, mas não os drow bonzinhos. Também acho que às vezes as pessoas exageram no fanaticismo por aranhas... O mais legal dos drow é a sociedade e cultura deles. A sociedade na qual traição e assassinato são a regra - um juiz puniria uma Casa drow que assassinou a líder rival não pelo assassinato em si, mas por ter sido fraca demais e ser descoberta. A cultura na qual dominação é a regra - um drow tende a avaliar qualquer relação nessa lógica: ele irá ou se julgar no poder, ou sob o poder da pessoa.
 

MudVayNeX

Usuário
Sim ja tinha lido esses livros (estilha de cristal e mais o segundo o terceiro livro da serie ainda nao). Concordo sobre a opiniao dos NPC's fodoes, se eles nao sao extremamente fodas nem sao lembrados, tipo na estilha de cristal o personagem que eu mais gostei foi o hobbit com a gema que manipulou o conselho e nem apareceu tanto assim no livro (apesar de o Wulfgar tb ser maneiro mas tem umas coisas que ele faz que eu nao gosto). No caso dos NPCs fodoes eles tem que ser bem mais fortes que os jogadores e agir como um instrutor ou conselheiro que os ajuda e guia, quando os personagens "descobrem" que o NPC nao é tao "forte" assim eles perdem o respeito e tal (generalizando, aqui nao é 100% das vezes)
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo