1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Violetas e Pavões (Dalton Trevisan)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Anica, 29 Set 2009.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Novo Dalton Trevisan chegando nas livrarias =]

    Escritores, em geral, começam produzindo contos como uma espécie de exercício para desenvolver o fôlego necessário até conseguirem encarar um romance. Dalton Trevisan, ao contrário, almeja escrever textos cada vez menores. Alguns de seus diálogos são apenas sinais gráficos que indicam, por exemplo, silêncio ou surpresa.

    É o que se vê em Violetas e Pavões, antologia de 22 contos inéditos do escritor paranaense que chega às livrarias nesta sexta-feira. Com seu estilo irônico e mordaz, o autor retrata uma galeria de monstros morais – ladrões, estupradores, sádicos e maníacos.

    Aos 84 anos, Trevisan usa erotismo intenso e diálogos incomuns para retratar a realidade do Brasil de hoje, em que a miséria, o desemprego e o desespero diante da falta de perspectivas se misturam com a esperança por um futuro melhor.

    Trevisan venceu o Prêmio Portugal Telecom 2003 com Pico na Veia. Em 2007, ficou em segundo lugar na mesma premiação com Macho Não Ganha Flor.

    “Inútil dizer que Dalton Trevisan se repete. Um encontro amoroso também é uma repetição de gestos e nem por isso deixa de ser desejado e sonhado”, disse certa vez o crítico literário Leo Gilson Ribeiro. Para Silviano Santiago, escritor e crítico, o paranaense é o autor de sua geração “que melhor soube dar dignidade aos sentimentos humanos”.

    Trevisan está na Record desde 1978 e a editora estima que já vendeu mais de 300 mil exemplares de seus livros.

    Violetas e Pavões parece reafirmar a ideia de que Dalton Trevisan busca criar histórias completas com apenas duas ou três linhas.

    Serviço: Violetas e Pavões, de Dalton Trevisan. Record, 128 págs., preço a definir.

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar