1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

O Signo do Caos (Rogério Sganzerla, 2003)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Meia Palavra, 27 Mai 2011.

  1. Meia Palavra

    Meia Palavra Usuário

    Rogério Sganzerla foi um mestre do cinema nacional. Estreou como diretor de longas com “O Bandido da Luz Vermelha” (até hoje considerado peça fundamental do cinema brasileiro e muito conhecido fora do país e que ganhou uma sequência ano passado: "Luz das Trevas - A Volta do Bandido da Luz Vermelha"), com apenas 22 anos de idade, qualificado como “um faroeste no Terceiro Mundo”. Todavia, deixemos esse trabalho de lado (e para uma próxima postagem) e falemos de seu último filme: “O Signo do Caos” de 2003, estrelado por Camila Pitanga, Djin Sganzerla, Helena Ignez, entre outros.

    Na alfândega do Rio de Janeiro chega um material cinematográfico que será analisado pelo Dr. Amnésio, um agente da censura que quer a todo custo acabar com a memória do cinema brasileiro. Dividido em duas partes, partimos da homenagem a Orson Welles e chegamos até o ‘cinema perfeito e maquiado’, ao estilo hollywoodiano.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     

Compartilhar