1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Discussão] Literatura erótica

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Breno C., 4 Out 2008.

  1. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Não temos uma parte só para maiores de 18 anos, apesar de achar que só a Lidy é menor de 18, por isso não vou me aprofundar muito no assunto em si, mas sim em uma pergunta: vocês acham que a literatura erótica é uma coisa vulgar ou é só mais um braço da literatura que deve ser respeitado como todos os outros.
     
  2. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Com toda certeza que deve ser muito respeitada. Eu adoro literatura erótica, e até cheguei a escrever algumas coisas com base no Kama Sutra e suas posições sexuais, mas é isso né, não vamos nos aprofundar muito por aqui não. O caso é que o erotismo (que me fascina), eu encaro como sendo mais uma vertente, uma arte mais que humana envolvida em costumes e taras únicas, afinal, quem nunca aqui leu um conto, ou poesia erótica? É pura excitação e prazer moçada.(O Cabal que vai gostar desse tópico).
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  3. Nunca li Nelson Rodrigues.

    Isso não é simples. Tem religiões que lidam com erotismo de maneiras restritivas. Como entra o lado religioso da coisa, torna a questão extrema mente complicada, e, por fim, de algum modo, marginal.

    Um crítico tem que ler antes de dizer algo a respeito, mas, por causa de religião, algumas pessoas vão dizer antes de ler, e isso vai criar uma guerra santa, em muitos momentos.

    Assim, é necessário ser sensato: veja com quem vc vai falar sobre o assunto. Se ofende a essa(s) pessoa(s) ou não.

    (...)

    É impossível estudar literatura clássica sem entender erotismo como algo cultural ... Penso que, de modo semelhante, PUCs da vida não deveriam ter disciplinas religiosas obrigatórias em suas grades curriculares, mas eletivas, talvez devesse haver mais eletivas de literatura erótica em universidades laicas, um dos grandes legados das revoluções burguesas do XVIII centênio ... Mas (...).

    & Nem gosto de pensar o que se pensa disso nas arábias, onde mulheres nem mesmo podem estudar ... Tadinhas!


    f.
    :tedio:
    [size=xx-small]muitosoooonoagora[/size]
     
  4. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Sim, mas o que não leva a uma jihard todos os dias?

    Por falar nisso: se sentiu ofendido pelo tópico?
     
  5. Não. Eu percebo diferença entre erotismo e pornografia, pelo menos na teoria.

    Considero erotismo parte da vida de todo ser humano, maior de 12, 13 anos ... (Que não tenha sido estuprado antes disso ...)

    Já pornografia não é algo que interessa a todos.

    Bom, há a diferença entre esses dois conceitos, que alguns confundem. Mas um homem, com ou sem religião, deveria buscar entender as coisas ... É o que eu busco fazer.


    f.
    :tedio:
    [size=xx-small]desmaiando[/size]
     
  6. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    É...essa questão do erotismo é muito complicada de discutir, porque mexe muito com a íntimidade das pessoas. Não são todos que são se sentem confortáveis para falar desse assunto...
     
  7. Não li, nem pretendo, ler Nelson Rodrigues, mas estou começando a ler Públio Petrônio, e dizem que é bem parecido, dados os mil e seiscentos anos de diferença ...

    [size=xx-small]desmaiado[/size]
    :cthulhu:
     
  8. Ao mesmo tempo que sim, ah: muitas questões filosóficas & religiòsas são levadas para salas de aula (nas acadêmias*)

    Por que não levar questões de psicologia & sexualidade? Acho que o Brasil é, por causa do ranso católico e do avanço de um protestantismo de massas que não permite as pessoas se darem a um pouco de reflexão imparcial sobre as coisas, um país muito hipócrita. & Os Estados Unidos também. Acho a Europa germânica um pouquinho mais livre de alguns conceitos. (Porque a Europa católica latina é o cúmulo da retrogradez! (...).)

    [size=xx-small]debaixodàgua[/size]
    :cthulhu:

    __________

    *[size=x-small]Faculdades[/size]
     
  9. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Cara, acho que você simplesmente falou tudo o que eu acho sobre o assunto. Sempre fica muito difícil de falar do assunto com os latinos e com os orientais, porque é da cultura deles cultuar de certa forma a hicrisia do existe mais não pode ser comentado...principalmente os japoneses...
     
  10. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Cara não teria outra palavra, do que "hipocrisia"? Porque é como você disse, é uma questão propriamente da cultura deles, porém não sei se isso seria uma hipocrisia, é que é algo tão enraizado já...não sei se você me entende...
     
  11. Talvez o Tílion possa ajudar ... Ele tem noções de japonês ...

    Erotismo é vocábulo grego ... Vem da divindade Eros (oooohhhh!!!!), filho de Afrodite ... daí as relações :sacou:

    Alguns dizem que não se pode dizer o sintagma "filosofia oriental", porque os orientais não têm filosofia (vocábulo grego), mas apenas pensamento.

    Eu concordo com isso, ainda que eu esteja desviando ligeira mente do assunto, aqui.

    É cultural. Não tenho idéia de como questões de erotismo e pornografia são tratadas na(s) China(s), por exemplo ...

    Mas no "Ocidente" católico/protestante, existe uma grande resistência a se sequer falar de tais assuntos. Até Freud. Em Freud, a coisa começa a mudar, pelo menos na medicina e, com o tempo, na literatura, por causa de Lacan, e da psicanálise.

    (...)
     
  12. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Na literatura "erótica", como em qualquer outro gênero literário (apesar de não gostar de chamar esse tipo de literatura de gênero, principalmente por que o erotismo nem sempre é para ser erótico e nem todo livro "erótico" é erótico o tempo todo) existem coisas boas e coisas ruins. Acho esse papo de "será que presta?" muito preconceituoso.

    Existem autores fantásticos como Anais Nïn, Sade, Pierre Louis, Bataille, Nabokov e tantos outros que fazem literatura excelente com altas cargas de erotismo.
     
  13. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Nabokov é o cara! Ele consegue fazer uma flor parecer erótica.:babar:

    Mas é bem por ai mesmo Ronzi: nem todo livro erótico é erótico sempre.
     
  14. imported_Daniel_

    imported_Daniel_ Usuário

    Tem pelo menos uma obra, "O Jardim Perfumado". Mas eu creio que sejam mais...

    Quanto a essa situação da educação dentro do contexto do Ocidente, ela é um pouco mais complicada, e perpassa coisas como o capitalismo, contra-reforma, protestantismo, imperialismo e influência da igreja na educação, especialmente em terras tupiniquins.

    Bom, quanto à literatura erótica, se ela se ocupa do amor, além do sexo, eu li pelo menos dois livros que recomendo: Banquete e Fedro, ambos de Platão. O primeiro é uma análise bem interessante quando se para pra analisar a relação, dentro dos gregos, de entre Sexo, Amor, Estética e Sexualidade. O segundo retoma algumas idéias e as aprofunda.

    Outra obra que eu tive oportunidade de ler foram alguns versos de Safo, e mais alguma coisa ou outro que me foge ao pensamento.
     
  15. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Puts... quando li o Banquete, nem vi como esse olhar de literatura erótica, para mim era mais um livro de analise do que erotismo.
     
  16. imported_Daniel_

    imported_Daniel_ Usuário

    Eu não li como uma obra erótica, tanto que fiz essa ressalva.

    Uma coisa interessante que a gente poderia tentar fazer: Definir o que seria literatura erótica!
     
  17. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Essa que é a parada: definir o que é erotismo...
    Vou ter que quoted do wikipedia:
    Então... alguém tem outra visão?
     
  18. Você ainda não leu LUA QUEBRADA?

    Um livro para mexer com sua libido. Um romance inesquecível, pela carga de amor, entrega, paixão e erotismo no encontro nada convencional entre um professor e sua jovem aluna.

    Uma experiência literária e sensorial para mudar sua vida.

    LUA QUEBRADA:

    Autor: Isaias Edson Sidney

    ISBN: 978-85-61590-45-1

    Publicação da Editora Biblioteca24x7, que comercializa obras pela Internet (edição on-line e impressa): buscar, na seção ERÓTICO (ÁREA, à esquerda), neste endereço:

    http://www.biblioteca24x7.com.br

    LUA QUEBRADA: PARA INCENDIAR SUA IMAGINAÇÃO!

    Visite o blog:

    http://luaquebrada24x7.blogspot.com/
     
  19. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    Qdo fiz Magistério eu tinha essa professora de português que parecia uma múmia de tão velha, o conhecimento dela me dava inveja (branca, claro :P) e ela algumas vezes discutiu alguns textos falando exatamente sobre erotismo, e toda vez ela ressaltava a diferença entre o erótico e o pornográfico, e eu ficava impressionada de ver como aquela senhora de enorme sabedoria falava com a boca cheia o quanto o erotismo era arte, sem deixar de frisar a pornografia como vulgaridade.

    Eu gosto, eu leio, mas existe essa diferença. Não gosto de pornografia, gosto do erótico, que seduz e provoca. Acho fantástico.
     
  20. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Ta bom! Concordo que exista uma diferença, mas qual o limiar entre erotismo e pornografia? A forma como se escreve? O que se escreve?
     

Compartilhar