• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Confessionário literário

Giuseppe

Eternamente humano.
Não é tanto uma confissão, mas uma exposição: hoje fui fazer o cadastro na biblioteca da minha cidade e os dois livros que tava querendo ler – Duna e Solaris – não estavam no acervo.

E, pasmem, Grandes Sertões: Veredas (esse super recomendado, falado e tals, inclusive em vestibulares) tá extraviado desde 1993, quando alguém pegou e nem devolveu mais....
Caramba! Mas 1) a biblioteca não tem um site onde dê pra ver o catálogo? E 2) eles tinham só UMA cópia de Grandes Sertões: Veredas?! E eles nem quiseram repor a cópia extraviada? Que coisa inaceitável. Geralmente esses livros populares tem diversas cópias...
 

Giuseppe

Eternamente humano.
Geralmente quando tu faz o cadastro numa biblioteca eles pedem RG, telefone e comprovante de endereço, então se alguém nunca mais devolver o livro eles podem entrar em contato com o ladr... quer dizer, com o esquecidinho.
[doublepost=1583439716,1583438867][/doublepost]Lembrei que uma vez eu devolvi um livro na biblioteca mas esqueceram de marcar, aí na próxima vez que eu fui pegar outro livro disseram "Você ainda não devolveu o livro X" e como eu sabia que tinha devolvido sim eu pude bater no peito e falar "YOU ARE WRONG". Brinks, eu só falei na minha voz baixa "Hum, hã... eu devolvi sim, pode ver que o livro tá aí. Eu nunca nem atrasei a devolução de um livro." E tava certo mesmo. Moral da história, crianças (se é que isso é uma história): devolvam os livros que não são seus. DEVOLVAM. Senão 27 anos depois alguém vai precisar do tal livro e ele vai estar extraviado. 27 malditos anos, ou seja, 1993. Na época o Guns n' Roses ainda nem tinha se separado. Putz.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Mantendo dentro do assunto bibliotecas, por ter passado uma boa fase da minha vida morando a trabalho em várias cidades pelo Brasil, somado ao fato que tenho desapego total de livros físicos, confesso que não sei o número exato de cidades as quais tenho cadastro em bibliotecas, mas daquelas que um dia morei, seguramente a cidade que mais frequentei e me cadastrei em mais bibliotecas foi Belo Horizonte onde fiz cadastro em 3 delas.
 

Nírasolmo

Usuário
Caramba! Mas 1) a biblioteca não tem um site onde dê pra ver o catálogo? E 2) eles tinham só UMA cópia de Grandes Sertões: Veredas?! E eles nem quiseram repor a cópia extraviada? Que coisa inaceitável. Geralmente esses livros populares tem diversas cópias...
1. Tem sim, mas eu só fiquei sabendo disso depois que fiz o cadastro (e no fim não acabei pegando nenhum livro, se não tava até lá agora escolhendo um rs)...

2. Pois é, no site constava que a edição era a 1ª de "Grandes Sertões" – o que penso ser uma raridade, mas mesmo assim, só tinha uma edição dele...
 

Loveless

Usuário
Lembrei que uma vez eu devolvi um livro na biblioteca mas esqueceram de marcar, aí na próxima vez que eu fui pegar outro livro disseram "Você ainda não devolveu o livro X" e como eu sabia que tinha devolvido sim eu pude bater no peito e falar "YOU ARE WRONG". Brinks, eu só falei na minha voz baixa "Hum, hã... eu devolvi sim, pode ver que o livro tá aí. Eu nunca nem atrasei a devolução de um livro." E tava certo mesmo. Moral da história, crianças (se é que isso é uma história): devolvam os livros que não são seus. DEVOLVAM. Senão 27 anos depois alguém vai precisar do tal livro e ele vai estar extraviado. 27 malditos anos, ou seja, 1993. Na época o Guns n' Roses ainda nem tinha se separado. Putz.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Pois é, no site constava que a edição era a 1ª de "Grandes Sertões" – o que penso ser uma raridade, mas mesmo assim, só tinha uma edição dele...
Faz todo o sentido. Diferente de um livro didático escolar onde uma reposição por uma edição mais recente tende a ser algo até vantajoso, numa obra literária clássica a primeira edição sempre tem esse status, mesmo que o texto original da obra não tenha sido alterado nenhuma vírgula sequer em dezenas de anos e edições posteriores.
 

Béla van Tesma

Slam dancer
Pessoas que pegam livros de bibliotecas e não devolvem deveriam ser presas.
"Que aquele que rouba livros ou não devolve livros emprestados tenha o livro em sua mão transformado em uma serpente voraz. Que ele sofra um ataque apopléctico que paralise todos os seus membros. Que, aos gritos e gemidos, implore por piedade, e seu tormento não seja mitigado até que entre em estado de putrefação. Que as traças corroam suas entranhas como o verme que nunca morre. E que no dia do juízo final seja condenado a arder para sempre no fogo do inferno."

Inscrição na Biblioteca do Mosteiro de São Pedro em Barcelona, citada por Alberto Manguel.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
"Que aquele que rouba livros ou não devolve livros emprestados tenha o livro em sua mão transformado em uma serpente voraz. Que ele sofra um ataque apopléctico que paralise todos os seus membros. Que, aos gritos e gemidos, implore por piedade, e seu tormento não seja mitigado até que entre em estado de putrefação. Que as traças corroam suas entranhas como o verme que nunca morre. E que no dia do juízo final seja condenado a arder para sempre no fogo do inferno."

Inscrição na Biblioteca do Mosteiro de São Pedro em Barcelona, citada por Alberto Manguel.
Como diria Januário de Oliveira, sempre no melhor sentido da palavra: "Crueeel... muito crueeel essa biblioteca! :lol:
 

Nírasolmo

Usuário
Confesso que os meus planos de leitura pros próximos meses vão ser severamente influenciados pela lista de leituras pro vestibular da Federal do PR – Sagarana, Relatos de um Certo Oriente, O Uraguai, etc...🤓
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
E eu confesso que o Covid-19 vai influenciar meus planos prioritários de leitura para a literatura técnica, pois meu trabalho teve alguns planos fechados, mas está abrindo outros. Bora ler para rumar em novos caminhos.
 

G. Asaph

O meu Deus dança.
Confesso que os meus planos de leitura pros próximos meses vão ser severamente influenciados pela lista de leituras pro vestibular da Federal do PR – Sagarana, Relatos de um Certo Oriente, O Uraguai, etc...🤓
Confesso que provavelmente não vou ler nenhum dos livros do vestibular,aliás confesso que tenho que retomar a leitura nessa quarentena
 

Nírasolmo

Usuário
Confesso que provavelmente não vou ler nenhum dos livros do vestibular
E esses da Federal, convenhamos, não são lá tão atraentes assim kk... O bom é que não mudam radicalmente de um ano pro outro – o que dá margem pra se ter uma noção de como as obras serão abordadas na prova...
 

Haran Alkarin

Usuário
Se gosta de humanidades, eu faria Direito ou Economia hein.* Deixo aqui o conselho que dei pro Eriadan certa vez sobre fazer cursos por "gosto".

Mas tu parece um rapaz inteligente, então deveria ir para exatas. :coxinha: :coxinha: :coxinha:


*diga-se de passagem, um tempo atrás a gente tinha vários economistas no fórum, mas sumiram todos em 2017 e 2018 para não se posicionarem na questão Bolsonaro :ping:
 
Última edição:

Valinor 2020

Total arrecadado
R$50,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo