• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Confessionário literário

Nírasolmo

Usuário
Mas tu parece um rapaz inteligente, então deveria ir para exatas.
Kk, obrigado. Mas, em todo caso, sempre gostei mais das Humanas – inclusive tenho que revisar alguns conteúdos das Exatas e Biologia, pois houve (está havendo) certa defasagem de conteúdo por parte dos professores dessas áreas no colégio onde estudo (por exemplo, explicam conteúdo por cima e tals)...

Sem contar o gosto, sei lá eu acho essas áreas muito trabalhosas – ou pela falta de contato maior com essas áreas eu não desenvolva uma certa "intimidade" com elas .
 

Giuseppe

Eternamente humano.
Kk, obrigado. Mas, em todo caso, sempre gostei mais das Humanas – inclusive tenho que revisar alguns conteúdos das Exatas e Biologia, pois houve (está havendo) certa defasagem de conteúdo por parte dos professores dessas áreas no colégio onde estudo (por exemplo, explicam conteúdo por cima e tals)...

Sem contar o gosto, sei lá eu acho essas áreas muito trabalhosas – ou pela falta de contato maior com essas áreas eu não desenvolva uma certa "intimidade" com elas .
Se você não liga muito pra Exatas seria melhor mesmo evitar um curso dessa área. Seria uma escolha infeliz porque não é o que você realmente quer. No seu lugar, das opções que você citou eu escolheria Direito, mas claro, é uma decisão que só deve ser tomada após pesquisa, leitura, conversas com pessoas de confiança e um bom tanto de reflexão.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Diante do cenário que teremos pós-Covid-19, é interessante observar quais áreas terão necessidade mais urgente de profissionais, pois numa situação de normalização, uma coisa é certa: algumas profissões terão uma retomada mais rápida e outras não.

Ainda que a carreira dos sonhos de cada um, não seja a mais rentável, é sempre importante ter um plano B em vista que lhe permita buscar o seu tão sonhado plano A e enquanto o país não voltar totalmente aos eixos, acho importante ficar de olho nisso.
 
Há livros que são MUITISSIMAMENTE CHATOS, mas, porque os intellectuaes, criticos e eruditos (ui!) dizem que é bom e maravilhoso e estupendo etc, culpamo-nos pela chatice, dizemos que o defeito está em nós, e continuamos lendo.
Leitor é tudo masochista.
Ulysses é uma bosta sim!
 
Se gosta de humanidades, eu faria Direito ou Economia hein.* Deixo aqui o conselho que dei pro Eriadan certa vez sobre fazer cursos por "gosto".

Mas tu parece um rapaz inteligente, então deveria ir para exatas. :coxinha: :coxinha: :coxinha:


*diga-se de passagem, um tempo atrás a gente tinha vários economistas no fórum, mas sumiram todos em 2017 e 2018 para não se posicionarem na questão Bolsonaro :ping:
Faço economia, e digo: o curso de economia refuta (huehue) essa dicotomia entre humanas e exactas. Se não tás preparado pra ficar optimizando função com multiplas restrições de desegualdade, decorando formulas de solução para equações differenciais, ser assombrado pelas matrixes malditas das aulas de algebra linear e das aulas de econometria, e passar noites quebrando a cabeça em como reverter problemas de multicolinearidade e heteroscedasticidade nos seus modelos..., nem entra. Aqui na universidade, o curso de economia é o que mais tem evasão. Muita gente se engana. Um amigo meu accabou de desistir, aliás.
 

Giuseppe

Eternamente humano.
Há livros que são MUITISSIMAMENTE CHATOS, mas, porque os intellectuaes, criticos e eruditos (ui!) dizem que é bom e maravilhoso e estupendo etc, culpamo-nos pela chatice, dizemos que o defeito está em nós, e continuamos lendo.
Leitor é tudo masochista.
Ulysses é uma bosta sim!
Realmente existem livros considerados clássicos que são chatos, mas em muitos casos tais livros fizeram sucesso não necessariamente por terem uma boa história. Às vezes foi por ter uma forma de narração inovadora, ou por fazer de forma eficaz e eloquente uma crítica social importante de algum evento ou época específica e assim tiveram uma determinada importância histórica, entre muitos outros motivos. Mas tem mesmo alguns clássicos que não envelheceram muito bem, isso é meio que inevitável. Com certeza tem livros que fazem sucesso hoje que no futuro as pessoas vão achar uma porcaria. 😄 E Ulysses é um livro controverso, mesmo. Tem muita gente que não gosta então não é algo assim tão incomum. É tipo eu não gostar do filme 2001: Uma Odisseia no Espaço. Tem gente que pode achar que eu não gostei do filme porque não entendi nada, mas não, é só porque achei mesmo uma chatice. :lol:
 

Haran Alkarin

Usuário
Faço economia, e digo: o curso de economia refuta (huehue) essa dicotomia entre humanas e exactas. Se não tás preparado pra ficar optimizando função com multiplas restrições de desegualdade, decorando formulas de solução para equações differenciais, ser assombrado pelas matrixes malditas das aulas de algebra linear e das aulas de econometria, e passar noites quebrando a cabeça em como reverter problemas de multicolinearidade e heteroscedasticidade nos seus modelos..., nem entra. Aqui na universidade, o curso de economia é o que mais tem evasão. Muita gente se engana. Um amigo meu accabou de desistir, aliás.
Tô ligado, já tive contato com livros de macro e microeconomia, e eu diria que é algo bem parecido com Física no espírito em que os problemas são abordados, embora se for comparar um livro de graduação (ou pós) de Economia com um livro de graduação (ou pós) de Física, direcionados para alunos +/- de um dado ano do curso, a matemática é bem menos complexa e o poder preditivo das teorias é bem menor.

PS: Que raio de nick é esse!?
 
Última edição:

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Faço economia, e digo: o curso de economia refuta (huehue) essa dicotomia entre humanas e exactas. Se não tás preparado pra ficar optimizando função com multiplas restrições de desegualdade, decorando formulas de solução para equações differenciais, ser assombrado pelas matrixes malditas das aulas de algebra linear e das aulas de econometria, e passar noites quebrando a cabeça em como reverter problemas de multicolinearidade e heteroscedasticidade nos seus modelos..., nem entra. Aqui na universidade, o curso de economia é o que mais tem evasão. Muita gente se engana. Um amigo meu accabou de desistir, aliás.
É justamente todo esse conteúdo matemático que você acha chato, que eu acho extremamente fundamental pra que a economia se tornasse uma ciência muito mais pujante, relevante e robusta.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
No seu lugar, das opções que você citou eu escolheria Direito, mas claro, é uma decisão que só deve ser tomada após pesquisa, leitura, conversas com pessoas de confiança e um bom tanto de reflexão.
Pelo menos sabemos se o Nira escolher Direito, eu tenho certeza que ele não será como a maioria dos advogados que meu pai (que trabalha como contador) frequentemente atende: não sabem ou não gostam de calcular e muitos deles terceirizam tudo pra outro fazer. Mais da metade dos clientes do meu pai são advogados.

Aliás, sempre achei uma enorme heresia a grade de um curso de Direito ser muito pobre em conteúdo de matemática.
 

Taefel

Hobbit grande
Confesso que estava lendo a Fundação de Asimov com muita expectativa já que muitos consideram a obra máxima de ficção científica do autor.

Lí o primeiro e achei ok, estava lendo Fundação e Império com muuuita preguiça e sem encanto até que resolvi admitir pra mim mesma que não estava gostando e tudo bem não gostar de algo que todo mundo acha foda. Estou com essa filosofia de que meu tempo é muito precioso para gastá-lo apenas por um senso de obrigação imaginário então não vou continuar a leitura a menos que alguém me convença vale a pena mais pra frente.
 
Tô ligado, já tive contato com livros de macro e microeconomia, e eu diria que é algo bem parecido com Física no espírito em que os problemas são abordados, embora se for comparar um livro de graduação (ou pós) de Economia com um livro de graduação (ou pós) de Física, direcionados para alunos +/- de um dado ano do curso, a matemática é bem menos complexa e o poder preditivo das teorias é bem menor.

PS: Que raio de nick é esse!?
Varios conceitos são "inspirados" da physica, se não me engano. E é algo que precisa, na minha opinião, ser superado, e vem sendo; os modelos estaticos são uma simplificação legal, mas pecam em algumas coisas. Hoje em dia há uma influencia muito grande da biologia; economia evolucionaria, theoria dos jogos, modelos dinamicos são exemplos.
O poder preditivo é obviamente menor, porque é uma tarefa insana modelar comportamento humano. Preferencias, a partir das quais o comportamento segue logicamente, são subjectivas, e conceitos como utilidade não são sequer mensuraveis. Há a theoria das preferencias reveladas, mas ellas, creo eu, não contribuem taaaannnttoo para predições. Por isso exsiste uma discussão interminavel sobre a validade de conceitos como utilidade, racionalidade, e dos axiomas basicos da microeconomia.
Ei-vos um exemplo:
 

Loveless

Usuário
Eu confesso que não consigo ler no calor, o que atrapalha muito a produtividade literária. Eu moro em uma cidade extremamente quente, então só tenho lido à noite e/ou com o ar condicionado ligado (na maioria das vezes nem na noite o calor dá trégua). O desconforto de sentir as costas molhadas ou a testa pingando durante uma leitura é horrível.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Pra mim, fatores físicos que possam atrapalhar totalmente o desempenho da minha leitura a temperatura nem é o mais determinante, mas sim um conjunto de fatores como má ventilação (ler num local muito abafado é horrível), má iluminação (e nisso dou preferência máxima a leitura com luz natural do sol durante o dia), excesso ou baixíssima umidade do ar e logicamente ruído excessivo.
 
Última edição:

Loveless

Usuário
Eu queria ser assim. Admiro quem consegue ler em todo e qualquer lugar. Tem bastante gente que consegue ler no transporte público e afins; não é o meu caso.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$50,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo