• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Autor da Semana Arthur Rimbaud.

philippe

Usuário
Bomdia,

Je suis Français , serait-il possible que quelqu'un poste "a la musique" (em português)d'Arthur Rimbaud? Il est impossible de le trouver sur internet.

Muito obrigado!
** Posts duplicados combinados **
Bomdia,

Je suis Français , serait-il possible que quelqu'un poste "a la musique" (em português)d'Arthur Rimbaud? Il est impossible de le trouver sur internet.

Muito obrigado!
 

-Jorge-

mississippi queen
Bonsoir, philippe

Une prochaine fois, quand je vais à une librairie je peux essayer de prendre une copie de ce poème. Je ne sais pas si ce poème a été traduit dans "Rimbaud livre" par Augusto de Campos, je pense que non. Alors la seule traduction disponible serait celle de Ivo Barroso, dans son "Poesia completa" publié par Topbooks, à laquelle je n'ai pas d'accèss dans des bibliothèque. Cela si Mavericco ne vous aide pas avant.

Mais je pense qu'au moins vous pourriez nous indiquer les raisons de votre demande, non?
 
Última edição:

philippe

Usuário
Bomdia,

Je suis étudiant en Lettres Modernes em Paris, nous étudions Rimbaud et Verlaine et il est impossible de trouver ses poésies en portugais ici. Je suis d'origine portugaise mais je suis né en France, je comprends le portugais mais je l'écris très mal .Je recherche en portugais "mémoire", "les corbeaux", "A la musique" de Rimbaud em português et aussi "beams" de Verlaine si possible em português aussi.
Muito obrigado
 

Mavericco

I am fire and air.
Agora eu não poderei lhe passar os poemas, philippe, mas assim que chegar em casa eu o faço. Todos, com exceção do "Beams", do Verlaine, foram traduzidos para português.
 

Mavericco

I am fire and air.
Pobre philippe... Confiou em mim.

Anyway, tenho que atualizar o tópico. Saíram umas traduções novas interessantes. Achei coisa, por exemplo, do José Paulo Paes e do Rodrigo Garcia Lopes (que não as Iluminuras). Penso em tentar traduzir o Mémoire qualquer dia desses também...
 

Milenna

Usuário
Eu amoooooo e sempre amarei o Arthur Rimbaud. Eu amo ele por tudo que ele foi, um gênio, um revolucionário, um rebelde, um lindo rostinho angelical, o que eu mais admiro nele é esse seu jeito de ver o mundo, nao ter medo de nada, nao se preocupar com o que as pessoas vão pensar sobre ele, dizer o que pensa, agir como quer, ser esse gênio revolucionário e idealista. Sou apaixonada por essa história de amor entre ele e o Paul Verlaine. Sou apaixonada pelo filme Total Eclipse, e principalmente pela atuação do Leo DiCaprio, confesso que sempre apaixonada por esse lindo de rostinho meigo e angelical assim como o Arthur, pra mim o Leo é o homem mais lindo que existe nesse mundo, e nessa atuação ele está fenomenal (obs: como todas as suas atuações), o próprio Leo afirmou que quando o papel de Rimbaud lhe foi oferecido, pra ele não existia papel sobre a terra mais legal do que aquele, e que o papel de Rimbaud é um dos mais importantes de sua carreira é um dos melhores papéis para um jovem ator, e de fato a atuação do Leo como esse jovem poeta revolucionário foi vista como fenomenal, e a própria Agnieszka Holland, afirmou que os acontecimentos com River Phoenix e John Malkovich tiveram um ponto positivo para o filme, pois o próprio jovem Leo se parecia em muitos aspectos com o Jovem Arthur, o filme pra mim é genial, super fiel a verdadeira história do verdadeiro Rimbaud, e a história de amor com o Paul é de tirar o fôlego, é linda, envolvente, é sensacional, é perfeita, como naquela cena em que eles estão viajando a pé, subindo em árvores, montando de cavalinho, brincando que são camelos, quando Paul mostra a Arthur o mar, até os tiros que Paul da em Arthur, e o último encontro deles. A cena final foi perfeita, quando depois que Isabelle vai embora, Paul pede dois absintos que era a bebida que ele bebia com Arthur, enquanto isso, a alma de Arthur aparece para o seu eterno amor (por que para mim mesmo eles tendo se separado, Arthur R. E Paul V. Jamais deixaram de se amar). E então ocorre aquela famosa cena;
- (Paul): Diga se você me ama?
- (Arthur): Você sabe o quanto eu gosto de você. Tempo. Você me ama?
- (Paul): Yes! (Sim)
- (Arthur): Então coloque sua mãe sobre a mesa.
- (Paul): O que?
- (Arthur): coloque sua mão sobre a mesa. Palmas para cima. Nisso, Arthur pega a faca e passa na mão de Verlaine ( essa cena já tinha ocorrido no início do filme, mas nela Paul estava usando uma aliança de casado com Mathilde e Arthur esfaqueia a mão do amante), dessa vez ele estava sem aliança então Arthur tira a faca e lhe dá um beijo terno e delicado em sua mão. Logo em seguida Verlaine afirma que desde a morte de Rimbaud ele o vê todas as noites, seu grande e radiante pecado, e afirma que eles sempre foram felizes, logo em seguida é citada uma parte do poema eternidade de Rimbaud, com a frase:
(Arthur): Encontrei!
(Paul): o que?
(Arthur): Eternidade, é o sol misturado com o mar.
Simplesmente maravilhoso, minha admiração pelo Arthur só aumentam a cada dia , eu o amo mais e mais a cada dia que passa, o seu texto ficou genial, estou lendo desde dia e agora que acabei.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.870,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo