1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Tio de Tom Bombadil?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por G. Asaph, 2 Dez 2017.

  1. G. Asaph

    G. Asaph O Fenrir

    Tom Bombadil é mais antigos que os rios mas nas Aventuras de Tom Bombadil no 7 capítulo ele diz que o Troll está roendo o osso de seu tio(ele acaba chutando o Troll e entortando o pé). Se ele é tão antigo como possui um tio? Existem teorias que ele é um Maia ou um espírito da natureza, talvez seja alguém que ele conheceu e ficou íntimo porém pelo menos eu não imagino alguém chamando o outro de tio para mostrar apreço, talvez irmão...
     
  2. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Bem, o poema aonde se menciona Tim, no título original "The Stone Troll", foi criado por Sam e guardado no livro vermelho. A única referência conhecida
    aonde o nome aparece é neste único texto que é recitado para Aragorn. Tim seria uma invenção lúdica do poeta (Sam) apresentando-se para os amigos. Outros elementos de Sda também foram planejados da mesma forma, como o caso do próprio Tom que teria sido introduzido por Tolkien para efeito de imaginação e diversão além de fazer parte da história. Todavia Tim aparece apenas por meio Sam e não é de fato um personagem real.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


     
    • Ótimo Ótimo x 3
  3. G. Asaph

    G. Asaph O Fenrir

    Obrigado, li 2 vezes estou de ler a 3 em inglês. Obviamente sabia que a maioria é mais poética mas já que se tratava do Bombadil no livro as aventuras de Tom Bombadil achei alguns deveriam ser acontecimentos em forma de poesia, na vdd torcia para isso(conhecer mais do personagem). Tlg que o Sam escreveu uma mas N me lembrava que era essa...
     
    Última edição: 2 Dez 2017
  4. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Disponha, sabe-se que existe resíduo criativo na obra inteira apontando para uma época em que pudesse haver bem mais raças lendárias em Tolkien. Porém em SdA as raças verdadeiras já estão mais consolidadas que no Hobbit. Outras citações na obra incluem Sylphs, Driads, Mermaids, etc... Esses seres lendários criam um espaço para incluir tipos como o Tim na forma de poesia e ainda outros lugares mais ocultos que Tolkien não terminou de explicar (Moria). De todo modo há pontos cinzentos em Tolkien que é aonde a imaginação de Sam explora. É onde o véu é mais fino e a realidade e a imaginação não são tão estranhas uma a outra.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  5. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Vale lembrar aqui, @Neoghoster Akira ... o próprio artigo diz "mais provavelmente" o que deixa implícito o fato de que não há COMO saber mesmo a verdade exata sobre o assunto...e vale a pena lembrar...o poema é feito pelo Samwise no contexto da diegesis do SdA mas, no contexto da vida do autor, o poema foi feito muito antes de SdA ser concebido e do personagem do Samwise existir, em um cenário em que Tom Bombadil ainda não fazia parte do Legendarium...Sugerindo que a natureza exata do Tio Tim pode ser algo inteiramente diverso do esperado e, talvez, BEM MAIS sério do que uma piada dos hobbits, se a presença dele no poema do Samwise sugere que ele teria sido "recepcionado" do ordenamento "mítico" anterior em que estava inserido assim como a canção folclórica de Malbeth continha o segredo das mãos curativas de Aragorn ungidas pelas athelas.
     
    Última edição: 19 Jun 2018 às 21:06
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    Se o Tom Bombadil já era uma figuraça imaginem o tio dele (se houvesse um tio). O Tio Bombadil seria mais doido que o Pernalonga e o Pica-Pau juntos. Não cheguei a ler As Aventuras de Tom Bombadil.
     
    • LOL LOL x 2
  7. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque


    É bem a cara de Tolkien. :) Tendo em vista que ora ele transplante elementos de outro tempo (Ex: espingarda de pressão, etc...) ora transplante partes de outros espaços (ex: resíduos de trabalhos e motivações anteriores) é válido que o poema assombre mais profundamente do que a simples abertura que Tolkien permita para a imaginação.

    Havia no imaginário Hobbit um lugar reservado no qual as lendas flertavam com os fatos como no caso dos boatos batidos de fadas cruzando com o povo pequeno. E conquanto nisso tudo houvesse a mentira (ou mesmo cruzamento intencional de mundos) nessa lenda também é verdade que o que havia de verdade no conto poderia, logicamente, ter origem em seres reais raros como os elfos numa perspectiva mais limitada e apresentada sob a visão lúdica da poesia.

    Em especial, este autor era muito ciente de como se comportava a evolução popular nas mitologias como ocorre nesse poema e de algum modo a criatividade de Sam (e do condado já que ele é quase um embaixador do Condado) naquele momento é ao mesmo tempo a criatividade de Tolkien. Sam, em particular, tem uma mentalidade média hobbit que seria bem capaz de fazer ao "gosto do condado" tudo mais que fosse estrangeiro. Se Bombadil não tinha genealogia conhecida a ele lhe pareceria engraçado se um "tio de Bombadil" existisse. O apreço (quase um esporte) pelas árvores de famílias que dizia muito sobre hobbits e pouco sobre Bombadil. Da parte de Tolkien o comportamento de Sam lembra uma pontinha do desejo dele de construir um patrimônio inglês de mitologia. Bombadil é estranho e estrangeiro e ficaria mais tratável com os modos hobbitescos.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar