1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Soneto

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Alisson P., 28 Nov 2008.

  1. Alisson P.

    Alisson P. Usuário

    Bem, primeiro poema que escrevo... Podem criticar sem dó.
    :timido:
    ____________________________________________________________

    Soneto

    Lua, que a dor desse meu pranto guarda,
    das mais secretas ilusões ouvinte,
    aos meus lamentos não respondes nada...
    Permaneces calada por acinte?

    Sei que nada me falas, mesmo assim
    tua muda resposta efeito em mim
    faz: no teu brilho sobre mim lançado
    vejo alva face de meu anjo amado.

    Só tu sabes o quanto ela provoca
    em meu peito os mais puros sentimentos.
    Nenhum mortal resiste ao seu encanto.

    Sabes, não é recíproco, e enquanto
    com amor o anjo ainda não me toca,
    continua guardando os meus tormentos!
     
  2. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Trocar confidências com a velha e amiga Lua, sobre aquela que nos tira o sono, que nos provoca os mais profundos sentimentos, é de uma nobreza sem tamanho. Mais nobre ainda é esperar por um momento incerto, que somente aquele pedaçinho lá no fundo da gente acredita. Muito bom mesmo cara!
     

Compartilhar