• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Sobre a série da Amazon

Loveless

J'ai une âme solitaire
Usuário Premium
O Senhor dos Anéis: Quantidade de episódios da 1ª temporada é revelada

A Amazon está mesmo investindo em sua nova série de O Senhor dos Anéis. Nesta terça-feira, 06, foi divulgada a quantidade de episódios da 1ª temporada da série, que está em produção.

De acordo com Tom Shippey, especialista no universo de O Senhor dos Anéis que atuará como consultor da série, a 1ª temporada terá 20 episódios.

J.D. Payne, Patrick McKay e J.A. Bayona foram escolhidos como showrunners de O Senhor dos Anéis.

Como roteiristas foram contratados Gennifer Hutchison (Breaking Bad); Jason Cahill (The Sopranos); Justin Doble (Stranger Things); Bryan Cogman (Game of Thrones) Stephany Folsom (Toy Story 4) e Helen Shang (Hannibal).

O Senhor dos Anéis ainda não tem previsão de estreia.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
George R.R. Martin diz que série de O Senhor dos Anéis deve corrigir os furos de J.R.R. Tolkien

O autor de Game of Thrones explicou que o final do último livro de Tolkien deixou diversas perguntas sem respostas sobre o que iria acontecer na Terra Média

george_rr_martin_matt_saylesinvisionap_widelg.jpg

George R.R. Martin (Foto: Matt Sayles/ Invision/AP)

A Amazon anunciou o lançamento de uma série sobre O Senhor dos Anéis para 2020 e George R.R. Martin já expôs quais são as expectativas dele para a produção. O autor de As Crônicas de Gelo e Fogo, fã assumido de J.R.R. Tolkien, afirmou que a produção terá que cobrir alguns pontos fracos deixados na narrativa literária do ídolo.

"É um dos melhores livros do século 20, mas isso não significa que eu acho ele perfeito [...] Ele [Tolkien] fez o que ele queria de um jeito brilhante, mas… Eu olho para o final e ele diz que Aragorn é o rei, 'Aragorn governou sabia e habilmente por 100 anos'. É fácil escrever essa frase", disse Martin.

O escritor apontou os possíveis acontecimentos após o fim do último livro,o Retorno do Rei, que não foram explicados.

"Eu quero saber qual foi a política fiscal e o que ele fez quando a fome atingiu a região? E o que ele fez com todos os orcs? Muitos orcs foram deixados para trás. Eles não foram mortos, eles fugiram para as montanhas. Aragorn organizou um sistema de genocídio de orcs? Ele mandou os cavaleiros para as montanhas matarem eles? Ou teve uma reabilitação para os orcs, que tentou ensinar eles como serem bons cidadãos?"

A plataforma de streaming decidiu não divulgou grandes detalhes sobre o enredo da série, contudo, ela deu algumas pistas por meio das contas oficiais que já foram desvendadas pelos os seguidores. Ao que tudo indica, a história passará na Segunda Era da Terra Média, ou seja, o período em que o Anel do Poder é criado e surgem as primeiras guerras entre o senhor do escuro de Mordor, Sauron, e os elfos.

A produção, estimada para gastar US$ 250 milhões, conta com grande time de profissionais conhecidos por filmes e séries de TV. O time criativo inclui a figurinista Kate Hawley, de Esquadrão Suicida, o designer de produção Rick Heinrichs, que trabalhou em Star Wars: O Último Jedi e o ilustrador dos livros O Senhor dos Anéis, John Howe.

Já os roteiristas que participarão são: Lindsey Weber, de Rua Cloverfield, 10; Bruce Richmond, de Game of Thrones; Gene Kelly, da série Boardwalk Empire: O Império do Contrabando, Sharon Tal Yguado; Gennifer Hutchison, de Breaking Bad; Jason Cahill, The Sopranos e Justin Doble, de Stranger Things.

O diretor J.A. Bayona, conhecido por Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, que irá dirigir os dois primeiros episódios. Os produtores Bryan Cogman, de Game of Thrones, Ron Ames e Helen Shang, de Hannibal, também participarão da produção.

No elenco, o ator Will Poulter foi escalado para viver o personagem principal, que também não teve o nome divulgado. Segundo a Variety, a atriz australiana Markella Kavenagh está em negociações para interpretar uma personagem chamada Tyra.
 

Haran

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
"É um dos melhores livros do século 20, mas isso não significa que eu acho ele perfeito [...] Ele [Tolkien] fez o que ele queria de um jeito brilhante, mas… Eu olho para o final e ele diz que Aragorn é o rei, 'Aragorn governou sabia e habilmente por 100 anos'. É fácil escrever essa frase", disse Martin.

O escritor apontou os possíveis acontecimentos após o fim do último livro,o Retorno do Rei, que não foram explicados.

"Eu quero saber qual foi a política fiscal e o que ele fez quando a fome atingiu a região? E o que ele fez com todos os orcs? Muitos orcs foram deixados para trás. Eles não foram mortos, eles fugiram para as montanhas. Aragorn organizou um sistema de genocídio de orcs? Ele mandou os cavaleiros para as montanhas matarem eles? Ou teve uma reabilitação para os orcs, que tentou ensinar eles como serem bons cidadãos?"

Que crítica bosta. :lol: GRRM sempre forçando uma suposta superioridade entre seus livros e os livros de Tolkien. Sem falar que essas questões não carecem de resposta.

(1) O tipo de Estado que predomina nos bons povos da Terra-Média é o de tipo anarco-monarquista. Dessa forma, não é que Tolkien não tenha respondido essas questões, e sim que seu mundo criado é um ambiente (com esse respeito) utópico, a política fiscal é mínima e irrelevante.

(2) Para bom entendedor, os apêndices de O Retorno do Rei respondem a questão sobre os orcs:

Em Gondor reinava agora o Rei Elessar, que também governava Arnor. Em todas as terras daqueles reinos de outrora ele era rei, exceto em Rohan, pois renovou a dádiva de Cirion para com Éomer, e Éomer prestou outra vez o Juramento de Eorl.

Com frequência o cumpriu, pois, embora Sauron tivesse desaparecido, os ódios e maldades semeados por ele não haviam morrido, e o Rei do Oeste teve de subjugar muitos inimigos antes que a Árvore Branca pudesse crescer em paz.

E, para onde quer que o Rei Elessar conduzisse uma guerra, o Rei Éomer o acompanhava, e além do Mar de Rhûn e nos distantes campos do Sul o trovão da cavalaria dos rohirrim foi ouvido, e o Cavalo Branco sobre Verde tremulou em muitos ventos até Éomer ficar velho.​

Fica claro que houve muitas guerras aós a queda de Sauron, inclusive "além do Mar de Rhûn" (!), quer dizer, para muito além das fronteiras de Gondor, e que "embora Sauron tivesse desaparecido, os ódios e maldades semeados por ele não haviam morrido". É claro que os orcs estão inclusos nisso, e a solução foi guerra, e não "ensinar eles [os orcs] como serem bons cidadãos" (WTF?).

Além disso, é deixado claro que a Quarta Era é a Era dos Homens, e daria origem mais tarde ao período histórico do nosso tempo, de forma que criaturas mitológicas seriam naturalmente minguadas ou extintas (por exemplo, o anões, ents e hobbits, que também seriam extintos ou mitigados, e como isso se daria também é explorado no legendário).

Mas ainda que isso não tivesse sido respondido a contento... Pô... É como se perguntar como é a política do Ministério para bruxos das trevas no período pós-Voldermort. Questão pouco relevante, e qualquer que seja ela, serão dificuldades menores se comparadas à derrota do vilão.
 
Última edição:

Béla van Tesma

Blood-sucker
Martin parece que não entendeu que um romancista precisa escolher uma fatia da história para contar. Ou é só uma birra estúpida dele com o Tolkien. O que acontece depois não é nem furo nem ponta solta: é apenas irrelevante à história que se quis narrar. Deve ser a incapacidade de escolher o fundamental e deixar de lado o supérfluo que fez com que o Martin se perdesse nessa monstruosa tarefa de escrever 7 calhamaços da maneira mais atrapalhada possível. Do ponto de vista da técnica narrativa, é uma bagunça inominável o que ele fez com os livros 3 e 4 (dividir os núcleos em duas partes e se focar numa única metade em cada volume). E ainda é capaz de ele morrer antes do fim, sem concluir a "saga", por pura falta de objetividade. :lol:
 

Neithan

Ele não sabe brincar. Ele é joselito
Martin se perdeu. Ele criou um mundo de personagens absurdamente amplo. Aliás, com muitos mais núcleos "bem explorados" do que o próprio Tolkien. São centenas de páginas de personagens que nunca se viram, mas que de certa forma estão todos extremamente interligados por serem da mesma época. É como se Tolkien tivesse escrito 3000 páginas apenas entre a Quarta e Quinta batalha de Beleriand.

O problema é que agora ele não está sabendo dar nó nas pontas soltas, e empacou. Ele tem inclusive uma equipe que o ajuda a escrever, de tão complexo que ficou. A série sofreu com isso, após passar dele na cronologia, e se perdeu bastante. Complicado.

_____________________

Sobre a Série de Tolkien, estou empolgadíssimo. Númenor sempre foi um dos meus reinos favoritos não só de Tolkien mas de toda a ficção. Ver seus exércitos e cidades será demais. So espero que tenham os arcos de aço. :mrgreen:
 

Loveless

J'ai une âme solitaire
Usuário Premium
Nova série de O Senhor dos Anéis contrata ator de Game of Thrones para viver vilão

A Amazon segue à todo vapor com a produção da nova série inspirada pelo universo de O Senhor dos Anéis.

O elenco começou a ganhar forma. Segundo o Deadline, o ator Joseph Mawle será um importante vilão na trama. Ele se junta ao ex-integrante de Black Mirror, Will Poulter, que interpretará o jovem herói Beldar, e Markella Kavenagh (Picnic at Hanging Rock), que interpretará Tyra.

Joseph foi recentemente anunciado como o grande vilão da série baseada no universo de O Senhor dos Anéis, produzida pela Amazon. Pouco se sabe sobre a história da produção, além de que ela se passa na chamada Segunda Era da Terra Média e antes do primeiro livro/filme, A Sociedade do Anel. Foi nessa época que o Um Anel de Sauron foi criado. Segundo o Deadline, o nome do vilão de Joseph se chamará Oren, mas outros detalhes ainda não foram revelados.

Em Game of Thrones, Mawle interpretou o irmão de Ned, Benjen Stark. O personagem era um guarda da Patrulha da Noite que desapareceu durante uma missão ao norte da Muralha e acabou se sacrificando para salvar seu sobrinho, Jon Snow. Ele apareceu em um total de oito episódios do sucesso da HBO.

A nova série da Amazon deve estrear somente em 2021 enquanto Game of Thrones está disponível na HBO Go.

joseph-mawle.jpg





---------------------------------

Vilão Oren? Herói Beldar? Tyra? Medo...
 

Bel

Moderador
Usuário Premium
Por que eles fariam isso? :ahn?: Eu já acho que eles estão soltando muito pouca informação, se ainda estiverem soltando com erros propositais... desnecessauron.
Pra gente não surtar achando que o Tio Benjen é o Sauron, ué :lol:
Revelar nome agora pode ser spoiler!
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Pra gente não surtar achando que o Tio Benjen é o Sauron, ué :lol:
Revelar nome agora pode ser spoiler!
Mas por que a gente surtaria?... E quanto ao spoiler (aos que não conhecem a história), eles não poderiam só dizer que o personagem é Annatar, sem dizer que é Sauron? Para os leitores, a única abertura para spoiler é a modificação pesada da história ou criação de linhas paralelas, com novos personagens. Espero que seja o segundo caso, e que os nomes sejam esses fictícios mesmo. :pray:
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo