1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Cultura e livros de graça na caça do BookCrossing

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por egoNullius, 3 Jan 2003.

  1. egoNullius

    egoNullius Usuário

    Se há uma boa idéia circulando pela internet que relaciona você e seus livros ao mundo, essa sem dúvidas é o site BookCrossing (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ). Descobri esse site a pouco menos de um mês e já posso garantir que a idéia funciona (depois explico o porquê). Idéia genial que vem ganhando um grande espaço e grande importância na vida de leitores do mundo inteiro.

    A idéia do site é a seguinte (tudo gratuito). Você se cadastra e cria a sua bookshelf [estante de livros], na qual você registrará todos os livros que tem, ou os que desejar, o importante é que você possua o livro. Com isso você ganha uma identificação única para o livro (dentro do site), daí em diante funciona assim, se você quiser que alguma outra pessoa leia o livro, você simplesmente o identifica e "liberta" ele em algum lugar (que você informará no site para que outros o procurem). São milhares de livros espalhados todos os dias pelo mundo inteiro e muitas as pessoas que os encontram, a idéia realmente funciona e é muito excitante.

    Se as pessoas que os capturarem passarem a informar o paradeiro de seu livro no site, você fica sabendo por todos os lugares por onde ele passou. Não é raro encontrar casos de livros que já passaram na mão de mais de cinco pessoas. Além disso você pode receber o seu livro de volta cheio de anotações nas laterais de pessoas que o leram ou até mesmo se encontrar com quem o capturou e bater um bom papo literário.

    E o site vai além, muito além, cruza oceanos. Pois a idéia não para por aí, dentro do site, tão comum quanto a proposta inicial é encontar pessoas recebendo livros por serviços de correio em várias partes do mundo. E esse tipo de troca eu posso garantir que funciona, pois dentro em dias estarei recebendo dois livros de uma usuária do site de quem fiquei muito amigo. O nosso amigo Paulo também está para receber um livro de uma mulher que também conheceu no site.

    A proposta é realmente incrível e eu estou muito entusiasmado com ela, apesar da minúscula quantidade de livros que circulam pelo Brasil atualmente, algo que podemos reverter. Só para se ter uma pequena noção, nos EUA mais de 60 mil livros já foram libertados, algo incrível e se somado com os livros enviados por serviços de correio pode atingir um número maior ainda.

    Provocando a afinidade do site com a Valinor, a quantidade de livros de Tolkien que circulam por lá é enorme. Desde os clássicos "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit" até livros mais difíceis de serem achados como a série "The History of Middle-earth" e alguns outros livros de Tolkien como "Leaf by Niggle" e "Letters from J.R.R. Tolkien".

    Vamos, todos se cadastrando no site, não custa nada e não implica em nenhuma responsabilidade de libertar seus livros. Se a idéia chegar a pegar no Brasil, a difusão da cultura será muito grande e, para nós fãs de J.R.R. Tolkien com pouco acesso a alguns de seus livros, será muito vantajosa.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    :wink: :D
     
  2. *Aredhel*

    *Aredhel* Usuário

    parece muito interessante....
    porem eles dao alguma garantia no caso de extravio?
     
  3. Paulo

    Paulo Cabeça de Teia

    O site é incrivel, eu já até falei com algumas pessoas do forum mesmo sobre ele, o mais legal é que a idéia funciona e as pessoas tem a boa vontade de mandar livros pra pessoas que elas nunca viram na vida.

    Eu vi um tópico aqui no forum falando de um livro, fiz uma busca no BookCrossing e achei varias pessoas que tinham o livro, mandei uma mensagem (pelo proprio sistema de mensagens do site) perguntado se a pessoa podia me mandar o livro, logo depois recebi uma resposta positiva.

    O único "impecilho" é que a lingua do site e da maioria dos livros é o inglês, o que dificulta a transação caso você não saiba a lingua, apesar de ser facil de encontrar livros em varias linguas a grande maioria é em inglês mesmo.
    Uma idéia muito legal e que funciona.

    Não. É risco e confiança nas pessoas. Mas se funciona lá, porque não funcionaria aqui?
     
  4. Cults

    Cults Usuário

    Eu me cadastrei lá!!!! Hehehehehehehe...
    Só que ainda não estou confiando muito... De qualquer maneira, vou tentar.
    Espero que dê tudo certo.
    :D
     
  5. Cults

    Cults Usuário

    Uma coisa: não entendi como funciona aquele sistema lá para "realese the book in the wild". Preenchi aqueles campos (país, estado, cidade)... Mas, depois, aparece o campo The Crossing... Que que eu ponho lá? Eu coloquei a minha quadra, e no Release Note eu pus: "Dentro de um saco plástico, escondido na árvore em frente ao bloco". É assim? Aí eu ponho o livro lá e espero que alguém vá buscá-lo????
    HAHAHAHAHAAHAHAHA!!!!
    :lol:
     
  6. Paulo

    Paulo Cabeça de Teia

    Você cadastrou um livro?
    Existem umas "releases zones", aonde as pessoas deixam os livros, lugares como bares, cybercafés e coisas do tipo, se você tá afim de "soltar um livro" o melhor a fazer é deixar ele numa "release zone", veja se tem alguma na sua cidade, se não tiver (ou mesmo que tenha), você pode criar uma, mas eu sugiro que seja um lugar mais movimentado que a arvore em frente a sua casa. :wink:
     
  7. *Aredhel*

    *Aredhel* Usuário

    nossa..mas da um exemplo de uma release zone mais segura aki no brasil????
     
  8. egoNullius

    egoNullius Usuário

    Não existem zonas pré-definidas. Você pode "libertar" seu livro onde desejar e, se esse lugar ainda não for cadastrado no site, quando você registrar a "libertação" do livro no site ele cria a zona automaticamente.

    Não sei o que seria uma zona segura no Brasil. Na verdade, em qualquer parte do mundo se corre o risco de alguém pegar o seu livro e não se identificar no site. Mas você pode deixar seu livro num local onde você tem certeza que pessoas que se interessam por livros e/ou internet frequentam. Pode deixar no prédio onde trabalha, num "cyber café" ou numa "lan house", num café, na sua escola, em infinitos lugares. Depende da sua concepção de segurança quanto ao seu livro.
     
  9. Cults

    Cults Usuário

    Ah, entendi!!!! Realmente. O problema é que aqui em Brasília tem só uma mulher e eu, e ela deixou o livro dela no aeroporto.... :eek:
    Eu vou fazer propaganda desse site em outros fóruns...
    Mas quanto ao negócio do Release Point, eu entendi.
    Acho que vou deixar alguns lá na minha escola...
    :D
     
  10. egoNullius

    egoNullius Usuário

    O fato de só existirem duas pessoas de Brasília cadastradas, não é nenhum empecílio. Veja, qualquer pessoa que pegar seu livro, se ainda não for cadastrada no site, simplesmente o acessa e se cadastra com a mesma facilidade que você e começa a participar do site.

    Esse é um dos objetivos, além de falar sobre o site para seus amigos, conquistar novos usuários que encontram os livros mas nunca souberam do BookCrossing.
     
  11. egoNullius

    egoNullius Usuário

    Aos que não acreditam na "eficácia" do site, já posso comprová-la. Sim, pois a idéia (não propriamente dita) realmente funciona. Ontem eu recebi os dois livros a que me referi no primeiro post, da amiga que fiz dentro do site (dos EUA). Prova de que isso realmente funciona.

    Ainda mais agora que alguns entusiasmados como o sr. Cults andaram libertando vários livros pelo Brasil. :mrgreen: :D :wink:
     
  12. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    Não, eu nao mando livro meu assim para algum lugar que eu não conheço, para pessoas que eu nunca vi.

    Desculpe se parece meio reacionario e egoista no meu pensamento, mas eu nao rola confiança mesmo. Ainda mais porque tenho grande apreço por meus livros.
     
  13. egoNullius

    egoNullius Usuário

    Isso sem dúvidas ocorre. Eu também tenho um "ciúme" (se me permite assim classificar nosso apreço por nossos livros) por meus livros muito grande e nunca pensei em sair entregando-o a pessoas que nem ao menos conheço. Nem ao menos empresto meus livros facilmente a meus amigos do cotidiano.

    Quando comecei a visitar o site, confesso que a minha intenção era apenas de me beneficiar com os livros dos outros do que "libertar" meus próprios livros. Mas após ter recebido dois livros de uma amiga que conheci dentro do próprio site, em apenas uma semana de conversas (que fique claro que por desconfiança minha, pois não estava certo em entregar meu endereço a qualquer um e, por ela, teria enviado os livros imediatamente), ela morando nos EUA e eu no Brasil e sem nunca ao menos termos nos visto pessoalmente, meu apreço por meus próprios livros se redefiniu.

    Sou alguém que luta por direitos iguais a todos, que luta muito pela cultura nacional e, de repente, eu passei a pensar que eu posso contibuir para a cultura de outras pessoas participando da idéia do BookCrossing. Não me esqueço como me senti quando recebi das mãos do carteiro os livros, foi incrível, a confirmação de que a idéia é verdadeira e funciona, um pensamento de que se possa começar a circular centenas, milhares e depois até mesmo milhões de livros pelo Brasil e a esperança de que a cultura um dia seja acessível a todos que a desejam.

    Entretanto, é claro que as dificuldades para se desenvolver essa idéia no Brasil são muitas. A começar pelo preço dos livros, pois é muito difícil sair "libertando" livros que estão custando por volta de R$25,00. A insegurança e a criminalidade em que vivemos, nos dão a clara idéia de que seja quem pegar nosso livro, nunca irá se identificar no site. A forte desconfiança e o egoísmo cultural que temos hoje em nosso país, adquirindo cultura apenas a nós mesmos, ao nosso crescimento profissional, social, economico e etc, evitando que outros cresçam culturalmente conosco, eliminando concorrentes em nosso desesperador mercado de trabalho. Dentre muitos outros fatores.

    Eu ainda temo por isso, eu ainda não consegui "libertar" meus livros por ao menos um desses motivos. No entanto eu quero contribuir para a cultura de outras pessoas que estejam interessadas em meus livros e, agora eu conheço um bom meio para isso, o BookCrossing.
     
  14. Quisito

    Quisito GOD

    Isso não seria uma forma de pirataria de livros ?! :eek:
     
  15. Paulo

    Paulo Cabeça de Teia

    Porque seria? :o?: :o?: :o?:
     
  16. Quisito

    Quisito GOD

    Ué! Vc pode ler o livro que quiser sem pagar...
     
  17. egoNullius

    egoNullius Usuário

    Isso não costitui pirataria, afinal, o livro que você lerá é de alguém que o comprou e pagou os direitos autorais dele. Nada me impede de da-lo de presente a outra pessoa depois que o leio, mesmo que não saiba quem ela seja. :eek:

    A idéia do BookCrossing não é uma pirataria e o site nem ao menos aprova isso.
     
  18. Quisito

    Quisito GOD

    E quem garante que eu não estou mentindo quando seleciono a minha bookshelf ?!
     
  19. Cults

    Cults Usuário

    Bem, se você mentir em relação à estante de livros, isso será problema seu. Se alguém ver que você tem um livro interessante e quiser lê-lo, esse alguém vai pedir para você mandar o livro ou libertá-lo, e aí você vai ter que dizer que era mentira e tal. :mrgreen:
    Bom, é isso aí, já libertei três livros, vou ver se solto mais por aí...
    Eu também tinha medo de libertar meus livros. Mas percebi que era uma boa idéia, que não ia lê-los de novo, então resolvi libertar.
    Mas seria massa mesmo receber/enviar livros de/para alguém.
    :mrgreen:
     
  20. Thrain...

    Thrain... Usuário

    Eu achei a idéia mto boa memu... entrei nu site... codastrei-me....cadastrei uns livros(alguns mto bons mesmo).... ms qdo fui ver... NÃO TEM NINGUEM CADASTRADO EM CAMPINAS!!! :x :x
    Se a italia pode ter mais d mil cadastrados pq nos não podemos?? o q falta pra issu dah certo eh uma reportagem bem feita em uma revista ou num jornal... tenho certeza q aí iam aumentar em muito os usuários... 8-)

    PS:Alguem aí conhece um edior chefe d uma revista ou jornal? :roll:
     

Compartilhar