1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Canal de Literatura no YouTube.

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Renato Lira, 7 Dez 2017.

  1. Renato Lira

    Renato Lira Usuário

    Pessoal, boa tarde.

    No começo deste ano sentia necessidade de criar um canal sobre literatura no youtube, sou escritor e resenhista de um blog e o meu interesse de criar um canal era dar dicas, auxiliar outros escritores iniciantes que muitas vezes não tiveram o auxilio que procuro dar no inicio da carreira.
    O meu canal ainda é novo e confesso que ainda preciso melhorar e muito a começar pela qualidade da imagem, mas este tópico aqui não é para divulgar o meu canal, mas sim para pedir sugestões e opiniões.

    O que você espera assistir em um canal de literatura no YouTube?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Oi bem vindo ao fórum, Renato. =]

    No geral o que gosto em canais de literatura é que a pessoa diga sobre o que é o livro sem contar a história toda (é impressionante a quantidade de gente que faz isso, principalmente com contos) e diga sua opinião sincera sobre a história e não o que a editora (que lhe deu o livro) quer que ele ou ela diga. Que faça isso de maneira bem simples, sem precisar entrar em muitos detalhes "técnicos" como tradução (se for de autor estrangeiro) do movimento literário e coisas assim.
    É bacana e eu gosto de ouvir sobre essas coisas, mas sem aquela encheção de linguiça em que fica evidente que o ou a youtuber só quer mostrar o quanto sabe de tal assunto e o quão foda é. Acho isso um saco tatifeltriano enorme.

    No mais, e isso vale pra todo tipo de youtuber, nada de jabás sem sinalização de que é jabá (tudo bem fazer e ganhar uns trocos com propaganda mas diga que é propaganda, por favor!) nada de "OOOOIIIII PESSOAAAAAL!!!" "OOOOIII MEUZAMOREEESS!" "OOOOIIIII SEUZARROMBADOS!" e maneire nos cortes, sem fazer aquela coisa truncada em que parece que a pessoa nem respira entre uma frase e outra.

    Boa sorte e coloca o endereço aqui pra gente assistir. ;)
     
  3. Renato Lira

    Renato Lira Usuário

    --- Mensagem Dupla Unificada, 7 Dez 2017, Data da Mensagem Original: 7 Dez 2017 ---
    Oi Clara, muito obrigado pela sua resposta, o meu intuito aqui é procurar melhorar o meu canal, os primeiros videos ficaram bem ruins e também por questões financeiras e de equipamento, mas espero que você goste do meu conteúdo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  4. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Minhas sugestões são baseadas no que aprendi na época que tinha blog e fazia amvs e em depoimentos de dificuldades que youtubers comentam antes de parar de produzir.


    Vídeo:

    -A cobrança do público por câmera boa com imagem boa é alta e são investimento básico mínimo entre os canais de sucesso. Pessoalmente não dou tanto peso mas eu não sou muito comum porque entre capa e conteúdo sempre dou mais peso no conteúdo. Porém muita gente que assiste influencia no marketing do canal que é um ponto crítico do produtor do canal de vídeo e pode atrapalhar por não gostar da aparência. A estratégia do marketing tomará algum tempo.

    -É preciso alocar tempo na rotina diária da vida do youtuber para fazer edição de cada vídeo.

    -Cada vídeo de resenha deve ter sua introdução, desenvolvimento e conclusão (começo, meio e fim com abertura, legendas, imagens, gráficos, etc...). Deve ter um tema ou clima para não perturbar o conteúdo enquanto equilibra para não ser tedioso. O tema do vídeo personaliza o conteúdo com “cara” e o perfil do dono. Usar mesmas configurações técnicas, de cores, identidade visual, etc...

    -Deve haver proposta para o formato. Existe um “racha” entre o que faz sucesso com o povo (popular) e o que faz sucesso com a crítica (documentários com conteúdo mais detalhado e longo). Se for para agradar um pouco de cada pessoa (gregos e troianos) não espere muito porque eles sempre brigam mas há alternativas para os dois públicos.

    Por exemplo o programa inglês Japanology plus tem vídeos de 2 tipos sobre cultura japonesa, alguns curtos de até 5 minutos e outros mais longos de até meia hora. Alguns canais intercalam um vídeo curto com outro longo para públicos que tem mais afinidade com resumos e análises que vão pela popularidade. Enquanto isso os vídeos longos são como matérias mais aprofundadas com número maior de exemplos, mais locações, maior orçamento para gastar com viagens, hang outs/lives, entrevistas, etc... Vale fazer propaganda de cada formato no fim do vídeo para que as pessoas conheçam.

    -Quem tem blog costuma ter que ter pauta pronta para dias em que não poderá acessar o canal, então recomenda-se que se acumule vídeos não publicados para preencher o calendário das datas e horários das publicações. Num blog, como a mídia é mais antiga funcionava como as revistas e eram textos semanais, mas vídeos são mais ágeis que textos e as pessoas podem querer cobrar vídeos diários. Respeite sua proposta e seu ritmo, é preferível um canal com vídeo a cada quinze dias com um bom vídeo que um com vídeo a cada 6 horas e ruim.



    Som:

    -A cobrança pela qualidade é a mesma coisa dos vídeos. Equipamentos bons que apresentam som claro e nítido tem sido usados em bons canais. É um investimento e não um gasto.

    -Pode ser necessário fazer trabalho de edição de som igual se faz com a edição do vídeo (é necessário mais tempo na agenda para se fazer isso). De modo geral procure manter o volume das gravações na mesma altura para não ocorrer o amadorismo de canais locais que colocam propagandas com alturas diferentes e a pessoa tem que regular o volume em cada vídeo.

    -Escolha um cômodo ou sala com boa acústica, sem ruídos ou ecos. Decoração é opcional e pensar na iluminação não é opcional e tem que se escolher a combinação que cumpra a função. Dependendo do público e do tema ou segmento do vídeo isso pode não ser necessário.

    -Trilhas sonoras e músicas de fundo podem encrencar nos direitos autorais (STRIKES, ETC...)



    Roupas e Visual

    -Vídeo não tem como fugir de uma roupa ou visual de acordo com a proposta. Pode ter divulgação mas não deve ser a parte mais importante. Canais de TV aberta tem toda uma equipe com maquiagem, figurino, etc... Enfim, para algo mais oficial ou sério vale usar a roupa que você sai para estudar/trabalhar no dia a dia porque acho bem autêntico. Se for mais descontraído vai a roupa que se usa no shopping, mas eu não usaria sempre porque no mercado de trabalho a roupa ainda tem peso. Para algo teatral tem quem use cosplay ou roupa oficial do programa. Depende do canal.



    Conteúdo:

    Escreva um texto contendo o que vai apresentar, as referências, as recomendações, os comentários. Comente e justifique. Vai ser o roteiro, mas na prática no começo vai se parecer mais com um artigo que depois tem que ser mastigado e adaptado para o vídeo.



    Bem, boa sorte.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Renato Lira

    Renato Lira Usuário

    Muito obrigado pelas dicas, o som era um problema no inicio, agora graças ao celular e uma técnica na edição esse é um problema a menos, a iluminação também está boa, a roupa tem sido sempre casual e o local é o meu quarto, o meu lugar preferido no mundo.

    Caso queira assistir o meu canal segue o link abaixo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  6. hquest

    hquest Usuário

    Tem vários na internet, de audiolivros, etc, qual seria o diferencial do teu?
    Só não posto aqui os que conheço porque pode ser reportado e aí os canais somem por algum motivo.

    Se pudesse pôr material menos batido e pouco divulgado talvez chamasse atenção. Como exemplo esse que nunca vi serem narrados: Os Argonautas, Os sete contra Tebas, Eneida (em português; só achei em espanhol).
     
  7. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Cara, você é uma máquina! No melhor dos sentidos.
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1

Compartilhar