1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Britânica tem de escolher que filho salvar após carro cair em represa

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 8 Set 2010.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Rachel Edwards, de 39 anos, retirou a filha de 2 anos do veículo submerso, mas não conseguiu salvar o filho de 16.


    Uma mulher britânica foi forçada a escolher entre salvar a vida do filho de 16 anos ou da filha de 2 após seu carro cair em uma represa.

    Rachel Edwards, de 39 anos, dirigia o carro acompanhada dos dois filhos e de dois amigos do filho quando passou por um buraco e perdeu a direção na região de Lincolnshire, no nordeste da Inglaterra.

    Edwards, que estava grávida de seis meses na ocasião do acidente, no mês passado, conseguiu escapar do carro pela janela enquanto o veículo afundava.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    A britânica Rachel Edwards e seus filhos Isabella e Jack em foto de álbum de família. (Foto: Foto Caters)

    Os dois amigos do filho também conseguiram escapar pela janela e correram para buscar ajuda.

    Mergulho
    Edwards mergulhou a mais de três metros de profundidade para tentar resgatar os filhos, que ficaram dentro do veículo, e percebeu que não teria como levar os dois de volta à superfície.

    Ela decidiu então tomar a filha Isabella e levá-la à superfície, enquanto o filho Jack ainda estava preso no carro.

    relatou a mãe.

    Ela disse que o filho estava sentado ao seu lado no banco da frente, e que sua janela estava fechada porque ela havia pedido que ele a fechasse por causa do vento.

    Ela esperava conseguir deixar Isabella na superfície e mergulhar novamente para resgatar o filho, mas paramédicos chegaram ao local e a impediram de voltar para buscá-lo.

    Os serviços de emergência conseguiram tirar Jack do veículo, mas o adolescente já estava inconsciente e foi declarado morto ao chegar ao hospital.

    disse.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Afeee, que trsiteza...não tinha uma noticia melhorzinha não, coitada dessa mãe... u.u
     
  3. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Credo.
     
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Sem comentários. Perder um filho deve ser a pior experiência na vida de uma pessoa, ainda mais "achando" que poderia ter sido diferente.
     
  5. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    Imaginem se ela se chamasse Sofia!

    Ok, desculpem-me pelo humor negro, mas foi exatamente nisso que pensei ao ler a notícia. Uma das poucas formas de este caso ser mais cruel, suponho.
     
  6. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Isso me lembra a escolha do robô no filme Eu, Robô.

    A mãe tentou ajudar o filho menor, que é algo impulsivo.
     
  7. Tuor

    Tuor Usuário

    Nossa, que notícia!

    O que eu me pergunto é se o filho dela saberia nadar. Lendo a notícia dá a impressão de que ele apenas ficou parado dentro do carro. A janela dele poderia estar fechada, mas as outras estavam abertas. Por isso o restante do pessoal saiu.

    ...a não ser que ele tenha se desesperado. Ninguém pensa direito nesse caso.
     
    Última edição: 9 Set 2010

Compartilhar