1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"Auto da Barca do inferno" (Gil Vicente)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por #_Slash_#, 16 Mar 2003.

  1. #_Slash_#

    #_Slash_# Philip Marlowe Follower

    BOM eu tenhu q ler esse livor do Gil vicente mais a linguagem eh intranha !!alguem jah leu ??
     
  2. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    A linguagem é estranha porque é Português medieval :wink:

    Gil Vicente é tão importante para o teatro português que a gente quase pode dizer que não havia teatro de língua portuguesa propriamente dito antes de suas peças. São peças simples, de cunho religioso ou satírico quem vale a pena conferir, principalmente se formos atrás de noções sobre a sociedade da época (Gil Vicente fazia fortes críticas sociais em suas peças).

    Ah, sim. E é "auto", não "alto". Auto é o nome que se dava na Idade Média para qualquer peça curta, de tema religioso ou profano. :wink:

    Depois posto um trecho do Auto da Lusitânia, muito interessante, inclusive por causa do jogos de palavras.
     
  3. Prime Nazgûl

    Prime Nazgûl Usuário

    Eu ja li, gostei bastante. Se vc se esforçar, dependendo da edição, nem se preocupa muito com a lingua arcaica. :mrgreen:
     
  4. Agamennon Warren

    Agamennon Warren Desaparecido

    Esse livro é muito bom.

    A história, a linguagem, os trocadilhos e o jeito de contar a tornam um dos melhores autos que eu já li.

    Não se deixe assustar pelo português medieval, considere ele um charme do livro!
     
  5. Waters

    Waters Usuário

    Já li há muito tempo como trabalho escolar. No começo a linguagem pode ser difícil, mas se vc mergulhar nas palavras, imaginando as cenas como se estivessem sendo representadas por atores na sua frente vc vai achar ótimo. Pode parecer viagem minha, mas é assim que costumo ler os livros de linguagem difícil, como Os Lusíadas de Camões ou os poemas de Augusto dos Anjos.

    É classe!
     
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Segue o trecho que eu prometi. Reparem no jogo de palavras, centenas antes de qualquer propaganda de operadora telefônica aparecer, Gil Vicente já brincava muito com isso :wink:

    ...

    Entra Todo Mundo, homem como rico mercador, e faz que anda buscando alguma cousa que se lhe perdeu; e logo após ele um homem, vestido como pobre. este se chama Ninguém, e diz:

    Ninguém: Que andas tu aí buscando?

    Todo Mundo: Mil cousas ando a buscar:
    delas não posso achar,
    porém ando perfiando,
    por quão bom é perfiar.

    Ninguém: Como hás nome, cavaleiro?

    Todo Mundo: Eu hei nome Todo Mundo,
    e meu tempo todo inteiro
    sempre é buscar dinheiro,
    e sempre nisso me fundo.

    Ninguém: E eu hei nome Ninguém,
    e busco consciência.

    Berzebu para Dinato

    Berzebu: Esta é boa experiência!
    Dinato, escreve isso bem.

    Dinato: Que escreverei, companheiro?

    Berzebu: Que Ninguém busca consciência,
    e Todo Mundo dinheiro.

    ...
     
  7. Lucy Folha Dourada

    Lucy Folha Dourada The designer Raccoon!

    Gil vicente é mto bom msm
    eu to lendo "A farsa do Velho da Horta" e to adorando :obiggraz:
     
  8. Lady_Cardiaca

    Lady_Cardiaca Usuário

    sim, é muito legal o auto da barca do inferno. eu sempre gostei de autos.... mas a linguagem eh dificil mesmo.... mas dah pra levar tranqüilo.... :wink:
     
  9. Melkor- o inimigo da luz

    Melkor- o inimigo da luz Senhor de todas as coisas

    Slash, to um pouco atrasado pra dar uma explicação mas tudo bem... Hehehe, faço das palavras da Lovejoy minhas... O Auto da Barca do Inferno e o Auto da Lusitânia são demais, adoro ambos! Tente ler o Auto da Lusitânia principalmente, porque é o que mais me interessa... O Velho da Horta e "A Farsa de Inês Pereira" também são legais, ah, qualquer peça de Gil Vicente vale a pena! hehehehe
    Ah, uma parte da definição que a Lovejoy não lembrou de citar: Um Auto geralmente acaba com um milagre (como o próprio filme brasileiro, o Auto da compadecida, se você já reparou ^^)
    Na verdade, eu estou estudando isto este ano na escola, e vim pro fórum pensando em abrir um tópic sobre Gil Vicente...hehehehehe, por isso to me empolgando tanto, não repara não! =]
     
  10. Sir Galaaz

    Sir Galaaz Usuário

    Eu gostei muito do Auto da Barca do Inferno e do Auto da Lusitânia, gostaria de ler mais, mas a linguagem arcaica às vezes me deixa perdido e eu fico desestimulado a continuar.
     
  11. liteeliniel

    liteeliniel Usuário

    Eu ti ve que ler para a escola... o bom do libro eh q ele eh pequeno e rasoaval.. mais uma coisa q eu achi interessante eh q ele sobressalta o pensamento das pessoas da Idade Média virado para a Igreja Católica.
     
  12. Saranel Ishtar

    Saranel Ishtar Usuário

    Eu li ano passado por vontade própria, ou seja, nada de escola mandar ler! 8-)
    Achei bem legal, é uma espécie de pré-realismo meio surreal! :mrgreen:
    Gostei d'A Farsa de Inés Pereira tbém, bem interessante e engraçado! O ruim é o português arcaico msmo, a edição que eu li tinha que ler com dicionário...não tem nenhuma edição em português moderno? :o?:
     
  13. Elindrah_Gigi

    Elindrah_Gigi Usuário

    é...eu vou ter que ler esse livro para o 2º semestre. Espero que não seja muito difícil!
     
  14. Melkor- o inimigo da luz

    Melkor- o inimigo da luz Senhor de todas as coisas

    Relaxa Lady Gigi, é difícil mas é pequeno! Li a edição do Colégio Objetivo esse ano, tem a tradução de cada palavra, até mesmo das expressões bizarras de espanhol misturado com português...
    Pra você ter noção, Lady, eu recebi e li ele no onibus antes de chegar no clube. Ou seja, em uma hora. O chato foi ler Memórias Póstumas de um Sargento de Milícias, isso sim é grande e chato :/
     
  15. Agamennon Warren

    Agamennon Warren Desaparecido

    Esse é legal. Chato é o Memórias Póstumas de Brás Cubas. Se ele não estivesse morto eu matava ele. ô carinha mala!
     
  16. Eloredanna

    Eloredanna Usuário

    Nossa eu li semana passada para a escola...e nesse exato momento estou fazendo um trabalho com o grupo online sobre o livro^^"
    Mas é bom sim!! Bem...podia ser mto pior pelo menos... :lily:
    É bem curtinho!! A mniha edição tinha uma legendinha esperta q facilita muitoooo!!!
     
  17. É, eu também...
    Meu professor de teatro está querendo adaptar pra gente representar essa peça no final do ano... Quero só ver a chumbreguice que vai sair... :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
     
  18. Maria Pretinha

    Maria Pretinha Usuário

    Autos realmente são legais! E esse do gil vicente é particularmente muito bom!
    Eu tinha que ler um trecho para um trabalho de literatura ano passado e gostei tanto que li ele todo!
     
  19. Lady of Valinor

    Lady of Valinor Usuário

    jah li, e apesar de ter gostado da historia, eh bem critica e ironica, a linguagem eh F****, o que torna o livro chato
     
  20. Elindrah_Gigi

    Elindrah_Gigi Usuário

    Li ontem o esse livro e ADOREI!!! A linguagem é um pouco dificil, mas tirando isso, o livro é ótimo! Eu recomendo :mrgreen:
     

Compartilhar