• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

As melhores e as piores leituras de 2022

Espinosa sem saída (Luiz Alfredo Garcia-Roza)
Um dia ainda entendo porque tanta gente gosta dos livros do Garcia-Roza. Li dois romances policiais dele e não achei nada demais.

Sentimento do mundo (Carlos Drummond de Andrade) :naoteouc:
Eu vi o emoticon, mas eita!

Mas lembro mesmo de um post seu a respeito, sugerindo que seria possível cortar partes inteiras da peça, que não fazem muito sentido.
Não sei nem se é questão de não fazer sentido, mas de não ter necessidade de estar ali porque tá "travando" a história. Mas foi como eu disse no post: é uma peça criada a pedido do rei de então — já vá esperando altas doses de puxa-saquismo — e que foi sendo reescrita conforme recebia feedback do público. Não dá nem pra chamar de texto final, mas de uma transcrição — vide que há duas canções citadas na obra e que não são transcritas porque os editores supunham que os leitores sabiam de que se tratava e que estão presentes na peça A Bruxa, de Thomas Middleton.
 
Ano de poucas leituras, então três destaques só (em ordem cronológica) :

The Triumph of Achilles - Louise Glück
Simple Passion - Annie Ernaux*
The Elementary Particles - Michel Houellebecq


*feliz que esse vai sair logo ano que vem pela fósforo.
 
Achei que nada ia mudar, mas consegui achar uma leitura bem ruinzinha pro final do ano:

Piores:
  1. Coração-granada - João Doederlein (Paralela)
  2. A ilha misteriosa - Jules Verne (Zahar)
  3. Úrsula e outras obras - Maria Firmina dos Reis (Edições Câmara)
  4. Fausto, segunda parte - Johann Wolfgang von Goethe (34)
  5. As fontes do paraíso - Arthur C. Clarke (Aleph)
  6. O peso do pássaro morto - Aline Bei (Nós)
 
(Ordem cronológica de leituras)

Melhores
1. A biblioteca da meia-noite (Matt Haig)
2. E tu serás um ermo novamente (J. F. Botelho)
3. Fausto pt. I (Goethe)
4. A primeira história do mundo (Alberto Mussa)
5. A biblioteca elementar (Alberto Mussa)
6. O conto da aia (Margareth Atwood)
7. Eu, robô (Isaac Asimov)

Piores
1. Amor de bicho (Marcelo Labes)
2. Poemas de Natal (Igor Barbosa)
3. O avesso da pele (Jeferson Tenório)
 
Melhores:

1. Tomorrow, and tomorrow, and tomorrow (Gabrielle Zevin)
2. Shit Cassandra Saw (Gwen E. Kirby)
3. Alone With You in the Ether (Olivie Blake)
4. Cleopatra and Frankenstein (Coco Mellors)
5. A Kiss Before Dying (Ira Levin)

Piores:

1. Caraval (Stephanie Garber)
2. Funny You Should Ask (Elissa Sussman)
 
Piores
Trono de Vidro - Sarah J. Maas
O Fedor dos Anéis - Henry N. Beard

Nessas leituras descobri que meu gosto de leitura sarcástica mudou, e que realmente romances de jovem adulto continua não sendo algo que goste.


Melhores
Chang an Shi Er Shi Chen - Boyong Ma
Chang an Shi Er Shi Chen 2 - Boyong Ma
 
Dei uma olhada na descrição na Amazon e xonei pela sinopse.
Eu ainda quero escrever sobre ele (vou ter de reler, claro, mas me lembro de ter anotado uma ou duas coisas, muito marcantes, que eu queria escrever, enquanto lia o livrinho pela primeira vez — onde anotei? Não faço a menor ideia). E foi muito bacana que, quando o li, eu ainda estava com 35 anos, e, tirando um trem que não vou falar porque é spoiler, eu me identifiquei bastante com a protagonista. E eu acho que a identificação, para pessoas que são mais ou menos da nossa idade, é geral, e isso independe do sexo. Tenho certeza de que você vai gostar.​
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.404,79
Termina em:
Back
Topo