• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

A Fortaleza da Pedra Brilhante - O Jogo

Pepe

Usuário
Jonathan adentra ao local sorridente e feliz em ver seus amigos em segurança, sua vestimenta estava um pouco diferente do ultimo encontro com o grupo, sua armadura antes era um brilho fosco e esta havia um pouco mais de brilho, porem ainda não se podia ver o reflexo, apenas uma imagem turva, em sua cintura havia um cinto e vestia uma nova capa com o simbolo de Pelor.

o clerigo movimenta a cabeça em sinal positivo ao ver a insinuação do nimb e começa a se aproximar, ao dar os primeiros passos em direção ao grupo se pronuncia em resposta ao seu amigo gorpo: "A viagem foi cansativa, mas foi muito produtiva, o meu mentor esta muito bem e ainda me ensinou algumas magias e alguns golpes que poderei usar em nossas novas missões. E voce como passou estes longos dias?"
 

Lyvio

Usuário
Respondendo a Jonathan Gorpo diz:

-Treinando amigo clérigo, eu dispensei a Viper para ela viver em paz, muito tempo ela conviveu comigo desde que a conheci e achei melhor deixa-la viver a vida dela, rezei a Elhoma para que outro compnheiro me serviçe e me foi dado o Batro, O morcego atroz com sangue novo e revigorado, pronto para lutar ao nosso lado. Além disso, venho treinando com ele nessas duas semanas, melhorando nosso trabalho em conunto. Quanto ao Slifer... As coisas começaram a apertar e dificilmente ele batalhará conosco mais uma vez, servirá como mais uma compania agradável, além de vigiar a noite para evitarmos emboscadas, nos ajudar a caçar e etc.
 

Al Dimeneira

Dungeon Master
Era bom reencontrar os companheiros após algum tempo separados, mas o clima na taverna não era de muita felicidade, quase todos ali eram soldados: um grupo de anões com belas armaduras, outro de humanos com expressões preocupadas. Todos falavam ao mesmo tempo em um tom baixo que produzia um zumbido estranho pelo ambiente. Era difícil entender do que falavam, mas uma vez ou outra era possível, e o que eles ouviam não era muito animador.

Os anões pareciam revoltados com os elfos da floresta alta, que expulsaram os orcs de seu território mas se recusavam a ajudar as cidades do norte. Os humanos pareciam assustados, diziam que havia um frio sobrenatural vindo do norte, apesar do outono mal ter começado, alguns juravam que já havia neve ao norte do rio Mirar.

Uma jovem garçonete sardenta tentava quebrar o clima de tensão com alguns sorrisos para os guerreiros, mas tudo que conseguiu foi começar uma briga entre dois soldados bêbados Bertholdo e Jaman.

Quem quiser participar da briga, role a iniciativa.

Bertholdo: [roll0]
Jaman: [roll1]
 

Lyvio

Usuário
Ao ver a confusão Gorpo sobe na mesa e começa a gritar pedindo que parém:

-Parem de brigar!, não percebem que os inimigo são os Orcs e não nossos companheiros! A situação é dificil, e quanto mais homenes feridos tivermos pior, agindo dessa forma daremos vantagem ao nosso inimigo, não seja tolos! querem que suas familias sejam mortas, suas mulheres e filhas estupradas e sua cidade pilhada e completamente destruída!?

O druida gritava o máximo que podia tentando parar a confusão que se instalava no ambiente.
 

KingElessarEledwhen

Elder Dragon
Darton terminava calmamente seu gole de vinho e em seguida se lavantava como se nada estivesse acontecendo. Se aproxima do druida, coloca a mão em seu ombro e lhe fala:

"Caro amigo, já conheço esse tipo de gente, não adianta intervir, não passam de animais, mais selvagens do que os seus companheiros, sem ofensas. Agora se me dão licença eu vou atrás do Harpell."

Ele se encaminha para a porta e logo se vira novamente para o pequeno druida:

"A propósito... o vinho estava muito bom, obrigado."

O homem se virava novamente para a saída e passava pelos briguentos naturalmente como um dia comum numa taverna. Isso não era nada, as brigas por tesouros que ocorriam entre membros de guildas ávidos por riquezas geralmente eram mais brutais e terminavam em assassinato, mais conhecidos como "acidentes".
Se esquivava levemente dos dois guerreiros que se pegavam no chão. Naquele momento o ele parava do lado de um outro e tirando algumas moedas do bolso lhe dizia:

"Que tal uma aposta amigo? Estou com pressentimento de que o aquele irá ganhar, está com vontade de um joguinho?"

Ele balançava 5 peças de ouro para o outro e indicava o homem mais forte como vencedor.
 

Pepe

Usuário
O Clerigo olha a confusão e se aproxima para ver melhor o que esta acontecendo, ao se aproximar começa a fazer uma prece e utiliza a magia comando em um deles (o que estiver batendo ou estiver por cima) ao final da prece Jonathan fala a palavra "VENHA" em um tom alto e firme.
 

Lyvio

Usuário
O druida visivelmente contrariado pela confusão responde ao Ladino:

-Queriam esses homens serem tão civilizados quanto os animais, eles pelo menos brigam e matam para sobreviverem... e esses aí? Só pelo dinheiro. Soldados fúteis! Os animais são mais civilizados do que vocês...


E encerrava balançando a cabeça em siunal de reprovação.
 

Elda King

Senhor do passado e do futuro
"Nib ouve a proposta de Darton para um homem na taverna e sorri. Se aproxima dele com uma expressão marota, mas que não revela o que ele realmente está pensando.
'Cinco peças de ouro naquele ali, se ninguém mais entrar na briga.'
Ele aponta para Bertholdo ao dizer isso, e coloca uma mão no bolso para mostrar que está pronto a pagar essa vultosa soma."
 

KingElessarEledwhen

Elder Dragon
Darton agora via que seu dinheiro chamara a atenção e olhando para o bardo ele responde:

"Certo, eu aposto naquele... durante a luta isso pode se tornar mais interesssante..." e apontava para Jaman.

Darton era compulsivo por jogos, as vezes ele perdia muito, mas as vezes a deusa da sorte lhe favorecia e ele "enriquecia", tinha fama de nunca fugir de uma aposta. Nem sempre realmente pagava, as vezes ele enrolava motivo pelo qual alguns o juravam de morte. Notavelmente ele procurando um jogador achou um que parecia ter o mesmo gosto por apostas.
 

Dáin-Pé-de-Ferro

Citando posts esquecidos
Wardinok estivera sentado ao lado de Nib sem prestar a menor atenção aos arredores. Subitamente consciente da briga, ele se volta para os colegas e diz: "Bom. Vejo que todos já se fizeram confortáveis e estão bem. Isso é ótimo, mas percebo que um feiticeiro maligno e duas semanas sozinhos não fizeram muito para acalmar os ânimos." Seu olhar desliza para Gorpo, fazendo parecer que se diverte lembrando das trapalhadas do pequeno druida. Ele espera enquanto a briga prosegue, aproveitando para cumprimentar cada companheiro melhor.
[OFF]Desculpem a demora em postar; postarei o equipamento breve.[/OFF]
 

Lyvio

Usuário
Gorpo vê o olhar de Wardinock, e retribui virando o olho como se disesse que não pode fazer nada a não ser esperar. Lá fora, o barulho chama a tenção de Slifer que vez ou outra por curiosidade põe sua cabeça para ver o que está acontecendo.
O pequenino dirigi-se ao balcão junto de Nib e Thomas e senta-se, deixando suas pernas balançando enquanto observava a briga e a conversa acerca da aposta feita dentre os outros dois.
 

Al Dimeneira

Dungeon Master
Contente por Darton ter aceito sua proposta Nib começa a falar algumas palavras de incentivo para Bertoldo, e logo as palavras começam a ganhar ritmo e melodia até culminar em um discreto tapinha nas costas de Bertoldo.

Imediatamente o combatente sentiu uma coragem sobrenatural crescendo em seu peito e começou a se sentir invencível, afinal ele não poderia deixar passar um insulto tão grave quanto ... hum... bem ele não se lembrava mais qual era o insulto mais isso também já não importava.
A briga abriu um clareira no centro do bar e agora todos gritavam e observavam os dois homens se esbofeteando no meio do salão.


Briga no bar: (A CA de Bertoldo é 17 e a de Jaman é 16)

Rodada 1
Ataque desarmado de Betoldo: [roll0]
Dano: [roll1]
Ataque desarmado de Jaman: [roll2]
Dano: [roll3]
Rodada 2
Ataque desarmado de Betoldo: [roll4]
Dano: [roll5]
Ataque desarmado de Jaman: [roll6]
Dano: [roll7]

Rodada 3
Ataque desarmado de Betoldo: [roll8]
Dano: [roll9]
Ataque desarmado de Jaman: [roll10]
Dano: [roll11]

Rodada 4
Ataque desarmado de Betoldo: [roll12]
Dano: [roll13]
Ataque desarmado de Jaman: [roll14]
Dano: [roll15]

Rodada 5
Ataque desarmado de Betoldo: [roll16]
Dano: [roll17]
Ataque desarmado de Jaman: [roll18]
Dano: [roll19]

Rodada 6
Ataque desarmado de Betoldo: [roll20]
Dano: [roll21]
Ataque desarmado de Jaman: [roll22]
Dano: [roll23]

Rodada 7
Ataque desarmado de Betoldo: [roll24]
Dano: [roll25]
Ataque desarmado de Jaman: [roll26]
Dano: [roll27]

Rodada 8
Ataque desarmado de Betoldo: [roll28]
Dano: [roll29]
Ataque desarmado de Jaman: [roll30]
Dano: [roll31]

Rodada 9
Ataque desarmado de Betoldo: [roll32]
Dano: [roll33]
Ataque desarmado de Jaman: [roll34]
Dano: [roll35]

Rodada 10
Ataque desarmado de Betoldo: [roll36]
Dano: [roll37]
Ataque desarmado de Jaman: [roll38]
Dano: [roll39]

Rodada 11
Ataque desarmado de Betoldo: [roll40]
Dano: [roll41]
Ataque desarmado de Jaman: [roll42]
Dano: [roll43]

Rodada 12
Ataque desarmado de Betoldo: [roll44]
Dano: [roll45]
Ataque desarmado de Jaman: [roll46]
Dano: [roll47]

Off.: KingElassar, acredito que não tem como o Darton perceber o que o Nib fez, caso você ache que ele tem alguma habilidade para isso informe.
 

Al Dimeneira

Dungeon Master
Após um sucessão de golpes poderosos Bertoldo derrubou Jaman que caiu inconsciente no chão.

O vencedor foi saudado por seus amigos enquanto uns outros carregavam o perdedor para fora da taverna.

Era hora do acerto de contas entre Darton e Nib.
 

Dáin-Pé-de-Ferro

Citando posts esquecidos
Wardinok olha para Bertoldo um pouco desconfiado. Conhecendo Nib, não era de seu feitio fazer uma aposta honesta, e Wardinok teve a impressão de captar uma ligeira distorção na Trama quando Nib foi falar ao homem. Ele se concentra na figura do homem, tentando averiguar a existência de algum efeito arcano sobre ele.
Identificar Magia: [roll0] -> +2 da sinergia com Conhecimento (arcano), que não está na ficha
 

KingElessarEledwhen

Elder Dragon
Darton era um homem desonesto e trapaceiro, mas quanto a tal jogo nada podia ser feito para favorecê-lo, mal sabia que o adversário havia trapaceado. Sabia reconhecer um bom jogador quando via um. Enquanto entregava as moedas a Nib com um ar desapontado, disse...

"Você é um jogador perspicaz caro rapaz. Ainda reaverei este dinheiro... Intuição muito boa a sua..."
 

Lyvio

Usuário
Gorpo apenas assiste a Briga enquanto essa se desenrola, ele vê Nib evocando uma canção, mas nada lhe chamou atenção, tendo em vista ele não estar nem aí para a confusão, ao final Bertoldo vence, parece que a canção de Nib teve algum tipo de influência, mas ele pouco se importa.
 

Dáin-Pé-de-Ferro

Citando posts esquecidos
Wardinok aproxima-se de Nib e diz a ele:
- Bela aposta, Nib. O homem deve ter se sentido muito motivado naquele momento, não? Por falar nisso, digo e repito: Você tem um belo talento para a Arte, se resolvesse aplicá-la a um treinamento sério poderia se tornar um mago verdadeiro em pouco tempo.
 

Elda King

Senhor do passado e do futuro
"Nib responde a Darton:
'Quando você possui um mínimo de experiência, não é difícil diferenciar um ganhador de um perdedor... Não é tão difícil saber em quem ou com quem apostar.'
Nib ouve os cumprimentos de Wardinock e ignora a óbvia provocação em suas palavras:
'Obrigado, amigo, mas creio que minha especialidade é outro tipo de arte...'"
 

Al Dimeneira

Dungeon Master
Ruidoso como um trovão, um anão entrou pela porta da taverna gritando:

"- GRUNWALD ESTÁ CERCADA! GRUNWALD ESTÁ CERCADA! APRESENTEM-SE TODOS AOS SEUS CAPITÃES, ESTAMOS PARTINDO PARA A GUERRA!"

E tão rápido quanto entrou, o anão saiu da taverna, logo em seguida uma grande agitação tomou conta do salão: todos os soldados recolheram seus pertences apressadamente e um pequeno tumulto se formou enquanto o taverneiro cobrava a conta de alguns malandros que tentaram sair sem pagar.

A taverna esvaziava rápidamente enquanto os companheiros decidiam qual seria seu próximo passo.
 

Lyvio

Usuário
-Nossa!, a situação está pior do que imaginei...Vamos todos!

falava Gorpo para os demais

-Batro, Slifer! o Dever Nos chama.

Rapidamente o Morcego e o Cachorro se postaram de frente para a porta e seguiram Gorpo assim que ele saiu esperando os demais.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.595,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo