1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

d20 System [4e] campanha no pendor das sombras [off]

Tópico em 'Play by Forum' iniciado por evincarzed, 1 Mar 2010.

  1. evincarzed

    evincarzed Usuário

    Eita! Perdemos todo o início e primeira parte da aventura.
    Vou ver se continuo de onde paramos, e alguns jogadores do grupo 1 vão jogar com o grupo 2 no primeiro nível.
    Assim que A Noite Mais Escura passar, vamos upar os personagens e fazer um grupo só. Fica menos complicado assim.
    Quem quiser continuar, é so comparecer.
     
  2. Lyvio

    Lyvio Usuário

    To Dentro!
     
  3. evincarzed

    evincarzed Usuário

    Seguem abaixo os últimos posts do tópico

    Strigwyr e Haoc (piloto automático)

    Vendo que a proximidade com o cavaleiro era um risco muito grande, Haoc e Strigwyr recuaram para trás da ala norte da mansão, correndo para a escuridão. Strigwyr e Haoc podiam sentir o cheiro da traição, junto com o de madeira queimada. À medida que se afastavam do clarão da fogueira e seus olhos se perdiam na escuridão, ambos começaram a tatear as paredes, até que o ranger sentiu o que parecia ser uma janela. Atrás deles, os sons de vários passos, apressados como os seus, indicavam que a horda de mortos seguia o som de seus passos. Com um puxão em Strigwyr (para que o som de sua voz não sinalizasse sua posição para os desmortos), Haoc se pendurou na janela e a escalou com todo o cuidado, ajudando Strigwyr a fazer o mesmo no maior silêncio possível, ambos se apoiando no parapeito e agarrados às vigas do telhado.
    Miraculosamente, conseguiram fazê-lo a tempo e em silêncio suficiente para evitar os desmortos, que pelos sons de seus passos passavam direto correndo.
    Aparentemente, os mortos estavam tão cegos na escuridão quanto eles.
    ============================
    Drew começava a zombar dos zumbis vendo o poder de Daros em ação.

    "Venham seu monte de saco de ossos... nós não temos medo de vocês!"

    E entoando uma melodia curta em Lá, forças arcanas se projetam na direção do esqueleto mais a frente.

    Ataque(Will): (1d20+4)[2](6)
    Dano: (1d6+4)[6](10)
    Efeito: -2 penalty to attack rolls until the end of your next turn.

    Spoiler:

    Vicious Mockery
    Attack: Charisma vs. Will
    Hit: 1d6 + Charisma modifier (+4) psychic damage, and the target takes a -2 penalty to attack rolls until the end of your next turn.
    =======================================
    Daros vê o estrago que fez com seu poder e olhando fixamente para os dois esqueletos ele ameaça:

    -Esse é o poder do grande pelor, em cinzas vocês se tornarão criaturas imundas!

    Dito isso ele aponta para o esqueleto em sua frente com seu cajado, então mais uma luz brilhante insurge na ponta de seu caja então com um movimento ele aponta para o esquelo, uma poderosa luz emana em linha em direção ao esqueleto na tentativa de findar com a vida dele.

    Mecânica:

    Spoiler:


    Daros usa seu poder diário luz vingativa:

    Luz Vingativa [Avenging Light] Ataque de Invocador 1
    Você destrói seu inimigo com uma cauterizante orbe de luz, o qual queima com o fogo da vingança se seus aliados estiverem feridos.
    Sem Limite ✦ Divino, Implemento, Radiante
    Ação Padrão à Distância 10
    Alvo: Uma criatura
    Ataque: Sabedoria vs. Fortitude
    Sucesso: 1d10 + seu modificador de Sabedoria de dano radiante. Se um aliado sangrando está adjacente ao alvo, o ataque causa seu modificador de Constituição de dano radiante extra.
    Nível 21: 2d10 + seu modificador de Sabedoria de dano radiante.

    Ataque:
    (1d20+4)[8](12)

    Dano
    (1d10+5)[4](9)>>>+1 de dano pelo contrato da ira
    =========================================
    Galdar

    O paladino corria contra o tempo, corria contra a noite, que já lhe mordia os calcanhares.
    Seu cavalo avançava como um louco, forçado pelas esporas e rédeas do humano que desesperadamente tentava chegar a Abrigo de Inverno antes da Noite Mais Sombria.
    O sol, que antes era uma visão reconfortante, agora se escondia ameaçadoramente atrás das montanhas a oeste, atrás do paladino, enquanto ele apressava ainda mais o pobre animal a correr pela neve.
    Como um predador, a sombra da montanha avançava sobre ele, cobrindo-o como o manto da morte.
    Galdar não podia evitar de pensar nos sinais de que a Rainha de Rapina apresentava para a congregação em Quedas do Templo, nem nos mensageiros de Azalin Rex, Rei de Darkon, que incessantemente ordenavam que os poucos paladinos do reino partissem em incessantes buscas e missões, sempre perigosas e recheadas de dilemas morais. Para uma religião neutra como a da Rainha de Rapina, as tarefas eram mais brandas, mas não menos perigosas.
    "Malditas intrigas palacianas!" Pensou consigo mesmo, enquanto vislubrava ao longe o vilarejo.
    Não viu muito mais, pois a escuridão finalmente o alcançou, cegando-o como uma mortalha. O paladino sabia que acender uma luz seria convidar a morte, então se esforçou para tentar manter-se na trilha, mesmo sem vê-la.
    O inevitável finalmente ocorreu, e o cavalo caiu e derrubou Galdar com violência, enquanto relichava de dor com a perna quebrada.
    Dolorido, o paladino correu, deixando o cavalo para trás. Não podia salvar o pobre animal, e os mortos-vivos ouviríam seus protestos de dor e farejaríam seu sangue.
    Ainda não era a hora de enfrentar a escuridão, Galdar sabia, assim como sabia que não faltaríam oportunidades ainda naquela terrível e longa noite.

    Correndo, o paladino trombou com o que parecia ser uma muralha de madeira, e lá dentro da cidade, sons de crepitar de chamas se faziam ouvir, assim como uma luminosidade alaranjada, característica de fogo, que iluminava a fumaça que se erguia.
    Com essa fraca luminosidade, o paladino conseguiu se orientar o suficiente para chegar aos portões, estraçalhados e escancarados, de onde viu a cidade.

    Em um grande prédio ao leste, chamas subíam descontroladas, uma figura diabólica montada em um corcel negro e flamejante parecia fazer algo com o fogo.

    A cidade fervilhava de movimento, na penumbra, e gritos de pessoas horrorizadas se faziam ouvir

    A mensagem do clero e do rei estavam corretas. Uma grande ameaça havia se erguido em Abrigo de Inverno, e o próprio poder do rei (que guardava od vivos dos mortos durante tanto tempo) havia de algum modo sido suspenso. Os mortos agora se banqueteavam com os vivos, e isso o paladino não podia permitir.
    "- Parece que a oportunidade finalmente chegou..." murmurou consigo mesmo, sacando sua falcione e empunhando-a com as duas mãos.

     
  4. evincarzed

    evincarzed Usuário

    Senhores, não sei como continuar a aventura.
    O site não está permitindo o upload de imagens e arquivos em anexo, então teríamos que fazer todas as rolagens e movimentação sem mapa, o que acho um tanto difícil.
    O que acham?
     
  5. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Evins jogar a 4 edição sem mapa é quase impossível(ou pelo menos se perderia toda a graça). Sugiro que tente serviços alternativos para hospedar suas imagens, como por exemplo o ImageShack(eu particularmente não gosto) ou o Picasa, no post tem opção de inserir imagem do link se não me engano.
     
  6. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Pois é da um jeito ain evin, tem o RPG maker que vc pode baixar que dá muito bem pra fazer mapas.
     
  7. evincarzed

    evincarzed Usuário

    A parada não é fazer o mapa, é compartilhar ele. vou ver se coloco no google docs, mas fica difícil de dar share no meu trabalho, porque é bloqueado.
    De repente, eu mando via e-mail pra galera
     
  8. PhantomLancer

    PhantomLancer Tauren dançante assusta um

    VOLTEI =DDDDDDDDDDDDDDDDD
    Desculpa por ficar quase 1 mês fora, mas minha rua de botafogo é a única que não tem a velox. Recebi hoje um 3g fedorento que cai toda hora. Queria voltar pros rpgs se der!
     
  9. evincarzed

    evincarzed Usuário

    Phantom, vai jogar com o strig ou não? ele e o Haoc tão no telhado vendo o cavaleiro.
     
  10. PhantomLancer

    PhantomLancer Tauren dançante assusta um

  11. PhantomLancer

    PhantomLancer Tauren dançante assusta um

    Evin, tem o BG do strig aí?
    Tava querendo botar na minha assinatura mas acho que deletei o arquivo .txt
     
  12. evincarzed

    evincarzed Usuário

    Rapaz, o BG do Strig tava no fórum. depois que teve aquele cataclisma, o BG se perdeu
     
  13. PhantomLancer

    PhantomLancer Tauren dançante assusta um

    Poizé. Ontem eu tava reciclando alguns arquivos e achei um tal de showtread.php creio eu. Como um bom curioso que eu sou dei uma olhada nas primeiras linhas de comandos e tal e ví escrito valinor. Fui decendo rápido e achei a minha assinatura num parágrafo gigante de umas 15 linhas. Mas o bg foi antes de vc ter alterado. Vou postar e tenta dar aquelas mudanças que vc tinha feito.

    ~~Strygwyr BloodHunter~~

    “Meu pai dizia que eu tinha um dever a fazer enquanto fosse vivo, mas Ele me dava um propósito para viver. Meu pai dizia que eu fora feito para ajudar os outros, mas Ele me dizia que o prazer era melhor. Meu pai dizia que eu nunca deveria matar, mas Ele era saboroso demais. Meu pai me chamou de monstro, mas Ele me chamou de caçador. Meu pai quis me punir, mas quem me ensinava agora era Ele. Pois a cada ser que eu matava, era d’Ele que eu me saboreava. Mas os homens não me entendiam, assim como não conheciam os segredos d’Ele. Pois os homens ficavam com medo quando O viam, e eu sentia prazer. Alguns homens dizem que ao ser criado, demônios me tocaram. Outros acreditam que ao ser criado, despejaram mais d’Ele que deveriam em minha fórmula. E os homens me expulsaram de perto deles pois tinham medo de mim.”

    Strygwyr BloodHunter é um sanguinário golem de carne, criado por um famoso alquimista que procurava fazer um construto que servisse ao exercito, incapaz de fazer mal a qualquer inocente, mas o tiro saiu pela culatra e o resultado foi uma criatura viciada em sangue, incapaz de ser controlada. Os homens preferiram expulsá-lo a matá-lo pois Strygwyr ainda só havia assassinado malfeitores, mas Refúgio de Inverno era sua casa e cinco anos depois de ser expulso Strygwyr volta ao vilarejo. Havia gente querendo acabar com o vilarejo, e Strygwyr não gostou dessa idéia.
     
  14. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Evins, por favor poderia me passar a ficha do Drew(no CB se possível), eu havia perdido ela com problemas de formatação no PC. Ou então suba ela no iPlay4e onde tem opção para o download do arquivo para o CB. A fim de que eu consiga consultar mais facilmente as estatísticas dele(eu geralmente gosto de fazer isso direto no CB e não em PDF, pois lá eu consigo marcar poderes usados e HP restante).

    Obrigado.
     
  15. evincarzed

    evincarzed Usuário

  16. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

  17. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Sinceramente não consegui me lembrar de qual criatura enfiaria um machado na cabeça de um touro(ainda mais um carnívoro... visto que olhando os minotauros ou criaturas "taurinas" nenhuma apresenta dentes carnívoros). Não consegui concluir nenhuma língua específica baseado na minha ficha(no caso... somente elfo e comum) que pareça se adequar a tal situação.

    No mais, vou rolar alguns testes de conhecimento para ver se algum esclarecimento pode ser dado sobre que tipo de criatura fizera aquilo, etc.

    Dungeonering: [roll0] - talvez Drew já tenha visto ou ouvido falar de similar tranca nas suas expedições ou leituras.

    Insight: [roll1] - Talvez a boa intuição do bardo conseguisse ligar aquele símbolo a alguma cultura que já conheça ou a alguma experiência passada, ou então traga uma dedução sobre o que cada elemento que compõe o símbolo significaria.

    Nature: [roll2] - Para ver se Drew se lembra de algum ponto em particular que esclareça biologicamente se há alguma animal com aparência de touro e dentes carnívoros.
     
  18. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Vale Asmodeus o caramba! Se vc tivesse falado Baphomet já tinha matado de primeira, ahuahuahuahua. Zuera... mas ainda assim jamais te perdoarei por isso, ahuahuahua. :lol::lol::lol::lol:
     
  19. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Gente meu PC tve um pro grave nem swei quando volto.
     
  20. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Bem, aproveitei que tava na casa de parentes esse FDS para fazer os pots agora só no próximo enquanto meu pc não se ajeita.
     

Compartilhar