1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

10,000 de Isengard (É...não sei não viu!!!)

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Lord Khamûl, 12 Mai 2008.

  1. Lord Khamûl

    Lord Khamûl Usuário

    Lendo mais as duas Torres, especificamente os capítulos sobre o Abismo de Helms e Escombros e Destroços fico pensando a respeito de Saruman.

    Não sei até que ponto ele estava convencido de que com apenas 10 mil ele iria dar conta de cumprir seu objetivo de dominar toda Rohan.

    Tudo bem, que números muitas vezes não diz nada e o que importa são as estratégias e o modo de encarar uma guerra, mas como Saruman queria muito, mandar dominar um reino com 10 mil, acaba sendo um tolice e até infantilidade e inocência por parte de Saruman.

    No meu modo de ver, penso que ele deveria estar com um exército maior e mais preparado para tais fins e nunca deixar Isengard vazia, nossa que falta de cuidado para quem queria ser um dos grandes na Terra Média.

    Puxa vida e ainda mais; se esquecer dos ents para piorar sua situação.

    Saruman vacilou legal!

    O que vocês acham sobre as atitudes de Saruman querer dominar um grande reino como Rohan com apenas 10.000 guerreiros e um pouco mais do que isso eu acho?


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. moriel

    moriel Banned

    Bem besta, eu acho.
    Afinal, o exército de Rohan era da ordem de 10 000 guerreiros também.
     
  3. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Não concordo.

    O que derrotou Saruman não foi a sua estratégia de combate que foi no minimo boa.
    Foi a estratégia de Gandalf e a sorte dos dois hobbits de encontrarem Barbárvore e insitar os Ents para a guerra.

    Explico.

    Saruman tinha uma boa estratégia. Com um espião, minou as forças do Rei (tendo o Rei ficado nas mãos de Grima) prendendo vários de seus grandiosos soldados e espalhando suas forças por pequenas batalhas ao longo de Rohan.

    Feito isso, encurralou todos os sobreviventes no Abismo de Helm e mandou 10 mil soldados fortemente armados e com uma surpresa (a explosão dos Muros da fortaleza). Ele ficaria ali, matando de pouquinho ou de fome, uma vez que os soldados do Rei eram pouco numerosos e uma hora teriam que sair de lá para no mínimo arrumar alimentos.

    O que aconteceu é que Gandalf agiu rápido. "Acordou" o Rei e depois foi em busca dos soldados que estavam espalhados por Rohan.
    Junto com isso a SORTE da Marcha dos Ents para acobertar esse "resto" de exército de Rohan.

    Por fim.
    Saruman foi perfeito. Mas Gandalf + Sorte (Ents) foram mais perfeitos.
     
  4. Asca

    Asca Usuário

    Concordo com o Mene. Saruman agiu muito bem dentro de Rohan. Imaginem se o rei ainda estivesse sob o domínio de Grímma? Saruman simplesmente atacaria Edoras, o rei não faria nada, os guerreiros iam estar sem líder para lutar e encoraja-los e mesmo que Éomer voasse ao invés de cavalgar, não conseguiria segurar o maciço ataque a Edoras. Uma vez que o rei não instigaria as pessoas a fugirem para o Abismo.
    A sorte e a rapidez do Scadufax definiram esta batalha, pois sem nosso puro sangue inglês, Gandalf não alcançaria Éomer a tempo. ;P
     
  5. Tuor

    Tuor Usuário

    É verdade que 10.000 era pouco, mas Saruman tinha a garantia de que Éomer e os cavaleiros estavam distantes e que Théoden estava sob seu comando através de Gríma. Com isso, não havia necessidade nenhuma de Saruman esperar, se com aquele número seria suficiente para que ele dominasse Rohan.

    Percebe-se isso porque Gríma chegou a Isengard depois que esta foi inundada, ou seja, depois que Isengard estava vazia e os Ents liberaram o rio. Antes disso, Saruman, pelo que se vê, não sabia o que estava acontecendo, e o que Gandalf estava "aprontando". Se soubesse, ou se Gríma chegasse antes para avisá-lo, dificilmente, IMO, liberaria o exército, pois ficaria receoso com o que Gandalf poderia fazer ou tentar fazer.
     
  6. Cael

    Cael Usuário

    eu acho que foi uma boa estrategia de saruman mas o que fez que ele perdesse essa batalha naum foi o numero mas sim o estrategia de gandalf e a sorte dos hobbits encontrarem barbavore e o fazer atacar isengard com os ents em...
     
  7. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Perfeito!
    Complementando...

    Burrice de Saruman seria se ele mandasse todo ou a maior parte de seu exército para o Abismo. Não precisava.
     
  8. Lord Khamûl

    Lord Khamûl Usuário

    Não quis desmerecer Saruman por completo, simplismente verifico que ele confiou demais em suas ações. Se suas ações fossem 100% perfeitas e se ele agisse com 100% de estratégia de dominação nada tinha dado errado para ele.

    Eu quis dizer que apenas 10 mil guerreiros não eram o suficiente para que Saruman dominasse um amplo reino como Rohan até porque haviam vários guerreiros de Rohan espalhados por todo o reino, de norte a sul e de leste a oeste.

    Saruman foi inteligente e bem estratégico como vocês disseram, eu concordo, foi brilhante, mas seu brilhantismo não atingiu a perfeição de seus objetivos estratégicos e ele nas próprias palavras de Gandalf, foi um grande tolo ao agir daquela forma, forma esta que ele colocou na cabeça que eram as melhores e mais estrategicamente corretas.

    Ele se esqueceu dos ents, um fator fundamental para determinar sua derrrota. Onde ja se viu deixar Isengard esvaziada somente com alguns guerreiros e orcs trabalhadores e etc.

    Agora, Gandalf sim foi o grande e maior estrategista de toda a Guerra do Anel e ele soube jogar certinho contra os inimigos e além claro, de contar com a sorte. Além dos hobbits que deram a maior força para instigar os ents a irem para a guerra.
     
    Última edição: 12 Mai 2008
  9. Morgomir

    Morgomir Ou não.

    Talvez ele precisasse atacar rápido, justamente antes que Gandalf agisse.
    Dessa forma, talvez fosse melhor atacar com menos soldados e (teoricamente) não correr o risco algum.
     
  10. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário


    A chave da resposta é essa. Ele parou os ataques depois que matou o Théodred se continuasse...
     
  11. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Então...ele não precisava dominar TODO o reino. Bastava matar o Rei. E pra isso 10 mil dava e sobrava.

    Não. Ele não se esqueceu. Tanto que Barbárvore diz que Saruman andou pela floresta vestido de branco e oferecendo amizade.
    Ele foi lá especular como os Ents estavam e estavam como sempre.
    Então não eram um perigo.


    Certo, mas ele não sabia sobre Gandalf.
    Já percebeu que tudo o que deu certo para Gandalf envolvia o "FATOR SURPRESA"?
    Acha que foi sem querer?
    Isso mesmo. Esse era o pensamento dele.
     
  12. Lord Khamûl

    Lord Khamûl Usuário

    Pois é, bastava apenas dominar o rei e controlar Edoras e o Abismo de Helms que dava conta.

    Claro que não, para quem queria dominar todo o reino de Rohan e esta era o seu principal objetivo, os seus efetivos eram poucos.
     
  13. Morgomir

    Morgomir Ou não.


    É, mas ele não estava mais com Gandalf preso em Orthanc. Ele poderia adivinhar..... A não ser se ele soubesse do que se passou em Moria, mas acho pouco provavel.
     
  14. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    A falha de Sarumam foi na Segunda Batalha dos Vaus, onde poderia ter soltado mil soldados por Rohan. Ele preferiu recuar, após matar o filho do Rei. Esse foi seu erro (é dito isso em CI). Caso ele continuasse atacando, interceptaria a marcha do exército do rei, e os derrotaria em campo aberto, já que eram 10mil contra mil cavaleiros (pois os Helmingas estavam em Helm, e eram mil também). Aì sim, ele seria vitorioso. Seu erro foi esperar muito.
     
  15. Arveleg

    Arveleg Men of The West

    Eu acho que sabia sim! Até mesmo porque ele sabia do temor de Gandalf em atravessar Moria. Ele sabia da existência do Balrog em Moria.
     
  16. Calenardhon

    Calenardhon Cavalariço de Rohan

    Na verdade essa guerra, e a guerra em Gondor, ambas foram vencidar por causa da sorte
    E se são uma só guerra, as batalhas foram vencidas na sorte
    Porque se não tivesse sobrado ninguém do Folde Ocidental, dificilmente os defensores do Abismo venceriam
    E se os ents não tivessem se enfurecido, Isengard provavelmente não seria destruída
    E sem o auxílio de Rohan em Pelennor teria sido um completo desastre
    Gandalf foi muito esperto em qualquer ocasião, mas contava mais com a sorte do que com qualquer outra coisa, porque por exemplo não tinha como ele saber se Frodo tava vivo ou tava com o Anel quando os Capitães do Oeste marcharam pra Mordor, e nem sabia se ele tava perto de Orodruin pra tacar o anel lá
    O principal fator das batalhas da trilogia foi sorte
     
  17. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário

    Não Mene, isso foi muito antes de ele trair ambos os lados, antes mesmo de começar seus estudos. No SDA o capítilo - O Cavaleiro Branco, Gandalf diz: - E durante todo o tempo há um outro perigo muito próximo, que ele não enxerga, ocupado que está com seus pensamentos inflamados. Esqueceu Barbárvore.

    Saruman não tinham nem conhecimento sobre o novo meio de tranportes dos Nazgûl (aquele bicho de asas)

    Perfeito!!! :joinha:
     
  18. moriel

    moriel Banned

    Bem, não consigo entender a importância estratégica de matar Theoden, de forma alguma.
    Se Theoden morresse, Éomer ou algum outro idivíduo suficientemente corajoso e talentoso assumiria o comando de Rohan.
    Theoden era, na verdade, um dos maiores trunfos de Saruman, pois permitia manter Rohan desorganizada, impedindo qualquer resistência mais ou menos eficiente.
    Sem contar que a morte do rei seria um estímulo e tanto para o povo se organizar por conta própria e lutar com tudo.
    Para mim, ele tinha mais chances de se sair vitorioso com Theoden vivo do que com Theoden morto.
     
  19. Calenardhon

    Calenardhon Cavalariço de Rohan

    Concordo. Se Théoden morrese, provavelmente Éomer assumiria, e não iria deixar Gríma enfeitiçar ele com palavras como fez com Théoden, e iria reorganizar o exército, etc e tal
    Faria basicamente o mesmo que Théoden fez quando Gandalf quebrou o encanto de Gríma
     
  20. wsnjr

    wsnjr Sir Auron


    Eu também não acho que Saruman vacilou taaanto assim, veja bem ele não precisava se preocupar tanto com as defesas de Isengard, pois ali já era uma bela fortaleza e bem fácil de se defender, sem falar que ele deveria estar constrindo algo para se proteger lá dentro. E ainda tem Orthanc, que era virtualmente indestrutível pois mesmo os Ents em modo "berserk" só conseguiram trincar a torre. E se por acaso algum exército tentasse fazer um cerco na torre para esperar Saruman morrer de fome ou algo assim, ele tinha uma boa chance de convencer os soldados a não lhe fazerem mal, pois Saruman tinha uma lábia muita boa.


    E na minha opinião Saruman só agiu dese modo "precipitado" pq ele deve ter se sentido pressionado, pois ele via através do palantír que Sauron já estava pronto pra guerra, ou seja ele estava cercado com Rohan de um lado e as forças de Mordor vindo por outro, então quanto mais cedo ele se livrasse de um dos dois, melhor.
     

Compartilhar