1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sisters of Mercy

Tópico em 'Música' iniciado por .Gabil-Nala., 27 Ago 2003.

  1. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    Bom, uma banda como o Sisters merecia ter um tópico a muito tempo! Entao aqui venho eu fazê-lo. :)

    Posso começar dizendo que essa banda no que tange aos anos 80, o gótico ou pós-punk, é um dos grandes expoentes. É uma banda que personifica com muita perfeição tudo encorporado a essa época.

    Os caras lançaram três albuns:

    First and last and always

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ano: 1985

    Musicas:
    - Black Planet
    - Walk Away
    - No Time To Cry
    - A Rock And A Hard Place
    - Marian (version)
    - First And Last And Always
    - Possession
    - Nine While Nine
    - Logic
    - Some Kind Of Stranger

    Formação:

    Andrew Eldritch - Vocals
    Wayne Hussey - Guitars
    Gary Marx - Guitars
    Craig Gold - Bass
    Doktor Avalanche - Drums

    Esse é o primeiro album da banda. A bateria e o teclado juntos num ritmo e harmonia que dão a grande harmonia para o som é mais forte aqui. Não é o mais bem lapidado, mas é o mais intenso. O baixo, como grande característica nao só do Sisters mas de todas as bandas dessa linha é muito bem marcado e hipnotizante. O album é sensacional, mas não o meu favorito.

    Minhas musicas preferidas são: Black Planet, Walk Away, Marian e Nine while nine.

    FloodLand

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ano: 1987

    Músicas:
    - Dominion / Mother Russia
    - Flood I
    - Lucretia My Reflection
    - 1959
    - This Corrosion
    - Flood II
    - Driven Like The Snow
    - Never Land ( a fragment)
    - Torch *
    - Colours *

    * Faixas bonus relançadas, pois fazem parte do trabalho que Andrew Eldritch realizou com uma outra banda depois que o Sisters acabou após o FloodLand...só nao lembro o nome dessa banda. Se eu nao me engano é Sistershood ou algo assim :)

    Formação:

    Andrew Eldritch - Vocals & Instruments
    Patricia Morrison - Bass & Voices
    Doktor Avalanche - Drums

    Esse album é muito mais bem arranjado e trabalhado que o primeiro deles. O single The Corrosion alcançou grande popularidade na Europa e nos EUA. Foi com esse disco que a banda se tornou conhecida, mesmo que já houvesse um reconhecimento pelo seu trabalho.
    Esse album na minha opinião é fantástico e se tem algo que pode realmente ser chamado de gótico na essencia é ele! A criatividade do cara chama muito a atenção, ele consegue colocar uma personalidade, carregar as músicas com algo tão proprio que é impressionante! Além disso, a diferente musica 1959, que foi feita em homenagem a uma fã que escreveu uma carta a Andrew, supreende. Afinal quem imaginaria um "piano&voz" do Sisters of Mercy. Vale somar a isso a habilidade do cara com outros instrumentos, como saxofone por exemplo: isso da uma riqueza para a musica e tem que ter muito a manha para nao soar piegas.

    Todas as músicas desse album são espetaculares, mas eu gosto mais de Dominion, Lucrecia my reflection, This Corrrosion e Flood I e II

    Vision Thing

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ano: 1990

    Músicas:

    - Vision Thing
    - Ribbons
    - Detonation Boulevard
    - Something Fast
    - When You Don’t See Me
    - Doctor Jeep, More
    - I Was Wrong.

    Formação:
    Andrew Eldritch - Vocals & guitars
    Andreas Bruhn - Guitars
    Tim Bricheno - Guitars
    Tony James - Bass
    Doktor Avalanche - Drums

    Esse é o último album lançado pela banda e o bem diferente dos outros dois. O teclado e o baixo muito bem marcado, características fundamentais do som gótico, já não estão mais tão presentes. Esses dão espaço para as guitarras. Agora não apenas arranjos carregados de chorus e delay, mas sim riffs bem estruturados como tal, overdrive e muito mais "gás" nas músicas. Esse album é bem rock and roll, mas ainda mantem aquele ambiente oitenta do Sisters. Uma mistura interessante.

    Acho a musica When you don´t see me fantástica! Talvez uma das músicas que eu mais gosto do sisters. Outras musicas ótimas desse album são Vision Thing, Something Fast e I was wrong.

    A banda lançou outras coisas:

    Some Girls Wander By Mistake

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Não confirmei, mas tenho quase certeza que esse album é uma coletânea de B-sides ou qualquer coisa assim da banda.
    Gosto muito das músicas Alice, Temple of Love, Anaconda, Gimme Shelter, Kiss the Carpet e Fix.
    Eu sei que isso não é um album pois nao aparece na discografia oficial deles, mas eu sei que existe porque tenho o cd aqui :mrgreen: , além disso há músicas de antes de 92, a data de lançamento desse compilado.
    Todo o cd é muito, muito gótico todo aquele ambiente sinistro enquanto o baixo fica martelando incessante no seu ouvido.

    EDITANDO...

    Isso é um compilado mesmo, de singles que só sairam em edições especias e em vinil! Entao em 1992 juntaram tudo e lançaram como esse cd.

    Também há uma coletânea lançada:

    Greatest Hits Volume I

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ano: 1993

    Músicas:

    - Under The Gun
    - Temple Of Love
    - Vision Thing
    - Doctor Jeep
    - Dominion/ Mother Russia
    - This Corrosion
    - More
    - Detonation Boulevard
    - No Time To Cry
    - Walk Away
    - Body And soul

    ---------------------

    Vale ressaltar alguns pontos:

    Juntamente com o Bauhaus, o Sisters of Mercy foi a banda que definiu muito da personalidade do som entitulado gótico. Aquele vocal cavernoso, os teclados, os pequenos e simples arranjos de guitarra que davam um ambiente impressionante para as musicas.

    O Dr. Avalanche nada mais é do que uma bateria eletrônica. Por isso eu digo que quando se sabe fazer, qualquer coisa que seja proposta tem a possibilidade de ficar muito boa.

    Se vocês ainda duvidam da qualidade musical dessa banda, olhe os filmes que músicas do Sisters já estiveram incluidas na trilha sonora:

    - O Corvo
    - Garotos Perdidos

    ...Tipo, preciso dizer alguma coisa? :mrgreen:

    Sisters é foda, etc. 8-)

    Mais uma coisinha que eu achei agora...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Nossa, muito boas as capas dos Singles! Alias esse site ai é bem legal, acabei de acha-lo. :wink:
     
  2. Niniel Turambar

    Niniel Turambar Usuário

    Do Sisters of Mercy só conheço duas musicas... Walk Away e No Time To Cry... até que são legalzinhas, mas nunca dei muita atenção pra banda, sei lá, acho que nunca levei eles muito a serio... Na sua opiniao, qual o melhor disco deles para se começar a ouvir?


    P.S. Ei Gabil, nao tem nenhuma musica do Sisters of mercy na trilha de Garotos Perdidos... é uma confusao que algumas pessoas criaram quanto aquela musica Cry Little Sister, que é de um cara chamado Gerard McMann, nao do Sisters
     
  3. Golgo13

    Golgo13 Usuário

    Sisters é fudido!

    Essa coletânea Some Girls Wandered By Mistake é muito clássica.

    Comecei a gostar dessa banda por causa dos áureos tempos do ambiente rock da Broadway, sempre tocava Gimme Shelter.

    Nem vou escrever mais, sou suspeito pra falar de Sisters Of Mercy.
     
  4. Eloredanna

    Eloredanna Usuário

    Nossa merecia um´tópico faz muito tempo meeesmo!!! Ótima idéia!!!
    A minha mãe a-do-ra essa banda!! hahaha Eu tb gosto bastante^^
     
  5. Ruby Moon £

    Ruby Moon £ Usuário

    Sisters of Mercy é muito bom.... :obiggraz:

    É uma das bandas perfeitas para se usar como trilha sonora de campanhas de Vampiro: A Máscara... a gente costumava usar essa coletânea como fundo musical, ideal para o clima pós-punk do World of Darkness! :mrgreen:
     
  6. Golgo13

    Golgo13 Usuário

    Sua mãe? 8O
     
  7. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    É, depois eu vi mesmo o lance da trilha sonora de Lost Boys...mas do Corvo é certeza :mrgreen: Já basta pra comprovar a competência da banda :D

    Na minha opinião, como eu coloquei no post inicial, o melhor disco do Sisters é o Floodland! Mas todos os outros são bem foda!

    Ah, Golgo...Sisters é realmente foda!

    Retifico: quem gosta de pós-punk tem a obrigação de ouvir Sisters of Mercy. Razões? Leiam o primeiro post desse tópico :roll:
     
  8. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    E ae, alguem se dignou a conhecer e ouvir essa banda espetacular ou continuamos apenas com true metal gladiators aqui no forum? :roll:
     
  9. Apenas True Metal Gladiator !! :lol:

    Agora falando sério cara, essa banda é até meio legal, mas não sou um árduo conhecedor dela e pra mim algumas bases soam 'Pop demais'.
    Mesmo assim é possível perceber que os caras são bons compositores...

    É foda, pra mim não desce, mas é bem feito, bem composto, bem tocado e tudo mais.
    Se vc for mais mente aberta, pode tentar...
     
  10. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    Não confunda bateria eletronica com pop, sao coisas diferentes.

    Um dos grandes elementos que da a aura sombria para bandas como sisters é justamente a bateria, doktor avalanche.

    Batida repetida, trigada, claro né é eletronica hehe, profunda. Isso hipnotiza. É bem diferente dessa colocaçao sua.

    A intençao é ser apenas um acompanhamento, uma especie de arranjo na musica. Como eu ja coloquei: elemento que constitui essa atmosfera no som.

    Tudo que vc pegar de gótico provavelmente tera essa levada mais quadrada no que diz respeito a bateria. Me desculpe se vc achar isso pop, mas nao condiz.
     
  11. Quando disse Pop, quis dizer algo mais acessível às massas e menos pesado, e não que eles parecem Michael Jackson ou Britney Spears... :roll:
     
  12. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    Ah não, nada de discutir correntes ideologicas de frankfurt, estruturalismo, industria cultural, cultura de massa, hierarquisaçao da cultura, etc.
    Enfim, nao vou ser chato, mas voce ta falando besteira. Nao leve isso como algo ofensivo, porem se vc analisar o contexto da época, da industria fonografica verá que bandas como o Sisters iam na contra mão do que era produzido em geral. É exatamente totalmente o contrario do que voce colocou ai.

    Ja ouviu falar sobre Madchester, as bandas independentes da inglaterra que foram responsaveis pela criaçao do conceito de som indie (independente), isso justamente por nao terem vinculos com as grandes gravadoras, por nao serem populares no sentido como vc coloca ai, mas totalmente o contrario? Da fiction, etc?

    É engraçado pensar como uma banda que sempre andou ali nas sombras, literalmente falando, um trabalho tao pouco divulgado consegue ser tao conhecida até aqui na américa e ter um numero razoavel de fãs.

    Levando pela propria etimologia da palavra e analisando a historia, repercurssao, publico da banda voce ve que é algo totalmente paradoxal.

    Retificando: Nao quis ser ofensivo, porem apenas coloquei alguns aspectos que inviabilizam tomar o Sisters e bandas similares como populares. :wink:
     
  13. Ok cara, entendi, mas deixa eu ser um pouco mais claro...

    Toda vez que eu disse POP aqui, vc substitui por LEVE, ok ? :wink:
     
  14. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    Ok, mas peso não é significado de pedal overdrive, pedal duplo e vocal rasgado, gutural, alto ou qualquer coisa assim.

    Musicas como MotherRussia, black planet, mariah, etc sao musicas pesadas pra caramba! Olha a atmosfera do som!
     
  15. Eu tbm acho muito louca essa banda! Quando eu consegui achar aqui em Bauru, num festival de black/death metal (!!!), um cara vendendo o vinil importado priginal do Vision Thing por 10 reais, não podia acreditar e não deixei passar! :D

    Pena que ele tem um risco na faixa Vision Thing, mas isso é o de menos. :wink:

    Minhas músicas favoritas deles: Temple Of Love, Black Planet, Vision Thing, Ribbons, Something Fast

    Ah! Gabil, muito louco esse site que vc indicou, o "The Black Horizon"! As capas dos singles são realmente lindas!
     
  16. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    O Vision Thing é excelente, mas prefiro o clima dos dois primeiros, principalmente o do FloodLand!

    Cara, juro que não consigo definir as preferidas dessa banda, gosto de tudo! :mrgreen:

    Esse site é legalzão, achei ele através da indicação numa materia sobre o sisters na Whiplash. :)
     
  17. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    The Sisters Of Nercy é uma excelente banda. Gosto bastante.

    "Black, Black Planet..."

    Atmosfera soturna...
     
  18. Elendir

    Elendir Rider

    A ex-banda Shaaman fez um cover da musica "more" do sisters :D
     

Compartilhar