1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Romance perdido de Saramago chega segunda às livrarias do Brasil

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 14 Out 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    O romance "Claraboia", escrito nos anos 50 pelo escritor português José Saramago (1922 - 2010), chega às livrarias do Brasil e de Portugal na próxima segunda-feira.

    O anúncio foi feito nesta manhã na Feira de Frankfurt pela diretora da editora Alfaguara, Pilar Reyes, que comprou os direitos para publicar a obra em espanhol em breve.

    Prêmio Nobel de Literatura em 1998, Saramago enviou o esquecido romance para sua editora pouco após escrevê-lo, mas a obra nunca chegou a ser publicada.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Livro de José Saramago escrito nos anos 50 será lançado no Brasil na semana que vem

    Como o escritor português não havia guardado uma cópia do livro, o manuscrito acabou perdido nos arquivos da editora que, na década de 80, encontrou o romance em uma mudança.

    Como nos anos 80 o escritor português já era consagrado, a editora demonstrou enorme interesse em publicar o romance. No entanto, Saramago não autorizou a publicação.

    Aparentemente, o escritor temia que o romance, escrito há 30 anos, não tivesse nada a ver com ele, embora tenha afirmado posteriormente que ainda se identificava com a obra. Mesmo assim, Saramago insistiu em não publicar, dando opção aos seus herdeiros para que publicassem a obra após sua morte, ocorrida em junho de 2010.

    "Claraboia" aborda a história de uma casa e está escrita com uma linguagem mais convencional do que a maioria das obras posteriores de Saramago.

    Apesar de a edição impressa chegar às lojas somente na segunda-feira, uma edição digital já está disponível na internet.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 14 Out 2011
  2. Calib

    Calib Visitante

    Saramago foi duplamente ingênuo (para não dizer burro): primeiro, ao não guardar consigo uma cópia do próprio livro (isso não se faz, gente, em hipótese alguma); segundo, e em consequência disso, ao se limitar em tentar uma única editora para publicação (isso também não se faz; se uma nega ou não dá retorno, tentam-se outras).

    E a editora em questão foi muito burra por não perceber a qualidade do material que tinha em mãos... E mais burra ainda por tê-lo "perdido" na sua bagunça.

    Apesar de que o Saramago já tivesse escrito e publicado um livro antes ("Terra do pecado", dizem que um fracasso...), este "Claraboia" é ainda assim, de certo modo, um livro de principiante. Saramago tinha recém 30 anos quando o escreveu.
    E ó, mesmo não tendo ainda todas as características que o consagrariam décadas depois, já há ali em "Claraboia" um domínio na técnica narrativa e na psicologia das personagens que faria inveja a muuuuito escritor iniciante e experiente. É uma leitura deliciosa do início ao fim. Caralho, fez inveja a mim. :lol:


    É também uma boa introdução à obra do Saramago, para quem se intimida com as sentenças superlongas e as divagações narrativas que ele depois desenvolveu. :joinha: Selo Calib Aprova.
     
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar