1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Piada- Eu sou um rpgista

Tópico em 'RPG' iniciado por Kamus_icer, 19 Jun 2004.

  1. Kamus_icer

    Kamus_icer Assasino profissional

    MAE: Calma, Astolfo. Isso tudo pode ser um grande engano.
    PAI: Vc sabe que nao, Helena.
    Entra o filho na sala.
    FILHO: Pai, mae, e aew.. Que tem pro jantar?
    Os pais ficam mudos. A mae, aflita. O pai, cara amarrada, sentado no sofa. Ambos olhando pro filho.
    FILHO: Credo, que caras sao essas?
    PAI: Jorge Eduardo, um amigo seu ligou. Era o "Tarrasque", ou algo assim. O filho arregala os olhos.
    PAI: Ele disse pra vc levar "coca-cola de 2 litros e cheetos extras" hoje a noite, que "a coisa vai durar".
    FILHO: Ah, sim, pois eh.. o Tarrasque ligou, ne? E ele disse.. isso... Sabe o que é pai, a gente vai numa noitada na Continental hoje e..
    PAI, ironico: E vao levar coca de 2 litros e cheetos?
    MAE: Calma, Astolfo.[tomando a palavra] Jorginho, seu pai entrou no seu quarto e mexeu nas suas coisas. Ele achou isto.
    A mae joga um objeto pequeno na mesa. Um cubo. Numerado. Azul.
    MAE, continuando: Eu disse pra ele que era do Luquinhas, que era do Banco Imobiliario dele, ou algo assim. E é isso mesmo, nao, filho? Esse dado é do Luquinhas, nao?
    FILHO, respirando fundo: Nao, mae. Esse dado eh meu. Eu to com um monte desses na minha mochila, agora.
    MAE: E pra que vc usa dados, filho?
    FILHO: Pra jogar RPG.
    Silencio. Tensao.
    PAI: O que? Mais o que foi que voce disse, rapaz? Anda, responde, Jorge Eduardo!
    FILHO, com medo: Isso que o senhor ouviu, pai. Eu sou RPGista.
    MAE: Meu filho! Desde quando? Des-de quan-do voce sai com essas pessoas, o tal do Tarrasque, pra fazer essas coias?
    FILHO: Desde a 8a serie.
    PAI: Jorge Eduardo, preste atencao. Outro dia eu liguei pro seu colegio. Estava preocupado porque vc ficava muito em casa. Sabe o q eles disseram? Que você tira as melhores notas da sala, mas que as vezes eh meio "recluso".
    MAE: Ouça seu pai, filho. Nos te demos um Tempra 4 portas pra você sair por ai, com aquelas garotas faceis, ir em boates caras da moda, cheirar cocaina, viver uma adolescencia sem sentido nem massa encefalica, como um jovem normal. E como é que você nos retribui isso? Passando as noites de sexta em casa, se divertindo aprendendo Algebra, saindo todo sabado pra jogar RPG e dizendo que ia ficar com a Aninha.
    FILHO, voz tremula: Mas eu estava com a Aninha. Ela tbm joga. Faz uma cleriga meio-elfa level 16.
    PAI: O que, a Aninha? Olha o que você esta falando, rapaz! A Aninha é filha do Vitor, meu colega na Aeronautica. Tenente Vitor. Conheco o pai dela desde o Colegio Militar. Um homem de pura integridade.
    MAE: Você sai praqueles.. pra-que-les.. lugares de Nerd?
    FILHO: Bom.. vou falar duma vez... Lembra quando eu pedia uma grana pra ir pro Shopping Beira-Mar, ir comer MacTrashes na praça de intoxicação? Eu na verdade ia pra Dragon's House, jogar RPG com meu grupo. Po, entendam, é uma campanha que ja faz 2 anos que...
    PAI: E todo dinheiro que eu pus na tua mao pra vc comprar roupas de grife, pagar o Jiu-Jitsu, alimentar seu PitBull, pagar a mensalidade carissima do club, o celular digital?
    FILHO: D&D 3a edicao, Mago a Ascencao, GURPS Fantasy, alem dum monte de dados.
    PAI: Não, não! É demais pra mim.
    MAE: Calma, Astolfo. Ora a ponte de safena. Calma.
    FILHO, explodindo em lagrimas: Que droga, pessoal. Eu sou assim. Eu sou Nerd. Faz parte da minha natureza. Eu não pedi pra nascer assim. Um dia, na 6a serie, eu percebi que gostava mais de ficar estudando do que de chutar uma bola com um monte de homens suados ao redor. É algo, sei la, meu. É minha natureza.
    O pai arremesa a mao espalmada e derruba o filho com um vigoroso tapa nas fuça.
    MAE: Astolfo, nao! [diz a mae, lançando-se no filho para um abraço] Ele ainda é nosso filho.
    PAI: Filho meu ele nao eh. Nao mais. Va pro seu quarto, moleque, enquanto você ainda tem um. E saiba que se você ainda quiser morar nesta casa, vai ter que largar essas nerdices, e começar a tirar notas baixas, ficar de recuperacao, engravidar alguém, espancar caras em bares, viver como um filho meu tem que viver.
    Jorge Eduardo levanta-se, cabeça baixa, e assim vai pro seu quarto, sozinho.
    MAE, virando-se pro marido: Isso eh coisa da idade. Depois passa. Ele não faz nem noção do que esta fazendo. O pai em silencio.
    MAE: Deve ser ma companhia. Esse tal de Tarrasque.. Ma influencia. Nosso filho é um bom menino, Astolfo.
    PAI: Vou por ele num colegio interno na Suiça. Um lugar bem linha dura, de disciplina fodida e opressora que o ensine a ser uma maquina acefala de obedecer ordens de superiores. Foi a melhor coisa que meu pai fez por mim e..
    Nesse instante, Jorge Eduardo volta, mas irreconhecivel pra seus pais, que ficam de queixos caidos. Ele usava uma camiseta de "Trevas", um boné escrito "Você sabe a derivada de integral de 'x' a quarta? Me pergunte", carregava livros de RPG misturados com romances europeus do seculo XIX e poemas de William Blake. Na mochila via-se livros escolares socados sem jeito, em meio a uma infinidade de papeis e lápis. Tenis velho, surrado, cadarços soltos,
    calça jeans barata, camiseta desbotada. Irreconhecivel. O pai apenas senta no sofa e fica imovel, vendo aquilo.
    FILHO: Pai, mae, eu amo voces, e espero que um dia vcs me entendam, e me aceitem como sou.
    Dizendo isso, abre a porta da rua e sai. Nao foi de Tempra. Prefiriu pegar um busão.

    --------------

    HELENA: Eu nunca.. nunca pensei que viria a um lugar como este. Estou aqui pelo meu filho. Este é ele [mostra uma foto de Jorge Eduardo, numa festinha badalada, cercado de garotas faceis] Jorge Eduardo. Tem 16 anos e.. e.. joga RPG ha 3. Ele era um menino bom. Bom [começa a chorar]
    COORDENADOR: Vc esta entre amigas, Helena. Todas aqui tem filhos no RPG.
    Helena olha ao redor. Todas presentes, com seus penteados carissimos, roupas copiadas da novela das 8, joias que não eram bijuterias, maquiagem pesada, algumas com poodles rosas a tiracolo e todas com bolsa de couro de jacaré. De repente, reconhece uma amiga, ao seu lado. Lurdes, que lhe abraça, fraternalmente. Também tinha um filho no RPG.
    HELENA, em pensamentos: "Onde foi que essa vadia comprou esse casaco de Minsk? Essa cadela!"
     
  2. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Muito boa..... Muito boa..... Onde você achou isso??

    O q doi é q, apesar de não tão exagerado, isso é verdade...... Pena...... Acho q se algum pai implicado com RPG ler isso ele vai ficar até com vergonha.....

    O foda é a derivada da integral de x a quarta............... Qm escreveu isso nunca aprendeu cálculo..............
     
  3. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Cara, essa parte é épica!!! :lol:

    Muito bom!
     
  4. Passocurto

    Passocurto Ouch!

    ahahah, mto engraçado !

    minha mãe naum gosta que eu jogue RPG, mesmo q seja online(Diablo, Tibia) :disgusti:

    mais eu jogo, heeheh...eu queria aprender a jogar esses de livro.. :osigh:
     
  5. iraneon

    iraneon Usuário

    poucasw coisas a dizer
    1ª hahahahahahahahahahahahahahaha!
    2ª muito massa!
     
  6. :| ahn...não achei graça..ta bom,ta bom...foi legalzinha

    (se bem que meus pais gostam que eu jogue rpg :? )
     
  7. Estranho

    Estranho Dancer

    sei lah, eu meio q me senti o cara da piada. Uns anos atras, eu saia mais cedo da escola de quarta feira, mas eu naum falava nada, ficava jogando rpg na casa dum amigo meu, se eu falasse ia ter q parar de jogar.....hj, depois de muuuito tempo falando ca minha mãe, eu posso jogar......
    mas realmente, é muito boa essa
     
  8. Phairanum

    Phairanum Nem tudo que é ouro fulgura...

    Meus pais nunca disseram nada contra...
    Acho que eles são o extremo oposto dos pais da história e, agora, eu percebo que parece que são exceção...
    Sorte minha. :mrgreen:
     
  9. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Meus pais nunca encanaram, muito pelo contrário...... Acho q em parte pq qm me ensinou a jogar foi um grande amigo q a minha mãe conhecia a família inteira e confiava muito..... Mas tbm tem o fato q desde o começo eu jogo lá em casa, nunca escondi e desde o começo eles viram q é só um jogo inofensivo.....
     
  10. Ruby Moon £

    Ruby Moon £ Usuário

    Minha mãe acha bom proque assim eu não saio de casa...

    Ela odeia que eu saia, então eu achei um bom motivo pra ficar em casa! :grinlove:
     
  11. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:

    Ainda existe grande temor dos pais em relação ao RPG?

    Quando eu tinha 14 anos, minha somente encrencou (e com razão) porque eu estava bitolando demais.
     
  12. Dante Aqueronte

    Dante Aqueronte Usuário

    Hum... acho que eu nãos ei descrever a reação dos meus pais quando eu disse que jogava RPG. Eles nunca ligaram muito pra o que eu faço pq sabem que eu não faria besteira. Ao menos eu espero que seja isso. Eu sei que quando eu disse que ia jogar RPG eles olharam pra mim com cara de conteúdo e disseram "ah tah....".
     
  13. iraneon

    iraneon Usuário

    MEU PAI ODEIA O RPG SOU CONSIDERADO UM NERD (COM ORGULHO!!) POR ELE...
     
  14. Dante Aqueronte

    Dante Aqueronte Usuário

    Isso é ótimo. Ficar se preocupando com quem te chama de nerd é bobagem, eu sou um Nerd com orgulho e nunca deixo de admitir isso. :mrgreen:
     
  15. iraneon

    iraneon Usuário

    3 urras para os nerds:

    hip, hip, URRA!!
    hip, hip, URRA!!
    hip, hip, URRA!!
     
  16. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    Seu bando de nerds imundos, magrelos e ridículos.

    Vão para academia malhar, e para as boatas p'ra pegar mulher.

    :mrpurple:
     
  17. Sméagol

    Sméagol Usuário

    O testo é bem forçado hein... :roll:

    Mas imagino que alguns pais implicam com isso mesmo (não a tal ponto, claro). Meu pai nem sabe o que é RPG direito, sabe que é um jogo e tal...
     
  18. iraneon

    iraneon Usuário

    poderia você mesmo começar... :lol: :lol: :lol:
     
  19. Spellbinder

    Spellbinder Usuário

    Meus pais também nem ligam muito, minah mãe só sabe que é um jogo onde um conta uma história e os outros jogam, tudo beleza.
     
  20. Gunblademaster

    Gunblademaster Boku shinsei kai no Kami da!

    eu naum sou nerd....fico d rec e tudo...(em 2 so....e por bobeira)... jogo rpg...apesar d nunca ter jogado rpg normal...com livro e ficha....por isso naum me considero um rpgista...+ jogo outros ti´pos d rpg....magic... d tabuleiro... d pc... videogame.... + eu gostaria d aprender a jogar...+ num acho ninguem pra me ensinar....aaahhh... e alem d tudo isso....meus pais... apesar d pessoas inteligentes... naum sabem oq eh RPG...hehhehe
     

Compartilhar