1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os Gigantes do Hobbit

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Mirane Campos Marques, 1 Ago 2010.

  1. Gente, uma coisa que sempre me deixou com a pulga atrás da orelha é uma parte do Hobbit, em que Bilbo e companhia estão nas montanhas e, numa parte, Tolkien diz: "via os gigantes de pedra do outro lado do vale, lançando pedras uns sobre os outros, como num jogo, apanhando-as, jogando-as na escuridão embaixo, onde elas se despedaçavam por entre as árvores ou se estilhaçavam em mil fragmentos com um ruido ensurdecedor." No começo pensei que era uma metáfora das montanhas, mas aí no fim do parágrafo ele diz: "Ouviam os gigantes gargalhando e gritando por todas as encostas das montanhas."
    Quem, diabos, podem ser esses gigantes?
    Não lembro como tá no original e não estou com ele aqui, mas o que vocês acham?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Olha, creio que sejam como trolls mesmo, só que feito de pedras. No jogo do hobbit existe essa parte, são grandiosas massas feitas de pedra apoiados nas encostas das montanhas tacando pedras uns nos outros e na montanha onde Bilbo tem que passar.

    Então creio que embora pouco comentados, não seriam nada a não ser gigantes de pedra mesmo.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Finwë

    Finwë Alto Oficial de Erebor

    Eu considero a palavra gigante nessa passagem como uma metáfora para a tempestade que assolava a montanha, pois não há outra descrição dessas criaturas em outras partes do Legendarium. Vale lembrar que a palavra Ent vem do inglês antigo e significa gigante.
     
  4. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Esse é um dos temas mais discutidos nos fóruns tolkienianos, e até agora, ao que me consta, um consenso não foi alcançado. John Rateliff tem um texto ótimo sobre os gigantes no seu livro Mr Baggins, que posso traduzir e postar aqui mais tarde. Ele estabelece algumas conexões entre os ents e os gigantes. Alguns pontos que devem ser levados em consideração:

    • "Ent" é a palavra em Anglo-saxão para "gigante". É por isso que a Charneca Etten (Ettenmoors no original) se chama assim, por causa do elemento "Ent". Seria algo como "Charneca dos Gigantes".
    • O "gigante" descrito por Sam Gamgi no começo da Sociedade do Anel se assemelha bastante com a descrição de um ent.
    • Em rascunhos para o Senhor dos Anéis, aparece um certo "Gigante Barbárvore", que era quem aprisionava Gandalf, em vez de Saruman (que nem existia nesse estágio da composição da história). Foi esse gigante quem deu origem ao nosso velho conhecido Barbárvore.
    • Os gigantes parecem ser um povo neutro. Existem "gigantes decentes" - que o próprio Gandalf cita - e gigantes que podem servir ao Inimigo, semelhantemente aos Ents.
    Considerando todos esses pontos, eu acho uma hipótese válida a que Tolkien teria passado a considerar os gigantes como ents. Gigantes não foram concebidos originalmentes como ents, isso é mais do que certo - há menções de gigantes nas obras de Tolkien muito antes dos ents serem criados - mas Tolkien poderia ter pensado que, já que havia criado os ents, eles poderiam ser uma explicação plausível para os gigantes. Mas eu não descarto completamente a ideia dos gigantes serem uma raça completamente distinta dos Pastores das Árvores.
     
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 3
  5. Gui.

    Gui. Usuário

    E havia "grandes criaturas que puxavam o Grond",além dos trolls. Não há nenhuma descrição delas. Será que poderiam ser gigantes? =X
     
  6. angiuli

    angiuli Mentallion

    Há muitas criaturas "desconhecidas" na Terra-média, como o "pterodátilo" do Rei-bruxo e o kraken em frente ao portão de Moria. É bem provável que os gigantes fossem criaturas à parte dos Ents.

    (Se não me engano, não havia Ents em outros locais além de Fangorn na Terceira Era :think:)
     
  7. Gui.

    Gui. Usuário

    Gostaria muito de conhecer essas outras criaturas desconhecidas! Tolkien menciona , por ex, muitos "seres " nas profundezas dos oceanos! Mas esse desconhecido dá mais gosto na história! :joy:

    Seria legal se o Tolkien tivesse começado e lançado o SDA e o Hobbit mais cedo. Aí o Silmarillion de hoje em dia provavelmente teria o HoMe, e teriamos muito mais informações sobre a TM.

    Toda vez que pego o meu Atlas da terra-média, por exemplo, e olho ( O Atlas foi feito baseado no HoME The Shaping of ME e outros. ) para aquela "Terra Escura" ( um continente ao leste de Harad, só aparece no HoME e nunca foi mencionado outra vez ) fico muito curioso pra saber sobre ele! =x
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Sim, eu também queria que tivese mais informações sobre esses seres, mas acho que o Tolkien, perfeccionista como era, não queria cair no erro do Lewis, que enfia um monte de seres e não explica direito o papel deles na hstória.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Na verdade não, Gui. A maior parte parte dos HMe são:
    a) Rascunhos e versões antigas do Silmarillion; ou
    b) Textos que o Professor fazia mais para si do que para publicação e que não tencionava incluir no Silmarillion.

    Se o Silmarillion tivesse sido publicado mais cedo, provavelmente ele seria ainda menor do que é hoje. Quando ele apresentou o SdA para publicação, ele queria publicar o Silmarillion junto. Se isso tivesse acontecido, seria publicado uma versão de 1937, bem mais curta. Além disso, se Tolkien não tivesse demorado tanto pra acabar o Silmarillion, não teria escrito tanto sobre a Terra-média, já que grande parte desses escritos pós-1950 partiam de considerações sobre a escrita do livro (mudanças que tencionava fazer, etc.). E se Tolkien não tivesse morrido antes de terminar o livro, CT provavelmente nunca teria começado a editar os textos do pai e aí nem HMe teríamos.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  10. Roderick

    Roderick Banned

    Acho que poderiam ser trolls, e o modo como ele narrou foi um geito intelectual de narrar a história creio eu, por isso que usou a palavra gigantes.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Hum, na adaptação de Charles Dixon, estavam bem presentes os gigantes.
    Então na historia original não existe gigantes?:think:

    Acho estranho porque na guerra em Arnor, li que gigantes e trolls de Angband atacaram o Reino dos Dúnedain, por isso, acho que não é estranho ter gigantes nas Misty Mountain, ora um sitio tão habitado por orc´s, Trolls, Gigantes e goblins.:think:
     
  12. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    Imediatamente pensamos nos trolls, lógico, pois são os grandões que queriam cozinhar Bilbo, etc., além de todas estas suposições que as pessoas postaram acima.

    Eu percebo muito o livro "O Hobbit" como algo que saiu além do que Tolkien esperava. Muito além, aliás. Começou como uma história infantil e ascendeu para um nível épico demais. Portanto, muitas das passagens escritas antes dos anões e Bilbo serem deixados por Gandalf para empreender a aventura sozinhos, foram meio que esquecidas, renegadas ou sabe-se lá o que (e é aí que entram as suposições, porque ninguém sabe ao certo o que realmente eram.).

    Cadê o Tilion pra ajudar? Estou longe do "Cartas".
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  13. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Existem sim, desde os primeiros rasunhos do Hobbit. Quando ela diz "originais", imagino que se refira ao texto original, em inglês, pra conferir qual é o termo que Tolkien usa - que é "gigantes" mesmo.

    Sindar, concordo com você. Nós vemos vários outros elementos que destoam do tom geral das outras obras. Afinal, Tolkien só decidiu incluí-lo no Legendarium quando o SdA já estava sendo escrito! Como elementos desse tipo vemos a menção à bolas de futebol, a espingardas e a trolls de duas cabeças. Tolkien até começou a escrever uma nova versão do Hobbit, mais "sombria", mas parou no meio do caminho.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  14. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    Bem lembrado, Célio!
    Essa da espingarda e das bolas de futebol destoam demais da conta! :lol:
     
  15. Morgs

    Morgs Metido a Rei de Arda

    Morgoth fala...

    Sobre os Gigantes, eu concordo com o que o Finwë falou alguns posts acima. A analogia entre os Giganes e as tempestades que ocorriam nas Montanhas Sombrias é muito clara. O barulho das rochas se estraçalhando nos vales, as gargalhadas. Isso me faz lembrar de um trecho bastante interessante do "On Fairy Stories", onde Tolkien fala sobre o deus Thor:

    Which came first, nature-allegories about personalized thunder in the mountains, splitting rocks and trees; or stories about an irascible, not very clever, redbeard farmer, of a strength beyond common measure, a person (in all but mere stature) very like the Northern farmers, the bœndr by whom Thórr was chiefly beloved?

    Fora a analogia, os Gigantes são mencionados no Hobbit quando Gandalf fala à Companhia de Thorin sobre Beorn. Segundo ele, uma das prováveis origens do Troca-peles, é de que ele descenderia dos antigos ursos das montanhas, que lá viviam antes da chegada dos Gigantes. Ainda assim, a possível alegoria parece fazer-se presente: teriam os Gigantes expulsado os ursos ou foi simplesmente alguma mudança climática, causadora de grandes tempestades, que por fim fez com que os ursos migrassem para os vales do Grande Rio?

    E se for para personificar, acho que a semelhança dos Gigantes com os Ents não é pequena. A destruição de Isengard mostra a força dos Pastores das Árvores, capazes de quebrar as rochas com uma facilidade incrível. Porém, como já mencionado pelo Célio em alguns posts atrás, a possibilidade de existirem ents para esses lados é pequena, apesar de alguns deles viverem mais próximos às Montanhas que o próprio Fangorn - sem contar as histórias - ou alucinações - de gigantes na Quarta Norte hehehe

    Ainda assim, a ideia da alegoria me parece mais 'crível' :)
     
  16. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Já tentei encarar os tais Gigantes como uma metáfora para a tempestade também. Já que a história é contada pelo ponto de vista do Bilbo. Depois como Trolls. Mas quando Gandalf diz que precisa encontrar um Gigante de confiança para bloquear a passagem da caverna dos orcs... comecei a encarar Gigantes como Gigantes mesmo. Eles estão em O Hobbit, e ainda bem que só lá. Não gosto muito desse tipo de personagem em história nenhuma. :lol:
     
    Última edição: 3 Ago 2010
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  17. Então, a adaptação de Charles Dixon também é fiel á história. :)

    Mas, quanto aos Gigantes, acho q é compreensível não aparecer e poder ser uma alegoria, porque no fundo são apenas figurantes da historia, mas fica cativante a sua presença, acho q, na história do Hobbit, ainda representa uma presença da segunda era, e depois, dá-nos também uma noção de criaturas do passado q ainda vagueiam pela Terra Média.:think:
     
    Última edição: 3 Ago 2010
  18. Ah, sim. O que eu quis dizer com "original" era exatamente o que o Célio Meneldur disse, a obra em inglês. Desculpe-me se não ficou claro.
    Quanto ao fato de os gigantes metaforizarem a tempestade (não acho que chegue a ser uma alegoria e acho que o Tolkien nos daria uma bela resposta se disséssemos isso), não acho que seja o caso. Concordo com a Sindar Princess, sendo O Hobbit algo anterior e não originariamente parte do Legendarium, Tolkien pode ter falado de gigantes e depois os deixado de lado. Resta saber se ele pretendia dizer algo mais sobre eles, se tivesse tido tempo, ou se os gigantes faziam parte dos "projetos" ou "esboços" que Tolkien cita na carta 131, para Milton Waldman.

    "Desenvolveria alguns dos grandes contos na sua plenitude e deixaria muitos apenas no projeto e esboçados. Os ciclos deveriam ligar-se a um todo majestoso e ainda assim deixar espaço para outras mentes e mãos, lidando com a tinta, música e drama. Absurdo.” (As cartas de J. R. R. Tolkien, p. 141)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  19. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Concordo com o Elendil. Não faz sentido pensar nos gigantes nem como trolls ou como metaforizações da tempestade. Gandalf diz que encontrará um gigante para fechar a porta da caverna. Uma tempestade certamente não poderia fazer isso, e essa não seria uma tarefa que um troll pudesse fazer de maneira confiável.!
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  20. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu sou da facção "Gigantes não são reais".

    Acho que era simplesmente uma tremenda tempestade na montanha. Quem escreve o livro é Bilbo, um hobbit pra lá de acomodado que nunca saira do Condado e era um cotoco de gente. É possível que nem tempestades de grande proporção ele tenha visto no Condado.

    Deve ter parecido terrível, e a cabedinha do Hobbit logo achou uma explicação "plausível" para aquelas pedras rolando: Gigantes. E o comentário de Gandalf não deixa de ser uma espécie de "entrar no jogo" do pequeno e inexperiente Hobbit.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar