1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Os Barcos Numenoreanos e a Colonização

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por TorUgo, 22 Dez 2008.

  1. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Todos estes acontecimentos estão relaccionados com os grandes Barcos dos Numenoreanos. Vivendo numa ilha, desde cedo que os homens do Ocidente cultivaram a tradição de viajar na água e desenvolveram muito a suas capacidades de navegação e construção de barcos.

    Os barcos tiveram enorme importância em muitos dos acontecimentos que envolvem os numenoreanos, como a colonização da Terra Média, o envio de ajuda por Numenór para Gil-Galad e a tentativa frustrada de subjugar Valinor e as qualidades dos numenoreanos nesta área sempre foram muito louvadas!

    A colonização da Terra Média deu-se, sem dúvida, de uma forma lenta e progressiva, mas não acredito que a população das colónias fosse enorme ou que sequer fosse uma pequena parte da população de Númenor. Sendo assim, como é que é possível que apenas 9 barcos numenoreanos que Elendil conseguiu levar de Númenor possam ter completado a população numenoreana na Terra Média de forma tal que possa ter encarado Sauron e os seus (habitualmente) intermináveis exércitos.

    Imaginando que Sauron teria (estimando por baixo) 100 mil orcs e outras criaturas (e sem contar os orientais pois não tenho a certeza sobre a sua aliança com Sauron na segunda Era), seria a população da Terra Média de tal ordem que os barcos que Elendil levou fossem apenas uma muito pequena parte da população?

    Os maiores barcos medievais (e da renascença) não ultrapassavam muito os 1000 passageiros no seu auge!

    Questão-Problema:

    Qual seria a capacidade dos barcos numenoreanos, qual a importância destes?
    Em que escala terá acontecido a Colonização da Terra Média por Númenor?

    ;D
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Falcão Branco

    Falcão Branco Sacrifiquei um

    Ótima questão Torugo, tambem fiquei encucado quando Elendil traz parte do povo de Númenor em nove embarcações. Ou seja, será que 9.000 (mais ou menos) homens consiguiram fundar Gondor e Anor? Talvez Tolkien não tenha se aprofundado muito nesse texto, e o tenha deixa para futuras revisões, que nunca aconteceram.
     
  3. Café

    Café O importante é o que importa

    Creio que quando Elendil fugiu para a TM, já existiam muitos numenorianos por lá. Suponhamos que em cada barco houvesse 500 pessoas, vezes os 9 barcos que atracaram na TM daria um total de 4500 pessoas, sem falar que na TM existiam milhares de homens que não eram numenorianos, mas ainda sim reconheciam os numeronianos como seus lideres, e assim, quando os numenorianos chegaram, muitos destes provalvelmente devem ter passado para o seu lado.
     
  4. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Seria bom ter por aqui o Khamul da Duvendor... xD

    Sim, mas estes não seriam nem Edain nem Numenoreanos! Seriam o que restava dos Atani (creio ser esse o nome dos homens que não fazem parte dos Edain).

    A única hipótese para esse problema que eu imagino seria se já existisse uma muito grande população de numenoreanos na Terra Média!

    ;D
     
  5. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Contando que os Númenoreanos eram mestres na arte de fabricação de barcos, é bem provável que eles tivessem capacidade para mais do que mil homens. Eämbar, o barco-sede da Guilda dos Aventureiros de Tar-Aldarion era descrito como sendo imenso, mais como uma morada do que como um navio em si. O navio de Ar-Pharazôn, Alcarondas, era chamado de Castelo do Mar, o que dá para fornecer uma idéia aproximada de que os barcos construídos pelos Dúnedain à época da Queda eram de fato gigantescos. Mas eu não acho que a ocupação da Terra-Média tenha sido lenta. Pelargir fora fundada novecentos anos antes da Guerra da Última Aliança. E haveria tido tempo suficiente de os Exilados terem arrebanhado também um exército considerável, não só de Dúnedain que vieram com os barcos ou que já moravam naTerra-Média, mas também de homens que vivessem nas costas e próximos às Montanhas Brancas, e isso só em Gondor. Haviam homens em Lossarnach e no Vale do Anduin, além dos povos costeiros que já viviam à 'sombra dos Numenoreanos'. A fundação dos reinos dos Dúnedain no exílio se deu em 3320 SE, e a Última Aliança se formou em 3430, 110 anos depois. Só isso já seria o suficiente para estabelecer dois reinos com exércitos consideráveis. Além do mais, desde o início da perseguição dos Fiéis por Ar-Gimilzôr, muitos deles se mudaram para a Terra-Média.

    "(...) E o principal povoado dos Fiéis nos tempos mais recentes ficava, portanto, perto do porto de Rómenna. Dali muitos velejavam até a Terra-Média, em busca dos litorais setentrionais, onde ainda poderiam falar com os eldar no reino de Gil-Galad. Isso era de conhecimento dos Reis, mas eles não o impediam, desde que os elendili deixassem sua terra e nunca mais retornassem; (...)"
    O Silmarillion, Akallabêth

    Então haveria, em Arnor, muitos descendentes dos Fiéis que se mudaram para a Terra-média durtante essa época, o que já aliviava muito a necessidade de haver grandes números de homens nos barcos dos Exilados. Além do mais, 100 mil orcs poderia ter Sauron, ainda havia o poder dos Elfos. Juntando os reinos de Gil-Galad, Amdír em Lórien e Oropher na Floresta das Trevas, isso deveria nos dar um considerável exército. Isso sem contar os anões que também lutaram do lado dos Povos Livres.

    A conclusão final é que, a despeito de Elendil e seus filhos terem trazido apenas nove barcos de sua terra natal, já havia na Terra-média forças suficientemente consideráveis para cercar Barad-dûr incansávelmente por sete anos. Então talvez esses navios nem fossem tão grandes quanto Eämbar ou Alcarondas parecem ser.
     
  6. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Atani é como os Noldor chamavam os homens das Três Casas dos Amigos-dos-Elfos, é equivalente ao termo Edain, que é Sindarin. Esses homens que viviam na Terra-média seriam descendentes dos Edain da Primeira Era (e, portanto, aparentados do próprio povo de Númenor), assim como os homens do norte do Vale do Anduin, que mais tarde se mudaram e se tornaram os Rohirrim, eram remanescentes da Casa de hador que permaneceu na Terra-média. Não todos, é óbvio, mas os que moravam próximos às terras dos Eldar não seriam homens malignos sob o jugo de Sauron. Pois quando este retornou a Mordor depois da Queda de Númenor, achou o poder de Gil-Galad se estendendo além das Ered Luin, além dos reinos dos Númenoreanos, não seriam Dúnedain, talvez nem Amigos-dos-Elfos, mas seriam homens que moraram em Eriador, por exemplo, quando Sauron a invadiu e destruiu. Então eles não teriam nenhum amor pelo maia.

    "(...) E Sauron chamou a si enorme contingente de seus servos do leste e dos sul; e entre eles não eram poucos os da alta estirpe de Númenor. (...) No entanto, em virtude do poder de Gil-Galad, esse renegados, senhores tão poderosos quanto perversos, em sua maioria fixaram residência nas terras meridionais mais distantes."
    Dos Anéis de Poder e da Terceira Era, O Silmarillion.
     
    Última edição: 22 Dez 2008
  7. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Os numenoreanos demoraram 600 anos desde a primeira visita à Terra Média até ao estabelecimento definitivo! Isto é lento! lol

    Quanto aos homens de Rhovanion, não eram considerados Edain, mas sim descendentes dos mesmos homens que os Edain, e eram chamados de Homens Médios! Nunca alcançando a idade ou tendo as mesmas características dos numenoreanos!

    ;D
     
  8. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    E quem disse que eles o fizeram? Eu só disse que eles eram aparentados dos Edain da Primeira Era por serem eles próprios remanescentes daqueles povos. Mas antes, da Queda, eles tinham uma terra só deles. Já durante os 110 anos entre a fundação de Arnor e Gondor e a Guerra da Última Aliança, os númenorianos deveriam ter feito mais do que eles fizeram nos 600 anos entre a chegada dos navios à Terra-média e a fundação de Pelargir. E, como eu já disse, muitos fiéis vieram à Terra-média durante o reinado de Ar-Gimilzôr, e eu imagino que muitos mais o teriam feito durante a época da amizade entre Sauron e Ar-Pharazôn.
     
  9. Daewen

    Daewen Elener

    Bom questionamento levantado tortuguito...

    Andei lendo o Atlas da Fonstad, para ver se ela se referia a isso em algum momento, mas a única coisa que ela diz é que:

    "Os únicos númenorianos que escaparam foram os colonos que já estavam na Terra-Média, e os Fiéis salvos nos nove barcos de Elendil."

    Se considerarmos que a instalação de entrepostos comerciais e dominações dos numenorianos na Terra Média foi um processo paulatino, podemos convir que vários numenorianos de nascença, visando lucro comercial ou mesmo fugir das perseguições de Ar-Pharazôn, migraram para as colônias numenorianas, afim de se estabelecer com mais segurança.
    Não sei qual era a real capacidade dos barcos numenorianos, mas deviam ser enormes, e bem equipados. Para fazer tantas viagens e conquistarem tantos locais. Deve-se lembrar que estes se tornaram mestres na navegação, o que reforça ainda mais a capacidade náutica de suas embarcações.
    Daí da pra ver que a quantidade populacional de numenorianos natos na Terra-Média devia ser considerável. Não exagerada, já que muitos pereceram no Ocaso. Mas somando-se aos homens comuns, eles logo se proliferaram e tiveram condição de montar bons exércitos contra Sauron.
     
  10. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Eu concordo contigo quanto a isso...
    Desculpa-me mas fiquei com a ideia que tinhas dito que os Homens da Terra Média eram Edain! ;)

    ;D
     
  11. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Interessante isso.

    Se analisarmos o Silmarillion e principalmente o Contos Inacabados podemos ver que o povo de Númenor se espalhou por diversas regiões da Terra média, como nas regiões de Lebennin, Pelargir, Osgiliath, chegando até nas proximidades de Rauros.

    E o principal desta questão: haviam povos da ilha que colonizaram o litoral de Harad e criaram Umbar, uma importante cidade e porto dos numenorianos fora da ilha. Dessa forma, houve o crescimento e uma formação "social" ou populacional. Temos que lembrar também, que no norte da TM. Haviam outros muitos numenorianos que se espalharam para o trabalho de desmatamento de Enedwaith e Minhiriath criando cidades e portos como Lond Daer e Tharbard. Eram importantes regiões e centro de poder politico de Númenor na Terra média, isso está lá no Contos Incabados. A meu ver, grande parte dos homens de ilha eram fiéis aos que eram fiéis e obedientes aos Valar, e quando Elendil deixou Númenor com poucos barcos, já haviam estruturas políticas e populacionais estabilizadas e em funcionamento na Terra média. Essas pessoas que habitavam essas regiões como pode-se perceber eram "fiéis" à realeza que neste caso passou para Elendil, Isildur e Anárion. Os barcos ou naus eram grandes e cabiam muitas pessoas....

    Elendil veio com muitas pessoas de Númenor e ele encontrou base (estabilizada) para que a população crescesse facilmente além do que, já haviam numenorianos espalhados por toda a Terra média.

    É assim que penso e é assim que de fato as informações são citadas no C.I.
     
  12. DaniloStinghen

    DaniloStinghen Senhor do Destino

    Umbar foi criada depois de Sauron ir para Númenor como prisioneiro. Os númenoreanos dali eram, em sua maioria, dos Homens do Rei, leais a Sauron, que mantiveram suas crenças nas Trevas e repudiavam a soberania de Arnor e Gondor, sendo hostis aos Eldar e aos Numenoreanos Fiéis. É provável que Herumor e Fuinur, poderosos senhores dos númenoreanos negros, procedessem de Umbar. Mas eles foram em sua maioria para as terras ao sul, no Haradwaith, pois eles eram em menor número que os Dúnedain do reino do Sul. Umbar foi capturada para Gondor no ano 933 TE pelo rei Eärnil I, e só então se tornou um porto e cidade Gondoriana. Foi retomada para os númenoreanos negros só 500 anos mais tarde, quando Castamir, o usurpador, foi expulso de Osgiliath.
     
    Última edição: 22 Dez 2008
  13. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Isso que você falou é verdade, mas independente de Umbar ser rebelde ou não a Númenor, temos que levar em consideração que os homens da ilha já haviam se espalhado para diversas regiões da Terra média, o que facilitou o processo de intensificação de colonização bem como do crescimento da população para que depois houvesse uma espécie de "estrutura" bélica para resistir a Mordor. :hihihi:
     
  14. TorUgo

    TorUgo a.k.a. Tortoruguito...

    Bem!

    Esta era a discussão que eu queria criar!
    Númenor seguiu um processo comum de colonização: expedições para reconhecimento, estabelecimento de local de reparação de navios e pequena base para explorações, seguiu a linha costeira tanto para Norte como para Sul da posição inicial, estabeleceu alguns portos, estabeleceu bases militares e por fim cidades. Aqui a colonização entra numa nova parte, a entrada no interior do território. Númenor acaba por construir cidades como Minas Anor, Minas Tirith, Osgiliath e fortes como Angrenost e Aglarond, já para o interior do território!

    Númenor comportou-se como um Império Colonial! A principal diferença foi a destruição da Terra Mãe que culminou na independência da colónia!...

    ;D
     

Compartilhar