1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"MARTINI SECO" (Fernando Sabino)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Jorge Leberg, 16 Mai 2008.

  1. Jorge Leberg

    Jorge Leberg Palavras valem por mil imagens

    Marini Seco (1985) é uma famosa novela policial do escritor mineiro Fernando Sabino, publicado pela primeira vez no livro do referido autor A Faca de Dois Gumes, que consistia numa reunião de novelas, porém lançado em edição única a partir de 1988, pela Ática. Inspirado numa história real ouvida por Fernando Sabino, relata a prossecução do enredo fictício de um crime insolúvel – que ficou por aí mesmo, sem esclarecimento terminante na época – cinco anos após o delito, no ano de 1962. A trama tem como protagonistas o acossado comissário de polícia Serpa, o provável assassino, Amadeu Miraglia, e sua atual mulher, Maria Miraglia.

    Segundo a novela, o homicídio ocorreu em 1957. Uma mulher "cai fulminada", conforme as palavras do próprio autor, depois de beber uma dose envenenada de Martini Seco em um bar sofisticado – daí o título da novela. Essa mulher, Carmem, era namorada de Amadeu, que a acompanhava no bar e foge após a morte dela. Ele é pego pela polícia, mas insta em declarar que não é o culpado, alegando suicídio por parte da parceira. No final de todo o processo culmina por ser absolvido, devido à falta de provas definitivas. Cinco anos se passam, a atual esposa de Amadeu surge na delegacia e procura o comissário Serpa, acusando o marido de ameaçá-la de morte. A partir daí, a historia do homicídio sem resolução é "ressuscitada", iniciando-se uma narrativa intrigante e repleta de versões e incoerências que beiram o paradoxal. Em suma, um autêntico e instigante quebra-cabeça que prende a atenção do leitor do começo ao fim.

    Fernando Sabino consegue, com a habilidade de grandes mestres da literatura policial como Edgar Allan Poe e Agatha Christie – o que não significa igual maestria a deles em todos os aspectos, mas nestes fatores ressaltados – desnortear constantemente o leitor e deixá-lo em estado de suspensão até a última página, nunca sendo óbvio. O desfecho, aliás, é surpreendente e diferente dos característicos contos de suspense policial que geralmente se lêem – denotando o estilo peculiar do autor. É um desenlace que lembra os remates fatalistas e grandiosos de um grande escritor da literatura universal, cujo nome não convém aqui mencionar, para não "estragar" a surpresa desta singular novela escrita pelo Sabino.
     
  2. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    RE: MARTINI SECO - Fernando Sabino

    Olha! Concordo quando vc fala que ele está perto a grandes mestres... Realmente chega! Lembro-me que a uns anos atras me deliciava nas prateleiras da BBP (Biblioteca Pública do Paraná) até fechar as portas e meu grande companheiro era Sabino! Histórias intrigantes e deliciosas... Muito bom humor e tb maestria para escrever finais! :) A Faca de Dois Gumes é o exemplo mor do que estou falando!
     
  3. Hérmia

    Hérmia Usuário

    RE: MARTINI SECO - Fernando Sabino

     
  4. imported_Capitu

    imported_Capitu Usuário

    RE: MARTINI SECO - Fernando Sabino

    Jorge, eu lí esse livro no colegial...Foi uma polemica enorme quanto ao assassino, me lembro que foi feito um trabalho em grupo, sobre isso. A professora de Português reuniu tudo e enviou ao Fernando Sabino. Acredita que ele nos respondeu com uma carta super interessante. Acho que ainda tenho a cópia da carta. Olha, foi bom lembrar isso.....xD
    [/quote]

    Nossa que legal!! Uma carta do próprio Fernando Sabino, uau!! Esse livro eu ainda não li, mas O menino do dedo verde fez parte da minha infancia!
     
  5. LatinoAmericano

    LatinoAmericano Aqui jaz Alcarecco

    RE: MARTINI SECO - Fernando Sabino

    Podem dar uma olhada no meu tópico no Censo Meia Palavra, esse ano eu já li muito Fernando Sabino, e aidna vou ler o Encontro Marcado, O Grande Metecapto é uma declaração de amor a Minas Gerais, perfeito!

    Sobre o Martini Seco, pra mim é um dos melhores dele, eu li de uma vez, é uma história muito interessante, envolvente, muito bom!
     
  6. Elenwë

    Elenwë Chata como um

    RE: MARTINI SECO - Fernando Sabino

    Sim, devorei Martini Seco no busão voltando da facul.


    Eu achei o final de Martini Seco totalmente inusitado e surpreendente.
    Qdo terminei de ler fiquei sem reação uns bons segundos tentando o que tinha acontecido. Fiquei chocada. :lol:

    No geral, eu acho o Fernando Sabino genial. Me prontifiquei a ler mais livros dele neste ano, mas até agora não estou cumprindo esta meta.
     
  7. imported_Capitu

    imported_Capitu Usuário

    RE: MARTINI SECO - Fernando Sabino

    Ontém mesmo peguei Encontro marcado na biblioteca, vou ler e comentar por aqui, mas é claro sem spoiler!! Não sou desmancha prazeres..rs:mrpurple:!! Fiquei morrendo de vontade de ler Martini seco, mas não achei...
     

Compartilhar