1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Finrod] [O coração das trevas]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Finrod, 10 Fev 2005.

  1. Finrod

    Finrod Visitante

    Aceito todos os tipos de opniões!

    [O coração das trevas]

    Subir naquele rio era como viajar de volta aos mais primordiais princípios do mundo, quando a vegetação invadia a terra e as grandes árvores reinavam. Um rio vazio, um grande silêncio, uma floresta impenetrável. O ar quente, denso, pesado, parado. Não havia alegria na luminosidade do Sol. Os longos trechos do rio corriam, desertos, para dentro da escuridão das distâncias encobertas. Nos bancos de areia, prateados hipopótamos e jacarés tomavam banho de sol lado a lado.

    A água que se alargava fluía através de um enxame de ilhas cobertas de mato; perdia-se o caminho naquele rio, como se perderia num deserto, e durante todo o dia batíamos contra baixios, tentando encontrar o canal, até julgarmo-nos enfeitiçados e isolados de tudo que conhecêramos outrora - em alguma parte distante - numa outra existência, talvez.

    Havia momentos em que nosso passado nos voltava, como acontece às vezes quando se tem um minuto de folga para si mesmo; mas vinha sob a forma de um sonho agitado e ruidoso, lembrado com admiração em meio às esmagadoras realidades daquele estranho mundo de plantas, e água, e silêncio.

    E aquela quietude de vida não se assemelhava nem um pouco à paz. Precisava ficar adivinhando o canal; precisava discernir, sobretudo por intuição, os sinais de baixios ocultos; buscava pedras no fundo; aprendia a cerrar os dentes astutamente, antes que o coração saísse pela boca, quando passava raspando por algum diabólico toco velho que teria rasgado o velho vapor de lata, tirando-lhe a vida e afogando todos os peregrinos; precisava manter-me alerta para os sinais de lenha que pudéssemos cortar à noite para a fornalha do dia seguinte.

    Árvores, árvores, milhões de árvores, maciças, imensas, erguendo-se a grandes alturas; e aos pés delas, imprensando a margem contra a corrente, arrastava-se o vaporzinho fuliginoso, como um besouro preguiçoso arrastando-se no chão de um pórtico suntuoso. Aquilo fazia-nos sentir muito pequenos, muito perdidos, e no entando não era inteiramente deprimente, aquela sensação.

    Afinal, se éramos pequenos, o sujo besouro prosseguia arrastando-se - que era exatamente o que queríamos que fizesse. Os remansos abriam-se diante de nós e fechavam-se atrás, como se a floresta houvesse atravessado calmamente a água, para barrar-nos o caminho de volta. Penetrávamos cada vez mais fundo no coração das trevas. Fazia um silêncio ali. À noite, às vezes, o rolar dos tambores por trás da cortina de árvores subia o rio e ficava parado fracamente, como pairando no ar, muito acima de nós, até o primeiro romper da aurora.

    Se significava guerra, paz ou prece, não sabíamos. As auroras eram anunciadas pela descida de uma fria quietude; os lenhadores dormiam, suas foguei-ras ardiam baixas; o estalar de um galho fazia-nos sobressaltar. Éramos viajantes errantes numa terra pré-histórica, numa terra que tinha o aspecto de um planeta desconhecido. Podíamos imaginar-nos como os primeiros homens a tomar a posse de uma herança maldita, a ser subjugada à custa de profunda angústia e excessivo esforço.
     
  2. Heruost

    Heruost Banned

    :clap: Um "q" de diario de relato muito bem escrito, com paisagens muito bem descritas.
     
  3. Finrod

    Finrod Visitante

    Obrigado. É que eu estava inspirado. :mrgreen:
     
  4. Krebain

    Krebain Banned

    Felipe, admita que não foi você que fez o texto.
     
  5. Finrod

    Finrod Visitante

    Marcelo, eu fiz com a ajuda do dicionário (e demorei bastante tempo também)...
     
  6. Muito bom. Ótimas descrições de paisagens. :D
     
  7. Finrod

    Finrod Visitante

    Obrigado! :D

    Ah, eu estou trabalhando em um outro texto. Quando eu terminar, eu coloco aqui.
     
  8. Krebain

    Krebain Banned

    Trabalhando = Copiando. :aham:
     
  9. Finrod

    Finrod Visitante

    :blabla:

    Sim. Eu escrevo no Microsoft Word e quando acabo eu copio e passo pro fórum.

    :loser:

    Báh... Depois de amanhã tem colégio. :naonaona:
     
  10. Skylink

    Skylink Squirrle!

    Ahn... uau...

    Ficou simplesmente perfeito, muuuuuito perfeito. Eu adorei o ritmo, a forma das descrições (que estão absurdamente belas) e a comparação final. Ficou incrível Finrod! :clap:
     
  11. Denethor II

    Denethor II Pontífice Inquisidor de Gondor

    Parabens! esse texto ficou demasiadamente bom!!! parabens parabens parabens!
     
  12. Beriadar

    Beriadar And I will see it all before

    Cara, eu já vi um dicionário da AOL muuuuito bom, de sinônimos. Extremamente do mal!! ... Qualquer escritor precisa ter!! :mrgreen:
     
  13. Krebain

    Krebain Banned

    Ou avô no caso do Felipe...
     

Compartilhar