• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Editoras de RPG

Barlach

Verde. E arqueiro
A tradução do D&D ainda foi uma evolução pra Devir...

Pior era na época do primeiro livro de Lobisomem, em que no mesmo livro um dom tinha um nome diferente num capítulo e no outro.
 
M

melissa_verb

Visitante
Infelizmente nesse país só tem a inutil da Devir para traduzir livros de RPG...
Além de jogar os preços dos livros lá em cima eles só disponibilizam o que eles acham que é lucrativo para eles... Outros sistemas estão ficando a mingua ou praticamente já form esquecidos pelos jogadores...
Existem jogos marivilhoso como Inomeni ( acho que é assim que escreve)que muitos nem sabem da existencia dele.
 
Última edição por um moderador:

Skywalker

Great Old One
Melissa, isso é pirataria e é muito feio, ok? Por mais que tu tenha razão (e eu venha a concordar contigo), não se pode usar a Valinor como meio de divulgação desse tipo de lugar.

E não é só a Devir que lança livro de RPG, tem a Jambô também :wink:
 

Taverneiro

Old school
O pior de tudo, acho, que é a falta de variedade. Os lançamentos de outras editoras são titulos que sempre possuem um "equivalente oficial" de D&D. Tudo bem usar D20, mas poderiam usar um pouco mais de criatividade e mudar um pouco as coisas. Po, lá fora tah cheio de coisa diversificada que serviriam como exemplos. Aqui, é tudo a mesma ladainha de sempre.

Nesse sentido, acho que as editoras estão sempre apostando em produtos "D&D", mas que não acrecentam quase nada. A Jambô esboçou alguma reação nesse sentido com o interesse de trazer o M&M pra cá. Mas isso é uma exceção, não a regra.

Se ficar só nisso acho que o mercado se restringe ainda mais. É preciso ver que muitos titulos ousados funcionaram lá fora e poderiam dar certo aqui também.

PS: a versão original do In Nomine é muito f#[email protected]!
 
M

melissa_verb

Visitante
Não é pirataria... A cada dia que passa a Devir deixa de publicar mais e mais livros... A gente não traduz nenhum livro que esteja na agenda da Devir... Por isso quase nao tem livro de D&d e outros, pois estes ela sempre desponibiliza. Mas outros como Lobisomem, Vampiro, Mago vc jánão encontra mais em mercado, exsistem muitos suplementos desses sistemas sendo esquecidos. Nós fazemos isso querendo ajudar os ourtos jogadores... Não quiz usar a Valinor como forma de divulgação, me desculpe se deixei tranparecer dessa forma.


P.S: Não vi o livro de In Nomine, mas parecer ser muito bom... Estamos querendo abrir uma mesa aki, mas falta pessoal para jogar.
 
Última edição por um moderador:

Lukaz Drakon

Souls. I Eets Them.

Aceitas. :yep:

Voltando a falar sobre o assunto, o Taverneiro falou algo interessante. Não há uma tentativa de aumentar a variedade de títulos e sistemas. Criou-se uma padrão para D&D + WoD e coisas fora desse eixo são ignoradas pelas editoras e jogadores. Isso também atrapalha muito o mercado.

Se bem que fora do eixo, a única coisa que realmente me interessa seria um Call of Cthulu. :think:
 

Deriel

Administrador
É algo retro-alimentado. Se mesmo D&D não vende grandes coisas no Brasil, cade o incentivo pra arriscar lançar algum título diferente? Além do que temos uma coleção de lançamentos mal-fadados no Brasil, que tiram o ânimo de qualquer editora.

E sempre lembrando: o D&D a maioria absoluta do mercado de RPG dos EUA. O guia do Jogador, por exemplo, vendeu 10x mais do que o primeiro colocaod não-D&D e não-D20, que é justamente o WoD.
 

TT1

Dilbert
É tão foda assim? Me fala sobre ela. Eu tô indo pra Argentina na páscoa e eu sei que existe uma versão espanhola do In Nomine Satanis Magna Veritas que é relativamente fácil de achar... de repente eu compro. :mrgreen:

Sim, é mais do que foda. Tudo no livro é incrível. A capa com a pena pegando fogo, os desenhos internos, o papel... é absurdo. Compre.:yep:
 

Lukaz Drakon

Souls. I Eets Them.
É algo retro-alimentado. Se mesmo D&D não vende grandes coisas no Brasil, cade o incentivo pra arriscar lançar algum título diferente? Além do que temos uma coleção de lançamentos mal-fadados no Brasil, que tiram o ânimo de qualquer editora.

Sim. Por isso que coloquei "jogadores" ali. Os lançamentos se tornam um ciclo vicioso, que lançam os suplementos de D&D mas nunca os mais importantes (feitos pela WotC e não feitos pela Devir).
 

Skywalker

Great Old One
Sim, é mais do que foda. Tudo no livro é incrível. A capa com a pena pegando fogo, os desenhos internos, o papel... é absurdo. Compre.:yep:

A capa com a pena pegando fogo é do Steve Jackson, é o que eu tenho. A capa do In Nomine Satanis Magna Veritas espanhol é essa
 

Arcanjo[SK]

Spartan Supersoldier
Trixte. Mto trixte.

E issso no próprio fórum da wizards... eles deveriam tomar umas providências. Alguém sabe até quando é a licesa da devir com eles???

A Wizards deveria ver seus consumidores aqui e tomar providências em relação a devir... assim não dá...
 

Elminster

Usuário
Podíamos dar a idéia de uma petição, enviar ao fórum D&D Brasil e a todos os outros fóruns de RPG e mandar para a Wizards, se conseguirmos mil assinaturas já é um enorme avanço! :joy:
 

Lukaz Drakon

Souls. I Eets Them.
Podíamos dar a idéia de uma petição, enviar ao fórum D&D Brasil e a todos os outros fóruns de RPG e mandar para a Wizards, se conseguirmos mil assinaturas já é um enorme avanço! :joy:

Primeiro é necessário ter uma editora grande suficiente para tomar o lugar da Devir, pelo menos no que se diz a D&D. Por mais que esteja sobrando editora pequena por ai, só a Jambô poderia ter peso e equipe suficiente para conseguir trazer material de qualidade. E depois, tem que ver o preço para conseguir os direitos de publicação do D&D, que não deve ser nada barato.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo