1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Como você se vê como leitor?

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Anica, 16 Ago 2009.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Qual é a opinião que você tem de você mesmo como um leitor? Seu gosto, sua forma de leitura, seus hábitos, etc.
     
  2. Diego-

    Diego- Usuário

    Tópico legal.
    Recentemente eu refleti sobre isso, acho que o Meia amadureceu muito minha leitura em uns 8 meses de casa, li poucos livros mas li muito sobre livros.
    Comecei a perceber que esse negócio de não me sobra tempo pra leitura é um pouco balela, pelo menos no meu caso, sobrava tempo pro filme, pro jornal, pra internet então tem de sobrar tempo pra leitura também.

    Me vejo como alguém ainda que tem muito que percorrer naqueles livros considerados obrigatórios, sim, ler por prazer, eu sei, mas mesmo inconscientemente sempre rola tal idéia.

    Esse ano dei um "reset" no meu censo literário, procuro ler com mais calma agora, e após ler dar uma pesquisada sobre a obra, num sentido de extrair tudo quanto possível do livro.

    Não tenho um estilo preferido, acho que uma das coisas boas da leitura está justamente na diversidade.
    Resumindo, me vejo como leitor, mas ainda bem iniciante e de certa forma não sei se essa sensação um dia passa.
     
  3. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    eu sou uma devoradora de livros, mas tenho preferência clara por romances históricos. Me envolvo na história dos personagens, e leio quase tudo que cai na minha mão.

    Sou até um pouco compulsiva, fico apreensiva se termino um livro e não tenho outro pra ler..
     
  4. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Sempre me achei um leitor limitado. O Meia me ajudou muito abrir os olhos para outro tipos de literatura as quais eu simplesmente havia ignorado a minha vida toda. Nunca achei que um dia leria Crepúsculo e livros do tipo, assim como nunca achei que poderia estreitar ainda mais meus laços com as HQs e mangás.

    Não cresci muito de lá pra cá, mas passei a ver o mundo da literatura de uma forma diferente. Hoje eu não tenho mais aquela visão de que só devo ler o que gosto, tento experimentar coisas novas para pelo menos conhecer.

    Então sendo mais prático: hoje sou menos radical quanto a literatura e acho que até bula de remédio tem seu valor.
     
  5. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Me interesso por vários tipos de livros e dependendo do assunto posso achar até um livro técnico interessante.
    Conheço um pouco de várias coisas, mas às vezes me sinto meio superficial, como aquela música dos anos 80: "eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo nada".
    Ainda bem que a gente muda conforme o tempo passa.
    Já fui de julgar livros pela capa; de não ler nada que fosse considerado best-seller; de querer saber a vida de um autor antes de ler o livro dele (como se isso fosse de muita importância); de ler um livro por ser recomendado por alguém que admiro e nem chegar perto dos que foram recomendados por quem eu não gosto, essas coisas.
    Hoje procuro ler sem preconceitos, e acho que na maioria das vezes consigo.
     
  6. Anne

    Anne Visitante

    Acho que o meu gosto pela leitura ainda está muito limitado. Leio, na maioria das vezes, livros de fácil compreenssão, que não "trabalham" muito a mente. Sem falar da aversão aos clássicos. Mas isso eu pretendo mudar. Quando? Eu não sei. Mas a vontade já está batendo na porta.

    Bem, estou tentando aumentar o meu tempo de leitura. Eu fiquei muito tempo "enrolando" e agora estou correndo atrás do prejuízo. E, quanto mais eu leio, parece que mais aumenta o número de livros.

    Minha lista está enorme. Estou tentando cumpri-lá ^^.
     
  7. Palazo

    Palazo Mafioso Literário

    Muitos disseram aqui que são leitores limitados, eu discordo dessa "definição"... creio que todos que se colocaram desta forma podem muito bem ser definidos como leitores em formação.

    É assim que me defino, um leitor em formação... e posso dizer que longe do Meia eu desconhecia o gigantesco universo literário, que para mim era do tamanho de uma livraria. Aqui percebi que é muito maior que isso, e posso dizer que contribui para esse leitor em formação.

    Gostos pessoais? Sou eclético, cada dia me surpreendo com um genero novo que me encanta...
     
  8. Alisson P.

    Alisson P. Usuário

    Também me vejo como um leitor em formação. Até pouco tempo atrás, procurava na leitura o simples e puro entretenimento: a aversão aos clássicos de linguagem rebuscada era grande. J.K. Rowling era a melhor escritora que já existiu, e ninguém me convenceria do contrário.
    Me registrar aqui no Meia foi um passo decisivo para o meu amadurecimento. Fui descobrindo um turbilhão de coisas novas, e percebi que o universo literário se estendia muito além do que imaginava. A vontade de conhecer a Literatura com L maiúsculo cresceu, e comecei a me debruçar sobre os livros que antes abominava. Hoje acho que já melhorei bastante: nunca imaginei que conseguiria ler o Dom Casmurro por vontade própria e com prazer!
    Continuo amadurecendo, creio eu, e tento não me prender apenas àquele tipo de literatura que me agradava antes. Hoje, procuro balancear arte e entretenimento, buscando nos livros não só a diversão, mas também alimento para a mente (perdoem o tom piegas da última frase).
     
  9. Devotchka

    Devotchka Usuário

    Posso dizer que sou eclética. Leio de quase tudo: "subliteratura", clássicos, romances, aventura, não ficção (autobiográfica ou não), temas mitológicos, alguns infanto-juvenis (menos aqueles mais "menininha" tipo Crepúsculo e Diário da Princesa). Só não leio auto ajuda e aquelas coisas idiotas feitas só pra vender. O legal é que li A Moreninha, Dom Casmurro e Vidas Secas por vontade própria. Pressão é um saco. Saindo da prosa e indo pra poesia, posso dizer que tenho uma preferência clara pelo Romantismo e Simbolismo. De qualquer forma, eu ainda tenho MUITO o que conhecer no mundo literário.

    O engraçado é que praticamente comecei a gostar de ler por causa livro técnico sobre doenças de peixes, apesar de não entender muita coisa. Curiosidade de criança que, apesar de não ter uma família que tenha hábito de ler, tinha uma espécie de biblioteca cheia de livros no casa e se escondia lá quando não queria ir pro colégio: todos os dias. Mamãe também comprava alguns livrinhos, lembro-me de alguns: uma coleção com clássicos como peter pan, o patinho feio, etc; um livro sobre uma estrelinha; um livro do ducktales, etc. Ainda tenho a coleção, o livro científico dos peixes e outros que ficavam naquela pseudo-biblioteca.
     
  10. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Acho que sou eclético em meu gosto também. Quer dizer, nao procuro me aferrar em nenhum estilo ou genero em particular, procuro o que vou ler baseado em como eu estiver me sentindo na epoca. Tenho preconceitos contra livros de auto-ajuda e praticamente nao leio infanto-juvenis desde Harry Potter (que eu gostava muito, por sinal!).

    Uma falha minha que eu acho é de nao conhecer ainda muito bem a literatura nacional. Sempre busco livros de autores de outros países. Mesmo que a literatura seja internacional, as vezes sinto que é estranho me dizer um apaixonado por literatura e nao saber discutir Carlos Drummond de Andrade, por exemplo. Acredito que seja um trauma que ficou comigo do colégio, visto que eu nao suportava as aulas de literatura. Também nao leio muita poesia, e isso acho que tambem deveria mudar.

    Hábitos: ler a noite antes de dormir e ter sempre um lapis comigo para marcar algumas passagens mais interessantes.
     
  11. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Eu nunca tive muito acesso a livros. Até uns 2 anos atrás eu não lia quase nada por isso, apesar de gostar de ler. Livro de biblioteca, muito velho, irrita meus olhos, mas eu fazia um esforcinho pra ler. Depois que comecei a poder comprar meus próprios livros(poucos na verdade) - e isso foi ano passado! - a coisa mudou. Um incentivo que me ajudou muito, sem querer puxar saco, foi ter me cadastrado aqui. Eu vi o pessoal do censo lendo 50 livros por ano e senti que devia parar de dizer que meu problema era falta de tempo - embora isso realmente seja um problema. Eu gostava de ler, gostava mesmo, mas tinha lido tão pouco na vida que simplesmente não sabia o que procurar... depois que comecei a realmente procurar o que ler, e descobrir que gastar um pouco de tempo da minha semana lendo não me sacrificaria tanto assim, comecei a ler mais...
    Eu procuro mais ler livros comentados aqui, clássicos por exemplo, não pra posar de intelectual, e sim porque sinto que estou tirando o atraso, gostei de praticamente todos os(poucos) que li, e sinto que se for ler alguma coisa aleatória da livraria vou estar desperdiçando um tempo que poderia ser gasto para conhecer autores que eu provavelmente irei adorar.
    Mas eu li Harry Potter e gostei por exemplo, não tenho(muitos) preconceitos e tal.
    Outra coisa que preciso aprender é dedicar mais tempo aos quadrinhos. Não conheço absolutamente nada, mas adorei o que já li.
     
  12. imported_Faye

    imported_Faye Usuário

    Eu me vejo como uma leitora limitada, superficial, mas, como muito bem disse o Palazo, em formação.

    Bem, digamos que a principal mudança foi passar a valorizar mais a qualidade do que a quantidade. E isso significa que o fato de o livro ter 412341341 páginas, ter vendido 13241354 cópias pelo mundo e outros números astronômicos não indicaria que ele é bom. Mas tampouco que é ruim. Assim como uma comida, você tem que experimentar para exprimir sua opinião.

    Apesar de ser um belo clichê o que eu acabei de escrever, eu só o entendi recentemente, e vou me esforçar para aplicá-lo na minha vida de leitora.

    Também notei que não há uma verdade absoluta sobre as interpretações acerca de uma obra, e aí reside uma outra faceta da literatura que eu "desvendei" nesse mês de cadastro no Meia. O que me deixou bastante animada, pois eu sempre era receosa em repartir minhas impressões sobre um livro. Não que eu tenha deixado de estar, mas isso já melhorou um pouquinho... heheheh

    Enfim, pode ter parecido pura demagogia, e se assim soou, foi por falta de habilidade em escrever, porque eu realmente passei a encarar a literatura de uma maneira diferente nesse fórum. E quero aproveitar para agradecer a toda essa galera batuta que faz com que ele seja tão bom!

    Ok, ok, não chorem, vou parar... heheheheheh
     
  13. Petra

    Petra Usuário

    Também sou eclética. Isso pode parecer clichê, mas qualquer livro que colocarem na minha mão eu vou ler. Não porque eu eu vá achar o livro perfeito, mas sim porque eu gosto de conhecer outros autores, formas de escrita, histórias e gêneros.
    Fantasia me seduz. Até um ano atras eu só lia Fantasia, que é o meu gênero preferido. De clássicos à livros atuais, eu simplesmente me afogava nos livros de Fantasia. Não tinha muita paciência para Romances (Só os da Jane Austen), mas depois de alguns dias aqui no Meia eu mudei minha opinião.

    Assumo que ainda tenho um certo preconceito em ler livros de autores brasileiros, alguns clássicos eu li ,porém até hoje eu prefiro os autores estrangeiros.
    Não gosto de livros de auto-ajuda, acho cansativos demais e alguns outros gêneros.
    Não sou preguiçosa para ler, sempre vou atrás de um livro novo e aqui no meia eu encontrei quais livros em que eu posso ir atrás.

    Enfim, acho que hoje eu sou mais aberta a livros que não são de fantasia... O que alguns meses atrás eu não faria.
     
  14. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Acho que como minha vida eu tenho minhas fases de leitura. Já tive minha fase de livros adolescentes, minha fase de classicos da literatura, agora estou em uma fase de livros de fantasia com livros de vampiros, fantasmas, demônios, zumbie, mas depois que conheci o Meia tb conheci outros livros que jamais sonhei em ler em todas minhas fases. P/ mim, os livros são uma forma de fugir da realidade , então quanto mais distantes da "realidade" p/ mim é melhor!
     
  15. marcelo.lopes

    marcelo.lopes Usuário

    Ah sim, todo mundo tem fases mesmo...
    Eu me vejo hoje como um leitor meio chato... ¬¬ Leio menos, mas escolho bastante o que vou ler, a partir de opinião de amigos, blogs, cadernos de literatura e às vezes as orelhas ou quartas capas mesmo.
    Sou pouco disciplinado, leio vários livros ao mesmo tempo e costumo reler um livro quando gosto muito dele alguns meses depois da primeira leitura.
    Quanto a forma, tenho duas: livros de contos eu leio no tempo livre mais curto - intervalos, almoço, no caminho para o trabalho. Já aos romances eu gosto de dedicar algum tempo, mesmo que seja apenas uma hora, bem concentrado. :lendo:
     
  16. Guilhermina

    Guilhermina Usuário

    Sou uma leitora compulsiva!

    Claro que tenho minhas preferencias como todo mundo, mas elas se modificam com os anos. Já li um pouco de tudo, e sempre invisto em conhecer escritores novos e idéias novas. Apesar de me concentrar mais na literatura estrangeira, sempre tive muito prazer em ler autores brasileiros, e até o final desse ano espero conhecer mais deles.
    Meu sonho é crescer minha biblioteca com a maior variedade possivel de titulos. Devo ao Meia a variedade que ela adiquiriu desde que eu comecei a passar por aqui. Sempre tem uma sugestão que eu possa correr atras.
     
  17. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Eu leio de tudo sem preconceitos... nem que seja pra gostar ou desgostar...

    Quanto a regularidade tenho fases muito viciada e outras totalmente relapsa! Quando eu tinha 7 anos sabia todas as prateleiras da biblioteca de cor... daí ficava um tempão esperando novidades... e quase toda minha vida foi assim! Uma relação de impulso e abandono... :P
     
  18. Marcio Scheibler

    Marcio Scheibler Usuário

    Acabei me apaixonando pela literatura policial e acho que isso me fez perder o interesse por outros gêneros.

    Não totalmente, é claro, mas são poucos livros de outros gêneros que realmente gostei...:sim:
     
  19. Chyz

    Chyz Usuário

    Já me disseram que, quem gosta de tudo não tem gosto nenhum... Devo então ser considerada uma leitora compulsiva, voraz e, sem gosto algum, pois leio de tudo! Acho que só não leio mesmo auto-ajuda!:eek:
    Claro que temos nossos gêneros prediletos, aquele que nos instiga mais...
    No meu caso, os estilos de leitura prediletos são: mistério, fantasia e romances históricos.
    :lendo2:
     
  20. nessa_straioto

    nessa_straioto Usuário

    dificil de se definir....
    acho que sou uma leitora compulsiva, pois leio quase tudo oq cai na minha mão...
    mesmo não gostando do genero auto ajuda, leio alguns, pra falar com certeza q não gosto...
    como dizem tem q experimentar pra saber se é bom...rss
    mas meus generos preferidos, são terror, fantasia, romances e contos....
    qdo tava na escola eu era chamada de traça de biblioteca.....rss
    tinha epocas q qdo estava sem um livro novo pra ler e não queria reler pela enesima vez um dos meus livros eu ficava quase maluca e fazia estragos no orçamento, comprando livros...mas depois q descobri os ebooks, fiquei um pouco mais calma...rss.
    pq agora só compro qdo tenho grana ou qdo tem alguma oferta irresistivel...
    e como leio muito rapido, meu marido me chama de et...rss
    mas não é minha culpa....sempre fui assim..kkkkk
     

Compartilhar